/

Cristiano Ronaldo está infetado com covid-19

1

Miguel A. Lopes / Lusa

O internacional português está infetado com covid-19 e vai falhar o próximo jogo com a Suécia, revelou, esta terça-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

De acordo com a nota publicada pela FPF, Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da seleção depois de testar positivo à covid-19, pelo que não defrontará a Suécia. O internacional português está sem sintomas e em isolamento.

Ainda segundo a Federação Portuguesa de Futebol, os restantes jogadores realizaram novos testes, na manhã desta terça-feira, todos com resultado negativo, e estão à disposição do selecionador, Fernando Santos, para o treino desta tarde.

O jogo com a Suécia, a contar para a fase de apuramento da Liga das Nações, está agendado para esta quarta-feira, às 19h45, no Estádio de Alvalade.

Cristiano Ronaldo é o terceiro jogador da formação das quinas a testar positivo para o novo coronavírus, depois do defesa central José Fonte e do guarda-redes Anthony Lopes, ambos dispensados dos trabalhos da seleção.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, revelou que já desejou as melhoras ao futebolista. “Já tive a oportunidade de lhe desejar melhoras e também de falar com a Federação Portuguesa de Futebol, que tem um sistema de testes feitos todos os dias. Os jogadores vêm, como é natural, de vários países, de diferentes proveniências, e, portanto, há um controlo imediato, instantâneo, da sua situação”, afirmou.

O chefe de Estado, que se encontra em Bruges, na Bélgica, para inaugurar o ano académico do Colégio da Europa, que tem com patrono o antigo Presidente Mário Soares, acrescentou que, na quarta-feira, marcará presença em Alvalade, manifestando-se confiante numa vitória sobre a Suécia, mesmo sem a presença do capitão da seleção.

“E amanhã lá estaremos, lá estaremos a apoiar a seleção, sabendo que já houve jogos, ainda muito recentes, nesta própria competição, em que Portugal jogou sem Cristiano Ronaldo e nem por isso deixou de ganhar e de fazer uma grande exibição”, comentou.

  ZAP //

1 Comment

  1. Dada a importância estratégica desta figura pública no contexto político-mediático do país, deve ser criado um “gabinete de crise” liderado pelo sr. PR e com a participação do Sr. PM, no sentido de exigir à UEFA e à FIFA uma moratória no cumprimento do calendário das provas de qualificação.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.