Economia paralela a crescer já dava para pagar mais de 20% da dívida portuguesa

A economia paralela agravou-se nos dois últimos anos e já em 2013, dava para pagar 20% da dívida pública portuguesa. Num eterno jogo do gato e do rato, o Fisco apertou o cerco, mas continua sem conseguir apanhar muitos casos de actividades económicas não registadas.

O Observatório de Economia e Gestão de Fraude (OBEGEF) vai divulgar nesta quarta-feira os dados relativos às actividades económicas que ficaram fora do raio do fisco nos últimos dois anos.

Em 2013, os registos divulgados pelo OBEGEF apontam que a economia paralela valia cerca de 45,9 mil milhões de euros, o que é “quase cinco orçamentos destinados à Saúde“, nota o Dinheiro Vivo.

O jornal económico nota ainda que é “um montante equivalente a 20% da dívida pública portuguesa e a mais de metade do empréstimo que Portugal contraiu junto do FMI, BCE e Comissão Europeia”.

Estes números aumentaram em 2014 e em 2015, conforme refere ao Dinheiro Vivo Óscar Afonso, presidente do OBEGEF e um dos responsáveis pela elaboração do Índice da Economia Paralela.

“Neste dois últimos anos a tendência foi de crescimento”, destaca este responsável, sublinhando que esta subida não se deve apenas ao peso das actividades económicas em si, mas que também se justifica pelo crescimento do Produto Interno Bruto.

“A velha história do gato e do rato”

E se até 2008, os valores significativos da economia paralela se deviam a uma falta de meios de fiscalização adequados das Finanças e da Segurança Social, desde então, os principais motivos passaram a ser o aumento dos impostos e a crise em si.

“Não existem negócios que rendam; 23% e fugir ao IVA acaba por se traduzir num ‘desconto’ de 23%“, refere Óscar Afonso no Dinheiro Vivo que constata ainda que “também o desemprego, o peso das contribuições e a regulamentação excessiva acabam por potenciar desvios para a economia paralela”.

O ex-ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, constata na publicação que “o reforço dos mecanismos de controlo que foi sendo feito nestes últimos anos, principalmente no domínio fiscal, tornou as estratégias de fuga mais difíceis“.

“Isto é como a velha história do gato e do rato, em que este tenta sempre fugir. Mas o gato também é esperto e vai melhorando”, conclui Teixeira dos Santos.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Tão preocupados com a economia paralela mas com os paraísos fiscais ninguém se preocupa. Aí sim, há dinheiro a rodos a fugir aos impostos.

  2. Esta economia dá de comer a muita gente sem outra forma de sobreviver.Já diz o ditado:quem tudo quer, tudo perde.Baixem o IVA para uma taxa decente e arrecadarão muito mais dinheiro.Um pobre quer fazer uma casita e entre taxas camarárias, urbanísticas, ambientais, licenças, projecto e IVA a 23%, mais IMT para toda a vida com sol, chuva, vistas e o raio que os parta, só não foge se não puder.Quem pode criticar?

  3. Eu digo mais, acabem com 20% dos observatórios nacionais, que conseguiram pagar 80% da dívida, seja ela qual for, a dívida é claro.

  4. Não defendo a fuga dos impostos, muito pelo contrário, mas vejamos…basta fazer uma pesquisa na internet e deparamo-nos com o seguinte “As mil famílias mais ricas de Portugal não pagam impostos”, diz Catarina Martins”, e outra no youtube com o seguinte conteúdo “Contribuintes de alto rendimento que não pagam impostos” – https://youtu.be/xDJhLxia01A .Temos depois gestores na função pública a ganhar ordenados milionários, que somos todos nós a pagar, e que nem sequer precisam de declarar rendimentos, já para não falar em gestores do sector energético com ordenados que rivalizam com jogadores de elite de futebol. Com um país assim nem Deus nos vale…é uma questão cultural, Portugal é um país de parasitas e ladrões, e aqueles que roubam mais ainda se julgam uns heróis.

  5. Outro dos problemas é que aqueles que beneficiam da economia paralela são os mesmos que usufruem das benesses sociais tais como: isenção de propinas dos filhos, abonos de família mais altos, isenção de Taxas Moderadoras na Saúde (por insuficiência económica), isenção de IMI, etc…

  6. A questão da economia paralela tem muito que se lhe diga , desde logo o uso que a maquina do Estado dá aos nossos impostos .
    Quando começarem a penalizar pessoalmente quem gere mal esse dinheiro , ou a deixar de o atribuir a grupos de interesse, concretamente a fundações da treta ou através de benefícios sem fim ao funcionalismo publico por pressão dos sindicatos, talvez , que uma percentagem significativa dos que optam pela economia paralela , sintam que os impostos que pagam são para beneficio de todos e não só para alguns.

  7. Podem começar por procurar no Facebook por Photography, não vão faltar páginas de “Joaquims” e “Marias” Photography sendo que 90% deles são de actividade paralela, é só pedir uns orçamentos e voila!

RESPONDER

E se o Orçamento chumbar? Costa não se demite - e o Governo ainda pode aprovar “diplomas fundamentais”

O primeiro-ministro já esclareceu que não tenciona demitir-se em caso de chumbo do Orçamento do Estado 2022, mas a sua governação ficará limitada. Na possibilidade de haver um chumbo do Orçamento do Estado, Marcelo Rebelo de …

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

YouTube suspende conta de Bolsonaro por desinformação

Presidente do Brasil é já reincidente na divulgação de notícias falsas sobre a pandemia (tendo já sido alertado antes), pelo que a plataforma avançou de imediato para a suspensão dos seus canais oficiais. O Youtube suspendeu …

Conselho de Ministros acabou em silêncio. Governo só fala esta terça-feira, no Parlamento

Conselho de Ministros extraordinário convocado por António Costa após ser conhecido o sentido de voto do PCP relativamente ao Orçamento do Estado para 2022 durou mais de duas horas, mas terminou sem declarações oficiais. O primeiro-ministro …

Descobertos antigos vestígios de vida envoltos em rubi com 2,5 mil milhões de anos

Um equipa de investigadores da Universidade de Waterloo descobriu resíduo de carbono que já foi uma vida antiga. Estava envolto num rubi com 2,5 mil milhões de anos. Ao analisar algumas das pedras preciosas coloridas mais …

O Sistema Solar pode estar cercado por um túnel magnético

O Sistema Solar pode estar rodeado por um túnel magnético. Cientistas sugerem que as estruturas brilhantes, em lados opostos do céu, estejam interligadas à nossa volta, a 350 anos-luz de distância. Jennifer West, investigadora do Instituto …

O volátil, inóspito e sufocante Vénus pode afinal ter oceanos de água debaixo da crosta

Devido à elevada temperatura da atmosfera de Vénus, caso a crosta se abrisse, os oceanos de água transformar-se-iam imediatamente em vapor. Conhecido por ser um planeta com uma atmosfera quente e sufocante de dióxido de carbono …

Mais de mil ovelhas e cabras tomaram conta das ruas de Madrid (por um bom motivo)

Mais de mil ovelhas e cabras encheram as ruas de Madrid, este domingo, a propósito do tradicional Festival da Transumância, que foi cancelado no ano passado devido à pandemia da covid-19. De acordo com a agência …

Crise de abastecimento provoca escassez de camisolas de Natal

Na próxima época natalícia, os Estados Unidos podem enfrentar uma escassez de Ugly Sweaters, causada pela crise mundial dos transportes marítimos. As Ugly Sweaters são as típicas camisolas de Natal - por norma, coloridas e com …

Erupção de La Palma. Cães salvos por um grupo misterioso

Um grupo misterioso - que se auto-denomina A-Team - afirma ter resgatado vários animais "presos" devido à erupção do vulcão Cumbre Vieja em La Palma, nas Canárias. De acordo com o jornal britânico The Guardian, as …

Alec Baldwin

Assistente que entregou arma a Alec Baldwin já teria tido práticas inseguras

Uma fabricante de adereços disse que, no passado, já tinha mostrado preocupação com o facto de o assistente de realização ter protagonizado situações inseguras. No fim-de-semana, um documento judicial obtido pela CNN mostrou que a arma …