Navalny tem duas hérnias de disco e perdeu sensibilidade nas mãos. Tratamento dado na prisão é “ineficaz”

O opositor russo Alexei Navalny tem duas hérnias de disco e começou a perder a sensibilidade nas mãos, adiantaram os seus advogados esta quarta-feira.

Os advogados de Alexei Navalny visitaram o opositor russo na colónia penal IK-2, a 96 quilómetros a leste de Moscovo, onde está detido. Na segunda-feira, foi transferido para a unidade sanitária com sinais de um doença respiratória.

Em declarações à emissora russa Dozhd TV, Olga Mikhailova, uma das advogadas de Navalny, disse que a febre alta diminuiu desde que foi transferido para a enfermaria da prisão, mas ainda está com tosse.

Navalny transmitiu o resultado da ressonância magnética aos seus advogados: duas hérnias de disco e um disco protuberante. Mikhailova disse que o paramédico da prisão prescreveu diclofenaco, um medicamento anti-inflamatório, bem como ácido nicotínico, que não é usado “na medicina há 30 anos”. Navalny recusou o tratamento.

“O próprio Alexei não fez a ressonância magnética também não tinha visto o relatório médico, mas permitiram que escrevesse o diagnóstico com base nas suas palavras”, disse Mikhailova. “Uma das hérnias é bastante difícil de tratar e não está suficientemente descrita no diagnóstico. O nosso neurologista deu-nos a conclusão de que o tratamento que lhe foi prescrito na colónia era ineficaz e poderia levar a um agravamento do seu estado”.

Já o advogado Vadim Kobzev disse, no Twitter, que o opositor russo continua na unidade médica da prisão e a sua temperatura está a ser monitorizada.

Kobzev disse ainda que Navalny consegue andar, mas sente dor ao fazê-lo.

“Um fator preocupante é que a doença está obviamente a progredir em termos de perda de sensibilidade nas pernas e nas mãos”, disse o advogado, acrescentando que Navalny tem perdido um quilo por dia desde que fez greve de fome.

Navalny começou uma greve de fome na semana passada, exigindo acesso a um médico devido às dores fortes que sentia nas costas e a dormência nas pernas. Navalny perdeu cerca de 13 quilos em três semanas, de acordo com Mikhailova.

Segundo o The Washington Post, na terça-feira, Anastasia Vasilyeva, chefe da Aliança de Médicos afiliada a Navalny, foi à colónia penal em Pokrov, exigindo examinar Navalny. Posteriormente, foi detida pelas autoridades.

“Pelo que entendi, estão com medo de que um médico qualificado vá lá, alguém que entenda como estas doenças devem ser tratadas”, disse Mikhailova. “Provavelmente estão com medo de que o tratamento terrível tenha levado à deterioração da saúde e que isso venha a público”.

Navalny adoeceu gravemente durante um voo da Sibéria para Moscovo em agosto. Foi levado primeiro a um hospital em Omsk, no sudoeste da Sibéria e, depois, para Berlim para receber tratamento. Laboratórios alemães, franceses e suecos determinaram que foi envenenado por um agente nervoso Novichok da era soviética.

O russo foi preso sob a acusação de violação de liberdade condicional imediatamente após regressar da Alemanha para a Rússia. Em fevereiro, foi condenado a dois anos e meio de prisão por violar os termos da sua liberdade condicional. A sentença decorre de uma condenação por peculato de 2014.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …

Salvini vai a julgamento em Itália por bloqueio de migrantes em navio

Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita italiano Liga, vai ser julgado por acusações de sequestro pela sua decisão de impedir o desembarque de 147 migrantes resgatados no Mediterrâneo pela Open Arms, em agosto de …

Maldivas ponderam oferecer vacinas aos turistas

As Maldivas estão a ponderar dar aos turistas a vacina contra covid-19 quando chegarem para férias, de modo a incentivar o turismo. As Maldivas estão prontas para enfrentar a concorrência acessa assim que o turismo reabrir …

SOS Racismo diz que SEF atentava contra direitos dos imigrantes e aplaude extinção

O Governo decidiu extinguir o SEF e substituí-lo pelo novo Serviço de Estrangeiros e Asilo, com diferentes moldes de funcionamento. A associação SOS Racismo congratulou-se este sábado com a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras …

Vem aí a Transporter, a van elétrica (e totalmente autónoma) para serviços de entregas

A Mobileye, uma subsidiária da Intel, fechou uma parceria com a startup Udelv para lançar um serviço de entregas em grande escala e com veículos totalmente autónomos já em 2023. A Mobileye, uma subsidiária da Intel …

Ensino à distância roubou a muitos universitários a licenciatura de que estavam à espera

A pandemia de covid-19 obrigou o ensino superior a reinventar-se e se alguns cursos conseguiram adotar o modelo online sem prejuízos, noutros casos o ensino a distância impediu aulas práticas, roubando aos estudantes a licenciatura …