Depois do relatório sobre a morte de Khashoggi, Biden quer “reajustar” laços com Riad

jlhervàs / Flickr

O novo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden

Joe Biden quer “reajustar” a relação com Riad e considerar o rei Salman como interlocutor, em vez do príncipe herdeiro saudita. Segundo quatro responsáveis ouvidos pela Reuters, que leram o relatório dos serviços secretos sobre o assassínio de Jamal Khashoggi, Mohammed bin Salman (MBS) aprovou a morte do jornalista.

Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca, confirmou que o Presidente dos Estados Unidos vai falar “em breve” com o rei da Arábia Saudita.

O objetivo de Joe Biden é, independentemente das consequências da acusação, alterar de forma significativa a relação entre os dois países. Segundo o Público, o norte-americano entende que é preciso “reajustar” a relação com Riad e considerar o rei Salman como interlocutor, em vez do príncipe herdeiro saudita.

“O povo americano espera que a política americana face à sua parceria estratégica com a Arábia Saudita priorize o Estado de direito e o respeito pelos direitos humanos“, disse um porta-voz do Departamento de Estado ao The Guardian, em resposta a uma pergunta sobre se a Administração Biden pretende pressionar para uma mudança na linha de sucessão que afaste MBS do poder.

Apesar de a Arábia Saudita ser um parceiro-chave em muitas áreas, a relação precisa de “refletir e ser respeitadora dos valores e interesses que os EUA trazem a essa parceria”, acrescentou o porta-voz.

Segundo um relatório dos serviços secretos dos Estados Unidos, o príncipe herdeiro e governante da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, aprovou o assassínio em 2018 do jornalista Jamal Khashoggi.

Os meios de comunicação norte-americanos indicaram que o relatório deve ser divulgado pelo governo e tem por base sobretudo informações recolhidas pela Agência Central de Informação (CIA).

“A divulgação pública (do relatório) marcará um novo capítulo nas relações dos Estados Unidos com a Arábia Saudita e uma diferença clara entre a política do Presidente Joe Biden e a do ex-Presidente Donald Trump”, disse a emissora NBC, indicando ter tido acesso ao texto em 2018.

Entretanto, os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de “ameaçar dissidentes no estrangeiro”, nomeadamente o jornalista saudita assassinado na Turquia.

Biden insta Senado a aprovar plano de estímulo

O Senado norte-americano chumbou a discussão do aumento do salário mínimo, uma proposta incluída no plano de recuperação económica apresentado pelo Presidente, que exortou à aprovação rápida do pacote, apesar deste revés.

O plano para relançar a economia após a crise provocada pela pandemia nos Estados Unidos incluía provisões orçamentais para acomodar o aumento do salário mínimo para 15 dólares (cerca de 12 euros) por hora até 2025, mas a decisão da câmara alta do Congresso implica que a medida não vai ser discutida.

Ao abrigo das regras do processo de aprovação por maioria simples no Senado, a via escolhida pelos democratas para tentar fazer passar o pacote de estímulos, são proibidas provisões consideradas alheias aos objetivos políticos do diploma ou resolução apresentados.

Apesar deste primeiro revés, o Presidente norte-americano instou o Congresso a “avançar rapidamente para adotar o plano de recuperação”. A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, disse que Biden estava “desiludido” por a discussão sobre o salário mínimo ter sido afastada, mas que respeitava a decisão.

“Ele vai trabalhar com os líderes do Congresso para determinar a melhor via a seguir, porque ninguém neste país deveria trabalhar a tempo inteiro e viver em situação de pobreza”, disse a porta-voz, segundo a agência Associated Press (AP).

As declarações indicam que os democratas estarão dispostos a avançar para a adoção do plano sem esta disposição, que deverão tentar fazer aprovar em diploma distinto.

A presidente dos democratas na Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, anunciou no entanto que vai manter a disposição no texto que deverá ser votado naquela câmara, esta sexta-feira.

O projeto deverá ser facilmente aprovado na câmara baixa, onde os democratas estão em maioria, mas isso não impedirá o Senado de retirar a disposição.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

No funeral de Filipe, a família real não vai usar uniformes militares "para evitar envergonhar Harry"

No funeral do duque de Edimburgo os membros da família real não vão usar uniformes militares. A quebra na tradição é justificada como medida "para evitar envergonhar" o príncipe Harry. Segundo o The Sun, a decisão …

FBI diz que grupos radicais dos EUA têm fortes ligações com extrema-direita europeia

O diretor do FBI revela que os radicais norte-americanos são os que têm os laços internacionais mais vastos e que se têm deslocado para se encontrarem com outros ativistas. Os norte-americanos de extrema-direita e com motivações …

Nova espécie de pterossauro revela o polegar opositor mais antigo de sempre

Cientistas descobriram uma nova espécie de pterossauro que viveu durante o período Jurássico e que subia às árvores graças aos seus polegares opositores. Esta característica nunca tinha sido observada nestes animais. De acordo com a rede …

Devido ao sucesso da vacinação, Israel põe fim à obrigatoriedade de uso de máscara no exterior

As autoridades israelitas anunciaram hoje que a partir do próximo domingo acabará a obrigatoriedade de uso de máscara no exterior, medida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de …

A rainha Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal (mas novos documentos põem fim aos mitos)

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por lavar-se pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a viagem …

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …

Itália vai enviar réplica de David de Michelangelo para o Dubai

No final de abril, Itália vai enviar uma réplica em tamanho real do famoso David de Michelangelo, feita com impressoras 3D, para a Exposição Universal do Dubai, que se irá realizar de 1 de outubro …