Enfermeiros. Plataforma do crowdfunding adia entrega de dados à ASAE

Miguel A. Lopes / Lusa

A ASAE notificou a plataforma de crowdfunding PPL, na passada sexta-feira, e deu um prazo de cinco dias úteis para esta fornecer todos os dados sobre os financiadores da greve dos enfermeiros.

Porém, segundo revela o Diário de Notícias esta terça-feira, antes de dar as informações, a PPL entendeu primeiro pedir um parecer da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

Esta decisão foi confirmada ao jornal por Yioann Nesme, sócio-gerente da PPL. Nesme disse ainda que espera receber a resposta da CNPD quanto à legalidade de fornecer as informações, dentro do prazo dos cinco dias úteis – isto é, até sexta-feira desta semana.

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros, que tinha mostrado a sua concordância na identificação e divulgação dos contribuintes para o crowdfunding, já tinha alertado para a necessidade de pedir um parecer à CNPD, de forma a evitar que os enfermeiros fossem “acusados de ter divulgado ilegalmente dados pessoais”.

O financiamento da greve cirúrgica dos enfermeiros tem levantado suspeições públicas sobre a sua origem, sendo aventada nomeadamente a possibilidade de estar a ser financiada pelo setor privado da saúde.

A plataforma PPL tem acesso a todos os dados relativos aos meios de pagamento usados para fazer o donativo, cujo pagamento pode ser feito por MB Way, PayPal, transferência bancária ou multibanco.

A ASAE pretende saber a origem do dinheiro que tem financiado a greve dos enfermeiros e que foi recolhido através da plataforma de crowdfunding, uma forma de angariação de verbas na Internet que permite a quem quiser contribuir financeiramente para uma determinada causa.

Os enfermeiros conseguiram angariar 784 mil euros através do crowdfunding e a ASAE quer, agora, investigar quem é que contribuiu com o dinheiro, para averiguar se há alguma infração da Lei. A Ordem alegou que os donativos foram feitos por enfermeiros, individualmente e em grupo, e por amigos e familiares.

Entretanto, o Público dá conta de que o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal pediu ao Supremo Tribunal Administrativo que considere inválida a requisição civil decretada na semana passada pelo Conselho de Ministros e obrigue o Governo a pagar dez mil euros por dia se estes se recusarem a cumprir uma decisão judicial.

Na intimação a que o jornal teve acesso, o Sindepor acusa o Governo de ter lançado “uma gigante campanha de manipulação da opinião pública” para virar os cidadãos contra a greve dos enfermeiros e enumera uma série de estratagemas usados para se responsabilizar os enfermeiros por várias das cirurgias adiadas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O maior avião do mundo vai ser uma plataforma de lançamento para veículos hipersónicos

A empresa que criou o maior avião do mundo, que apenas voou uma vez, encontrou uma nova funcionalidade para a aeronave: será usado como plataforma de lançamento para veículos hipersónicos, o que poderá revolucionar a …

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …