Omissão de infetados no Porto e Lisboa. DGS suspende divulgação de casos por concelho para verificar dados

Tiago Petinga / Pool / Lusa

Este domingo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) deixou de fora a habitual distribuição por concelho dos novos casos de infeção. Há autarcas a contactar delegados de Saúde e a dizer que os números da região estão errados.

No boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado este domingo, não foram atualizados os números de casos de infeção por concelho.

De acordo com o Jornal de Notícias, na Área Metropolitana do Porto e na região da Grande Lisboa, há discrepâncias no número de novos casos de infeção por covid-19 reportado pela DGS. No sábado, por exemplo, em Vila Franca de Xira, a DGS dava conta de 808 doentes, quando a Unidade de Saúde Local registava 899 – diferença de 91 casos.

Apesar de os números não baterem certo, algumas unidades de saúde garantiram ao JN que estão a fazer o registo de novos pacientes atempadamente na plataforma clínica SINAVE.

Em declarações ao JN, Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar, denunciou que “há cerca de um mês que [a DGS] não reporta novos casos em Gondomar e tem havido evolução no concelho, embora seja um número pequeno”. Segundo o autarca, apesar de não haver alteração no boletim, foram detetados cerca de 20 doentes desde 9 de junho.

Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, disse ao JN ter mais 30% de infetados do que os 149 casos divugados pela DGS.

Segundo o JN, desde 9 de junho, os delegados de saúde locais têm registado novas infeções no Porto, em Matosinhos, em Gondomar, na Trofa, em Oliveira de Azeméis e em São João da Madeira.

Contactada pelo semanário Expresso sobre a não atualização dos dados por concelho, a autoridade de saúde disse que “a DGS está a realizar a verificação de todos os dados com as autoridades locais e regionais de saúde que ficará concluída durante os próximos dias”.

No sábado, foi noticiado que há casos de infetados com covid-19 que não surgem contabilizados nos boletins diários divulgados pela DGS. A denúncia foi feita por profissionais no terreno que põem em causa a verdadeira dimensão da pandemia em Portugal.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. é não dizer nada, nem sequer testar…
    adotar o que diz o Donald Trump.
    Afinal na rua já se vê tudo ao “molho e fé em deus” e as nossas autoridades policiais nada fazer…

  2. Quanto a mim,deviam de estar caladas e trabalhar melhor.Deixem os discursos para o Costa ou o Marcelo,eles adoram.

  3. as autoridades policiais só existem p/ multas e alguns desacatos, fora isso não se metem… Não lhes pagam o suficiente p/ se chatear.

  4. É assim que a Venezuela e a China fazem, eliminam a possibilidade de verificação da informação e logo o que dizem passa a ser a verdade.

    Devíamos ser melhores do que isto, se há discrepâncias e se estão verdadeiramente justificadas, não se devem esconder.

  5. Nas últimas 4 semanas não foram distribuídos 1324 casos pelos respectivos concelhos (10/jun a 4/jul). Desses, 38% são da região Norte, 10% da Centro, 44% da LVT, 4% Altentejo e 4% Algarve. É muito difícil compreender esta incapacidade… parece desinformação deliberada…
    A informação por concelho é a mais importante de todas, para que as pessoas adequem o seu nível de alerta.

  6. Não é dificil encontrar malandros maiores que os ingleses, basta ter boa memória, ser-se honesto e olhar para o histórico do Partido Súcialista e respectivos bajuladores, em Portugal, nos últimos 46 anos.

  7. Não adianta chorar sobre o leite derramado. Mas deviam ter aprendido com o que se passou no Norte par proteger o resto do país. Falavam em excesso,incluindo o senhor presidente da República e descuram o essencial. Não se queixem

    Não se queixem do governo ingês. Este teve o bom senso de seguir as recomendações duma comissão de experts constituida para o efeito e obedeceu a critérios iguais para todos os países.

RESPONDER

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …