Emigrantes detidos em Chaves por “furar” quarentena vão pagar multas até 6 mil euros

Dois dos quatro detidos, empresários da área da construção civil, com empresas a laborar em Portugal, França e na Bélgica, foram condenados a uma multa de 6000 euros cada. Os outros, funcionários daqueles empresários, receberam uma pena de multa de 1800 euros.

Os quatro emigrantes de Ribeira de Pena detidos na quarta-feira em Chaves por desobediência à quarentena foram esta quinta-feira condenados a multas entre os 1800 e os 6 mil euros, disse à Lusa fonte judicial.

Segundo a mesma fonte do Tribunal Judicial de Chaves, no distrito de Vila Real, dois dos detidos, empresários da área da construção civil, com empresas a laborar em Portugal, França e na Bélgica com mais de 100 trabalhadores, foram condenados a uma multa de 6000 euros cada. Os outros dois detidos, funcionários daqueles empresários, receberam uma pena de multa de 1800 euros cada, acrescentou.

Após a sentença, um dos condenados explicou à Lusa que quando regressaram a Portugal decidiram alugar uma casa na região de Ribeira de Pena para “cumprir a quarentena” e “proteger os familiares”, saindo “apenas para fazer compras”.

“No primeiro dia que chegámos tivemos a visita da GNR para nos notificar da quarentena. Perguntámos se havia alguma forma de receber comida, alguma empresa de entregas, como UberEats e Glovo, e disseram-nos que não havia nada”, contou.

Segundo o empresário, que foi um dos condenados a 6000 euros de multa, os quatro foram de carro a Chaves para fazerem compras, mas apenas um saiu da viatura e “devidamente protegido com máscara, luvas e gel desinfetante”.

O arguido pediu ainda que haja um melhor esclarecimento por parte das autoridades e que este caso deve ser visto “pelo lado positivo”, pelo facto de terem “alugado casa para fazer quarentena e não contaminar ninguém”.

“Perante esta situação era urgente esclarecerem as pessoas que estão a regressar a Portugal em relação à compra de alimentos e informar se podem ou não sair de casa para comprar comida”, vincou.

Os quatro homens, que trabalham na Bélgica, foram detidos pela PSP de Chaves por “desobediência e desrespeito à quarentena que foi imposta”, disse na quarta-feira à Lusa fonte da força policial.

Segundo o comandante da divisão de Chaves, Luís Alves, os emigrantes, com residência em Ribeira de Pena e com idades entre os 19 e 46 anos, entraram em território português dia 22 de março e foram notificados pela GNR presente na fronteira a permanecer em quarentena durante os 14 dias determinados por lei.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cofundador do Twitter doa 28% da riqueza para causas solidárias. Incluindo combate à Covid-19

O cofundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que vai doar mil milhões de dólares (920 milhões de euros), 28% da sua riqueza pessoal, para causas solidárias, incluindo a luta contra a pandemia da Covid-19. Numa mensagem …

Reclusos libertados e cortes de água, luz, gás e internet suspensos

Esta quarta-feira, no Parlamento, a esquerda viabilizou o projeto do Governo para libertar reclusos. O PS vai ainda viabilizar as propostas do PCP e do BE que suspendem cortes na água, luz, gás e internet. A …

Pandemia deixa passaporte português mais "forte". É o sexto mais poderoso do mundo

A pandemia desencadeada pelo novo coronavírus oriundo da China (covid-19) tornou o passaporte português mais forte. O documento português subiu uma posição no ranking da Henley Passport Index, estando agora o documento na sexta posição dos …

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …