Seis advertências em 15 dias. Navalny diz estar ameaçado de transferência para solitária

Esta segunda-feira, o líder da oposição russa, Alexei Navalny, disse que temia ser colocado em confinamento solitário depois de ser acusado de várias infrações menores às regras da prisão. 

De acordo com o Deutsche Welle, Alexei Navalny disse, numa publicação no Instagram, que recebeu seis advertências em duas semanas – e que duas reprimendas seriam tecnicamente suficientes para um tribunal de prisão enviar um prisioneiro para uma cela disciplinar. “As condições lá são próximas da tortura”, escreveu.

Algumas das infrações que Navalny listou incluíam sair da cama 10 minutos antes das ordens, recusar-se a assistir a uma teleconferência e usar uma t-shirt durante uma reunião com advogados.

Um dos críticos do presidente russo Vladimir Putin, Navalny está atualmente a cumprir pena de dois anos e meio na colónia penal IK-2, cerca de 100 quilómetros a leste de Moscovo.

Navalny adoeceu gravemente durante um voo da Sibéria para Moscovo em agosto. Foi levado primeiro a um hospital em Omsk, no sudoeste da Sibéria e, depois, para Berlim para receber tratamento. Laboratórios alemães, franceses e suecos determinaram que foi envenenado por um agente nervoso Novichok da era soviética.

O russo foi preso sob a acusação de violação de liberdade condicional imediatamente após regressar da Alemanha para a Rússia.

Nas últimas semanas, houve vários relatos de que a saúde de Navalny se estava a deteriorar na prisão, sofrendo o opositor de dores nas costas e nas pernas.

No domingo, um grupo de cerca de 500 profissionais médicos publicou uma carta aberta a exigir que Navalny, de 44 anos, recebesse os devidos cuidados. “Tememos pelo pior. Deixar um paciente nesta condição pode levar a consequências graves, incluindo uma perda irreversível, total ou parcial das funções dos membros inferiores”, lê-se na carta.

Os médicos, que indicam não poderem permanecer indiferentes enquanto “uma pessoa sofre”, consideram que as autoridades devem “criar as condições para a normalização do estado de saúde de Navalny”.

A petição sublinha que “deixar uma pessoa que sofre uma dor aguda e que se encontra numa cela sem as apropriadas medidas anestésicas pode representar não apenas uma violação dos seus direitos mas, diretamente, tortura“.

Uma comissão pública russa de direitos humanos disse no domingo que os seus membros visitaram Navalny na prisão e que o opositor disse que lhe doía a perna e pediu ajuda para obter analgésicos, mas não fez nenhum outro pedido.

Maria Campos Maria Campos, ZAP // Lusa

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Proporção divina. Antiga fórmula grega pode ser responsável pelo sucesso dos musicais

Desde 1972, quando "Jesus Christ Superstar" estreou na Broadway, os mais populares musicais quase unanimemente empregaram uma fórmula centenária conhecida como “a proporção divina” - e, surpreendentemente, parecem tê-lo feito acidentalmente. A proporção divina é um …

Egito já iniciou obras de alargamento do Canal do Suez

A Autoridade do Canal do Suez iniciou este sábado obras para ampliar dez quilómetros do troço sul, onde o navio Ever Given encalhou em março passado, causando o bloqueio de uma das vias de navegação …

Museu do Prado descobre erro de 500 anos numa das suas esculturas

O Museu do Prado, em Madrid, descobriu que uma das suas esculturas, que se pensava ser do século XV, é afinal uma obra do século XX. Em comunicado, o museu espanhol explicou que a escultura – …

Costa entrou em “modo avestruz” e Cabrita é uma “mancha”. Líder do CSD não poupa nas críticas

Francisco Rodrigues dos Santos fez duras críticas ao primeiro-ministro, António Costa, e ao ministro da Administração Interna, Eduarda Cabrita. O presidente do CDS-PP disse que o primeiro-ministro entrou "em modo avestruz no caso João Galamba" referindo-se …

Morreu o prefeito de São Paulo que venceu a covid-19, mas que perdeu a batalha para o cancro

O prefeito da cidade brasileira de São Paulo, Bruno Covas, morreu este domingo, aos 41 anos, vítima de cancro, segundo a imprensa brasileira e várias personalidades que nas redes sociais têm lamentado a sua morte. Bruno …

China não está a conseguir macacos de laboratório suficientes para responder à procura da comunidade científica

A proibição do comércio de animais selvagens e o crescimento da investigação científica estão a causar uma escassez de macacos de laboratório na China. A oferta cada vez menor de macacos de laboratório, amplamente usados em …

Câmara do Porto recusa hastear bandeira LGBT no dia contra a homofobia

A Câmara Municipal do Porto recusou hastear a bandeira LGBTI+ na próxima segunda-feira, dia 17 de Maio, data em que se assinala o Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. Segundo o Público, a autarquia …

E se fosse possível passar um mês no Palácio de Buckingham? O preço não seria para qualquer bolso

Viver num palácio pode ser o sonho de muitos, mas não é para a carteira de qualquer um. Agora, já se sabe quanto custaria alugar, durante um mês, uma das casas reais mais conhecidas da …

Cavaco Silva considera que seria "chocante" PSD aprovar reforma das Forças Armadas

O ex-Presidente da República defende que é "um erro grave" a reforma das Forças Armadas que o ministro da Defesa pretende fazer, afirmando que seria para si "chocante" ver o PSD aprová-la. "Considero um erro grave …

Risco de ser hospitalizado ou morrer de covid diminui 90% após vacinação

O risco de um adulto ser hospitalizado ou morrer por covid-19 diminui 90% a 95% passados 35 dias sobre o início da vacinação, conclui um estudo divulgado este sábado pelo Instituto Nacional de Saúde de …