Fortes dores de costas e não sente uma perna. Saúde de Navalny tem-se deteriorado na prisão

A advogada do opositor russo Alexei Navalny, que cumpre atualmente uma pena de dois anos e meio de prisão, afirmou hoje que a sua saúde se tem deteriorado desde que foi enviado para uma colónia penitenciária.

Olga Mikhailova, uma das advogadas do principal crítico do Kremlin, indicou à agência noticiosa AFP que Navalny se queixa de “fortes dores nas costas”, acrescentando que na terça-feira deixou de sentir uma das pernas.

O opositor foi analisado por um neurologista que não divulgou o seu diagnóstico, apenas referindo que lhe receitou comprimidos de Ibuprofen, um medicamento anti-inflamatório.

“É esse todo o tratamento”, lamentou a advogada, ao sugerir que os comprimidos não ajudaram o detido. “Não sei o que se passa com ele. Deveria ser visto por um verdadeiro médico”, acrescentou Mikhailova.

A advogada indicou ainda que hoje não teve acesso ao seu cliente, detido numa colónia penitenciária de Pokrov, 100 quilómetros a leste de Moscovo e considerada uma das mais duras da Rússia.

Leonid Volkov, um dos principais colaboradores de Navalny, considerou por sua vez que a administração penitenciária procurará ocultar a eventual transferência do opositor para a enfermaria.

“Não sabemos onde se encontra Navalny nem o motivo por que o escondem dos seus advogados”, escreveu na rede social Facebook.

Uma outra colaboradora, Maria Pevtchikh, manifestou-se “extremamente preocupada” pela “rápida deterioração do seu estado de saúde”.

“Pensamos que a vida de Navalny está em perigo e exigimos que tenha acesso aos seus advogados”, escreveu no Twitter.

Entretanto, o opositor russo indicou numa queixa aos serviços de segurança russos que os guardas do centro penitenciário estão a privá-lo do sono, o que considera ser uma forma de tortura.

“Privam-me do sono, trata-se de facto de um recurso à tortura por privação do sono”, escreveu num texto hoje publicado na sua página digital, explicando que é acordado “oito vezes por noite” pelos guardas.

Alexei Navalny, 44 anos, ativista anticorrupção e principal opositor ao Presidente Vladimir Putin, sobreviveu em 2020 a um envenenamento com Novitchok, um agente neurotóxico desenvolvido na época soviética para fins militares, e que o colocou em estado de coma.

De regresso à Rússia em janeiro passado após uma longa convalescença na Alemanha, foi de imediato detido e condenado num caso de fraude ocorrido em 2014, que denuncia como politicamente motivado.

Desde a sua chegada ao campo de Pokrov, Navalny descreveu por duas vezes nas redes sociais as condições de detenção, afirmando que o seu quotidiano era comparável à de um ‘Stormtrooper’ na “versão russa da Guerra das Estrelas”, devido à rígida disciplina em vigor.

Nesse relato, associou a colónia penitenciária a um “campo de concentração”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pentear o cabelo pode tornar-se uma tarefa mais fácil com a ajuda de um robô

Uma equipa de cientistas desenvolveu recentemente um braço robótico com uma escova de cabelo macia, equipada com uma câmara que ajuda o braço a "ver" e a avaliar a ondulação, para oferecer ao utilizador uma …

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …

GNR deteve nove pessoas em Vilar Formoso por situações de emigração ilegal

A GNR deteve sete homens estrangeiros por permanência ilegal no país e dois homens, também estrangeiros, por suspeita de auxílio à emigração ilegal, com idades entre 30 e 40 anos, na fronteira de Vilar Formoso, …

Norte-americana ganhou 26 milhões na lotaria (mas destruiu bilhete durante lavagem de roupa)

A mulher garante que é a premiada da Loteria da Califórnia e, como tal, a dona dos 26 milhões de dólares. Contudo, segundo revela a imprensa americana, o bilhete ficou esquecido no bolso das suas …

Metrobus vai circular no Porto no final de 2023. Terá sete paragens da Boavista à Praça do Império

Ao que tudo indica, os autocarros 100% elétricos devem começar a circular no final de 2023. A ligação de metrobus entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império, no Porto, terá sete paragens …