Cristas não quer “um país a duas velocidades”. Por isso, defende redução de impostos no interior

Mário Cruz / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

Assunção Cristas esteve este sábado em Ponte de Lima e defendeu uma redução da carga fiscal no interior para que não haja “um país a duas velocidades”.

A presidente do CDS defendeu este sábado, em Ponte de Lima, que o país “não pode andar a duas velocidades” e por isso o partido vai continuar a “defender” a redução de impostos para pessoas e empresas no interior.

“Da parte das políticas nacionais há que olhar para todo o território, para serem criadas oportunidades em todo o território porque achamos que não pode haver um país a duas velocidades, nem um país abandonado e esquecido”, disse Assunção Cristas.

A líder do CDS-PP, que falava aos jornalistas durante a visita à XIII Feira do Cavalo de Ponte de Lima, defendeu que o seu partido tem sido “o único” a debater-se “pela valorização do mundo rural” e pelos territórios do interior, nomeadamente, em matéria de carga fiscal.

“Somos talvez o único partido que, por exemplo, apresentou no Parlamento um verdadeiro estatuto de benefício fiscal para o interior, para valorizar as pessoas que continuam nestes territórios e, sobretudo, para atrair outras que se possam fixar aqui”, frisou.

Assunção Cristas disse ainda que apesar das propostas apresentadas pelo CDS em matéria de diminuição da carga fiscal terem sido “rejeitadas” na votação do atual orçamento de Estado e no programa de estabilidade, estas continuam a “fazer parte” do programa eleitoral do partido.

“O CDS tem como prioridade número um a baixa de impostos, temos dito e repetido há muito tempo”, frisou a líder centrista, adiantando que o CDS pretende que, nas zonas interiores do país, a taxa de IRS seja reduzida para “metade” e que seja aplicada uma “taxa de 10% de IRC” às empresas.

“Justificam-se políticas também a olhar para estas realidades e isso nós faremos, sabendo que o crescimento económico é aquilo que nos permite trazer pessoas, criar condições para as empresas se instalarem e elas próprias serem motores desse crescimento”, sublinhou.

Segundo Cristas, esta política de benefícios fiscais para as zonas do interior permitirá “atrair talentos, reter talentos, atrair outros talentos e transformar verdadeiramente os territórios e a economia do país”.

Questionada pelos jornalistas sobre como avaliava a posição de “total confiança” do primeiro-ministro, António Costa, no ex-ministro da defesa, Azeredo Lopes, que foi constituído arguido no processo relativo ao caso Tancos, a líder do CDS defendeu ser “preciso dar tempo para a justiça funcionar”.

“O CDS sobre esse assunto já disse o que tinha a dizer, eu creio que agora é preciso dar tempo para a justiça funcionar. Nós tomamos a decisão que tínhamos de tomar na comissão parlamentar de inquérito, é conhecida a nossa decisão”, disse Assunção Cristas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais um propósito desta senhora. Contudo, quem nos diz que os desígnios de hoje não serão para desdizer amanhã, como no caso dos professores?

RESPONDER

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …

Norueguês empregou 70 imigrantes ilegais e foi a tribunal "muito, muito feliz"

Aharne Viste acha que a Constituição norueguesa reconhece o direito mesmo a quem não consegue obter asilo e tenciona ir em frente com a sua campanha. Aharne Viste contratou cerca de 70 imigrantes legalmente impedidos de …

Netanyahu não consegue formar Governo e devolve mandato ao presidente israelita

O primeiro-ministro israelita em funções, Benjamin Netanyahu, admitiu hoje ao Presidente de Israel, Reuven Rivlin, não ter reunido as condições necessárias para formar Governo e devolveu o processo ao chefe de Estado. Numa nota informativa, a …

Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva estão entre os finalistas para a Bola de Ouro

Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva estão entre os 30 finalistas para vencer a Bola de Ouro de 2019. Esta é a primeira vez que Bernardo Silva é nomeado para o prémio da France Football que …

Encontrados dois míticos porta-aviões japoneses afundados na batalha de Midway

Cientistas e exploradores descobriram dois navios japoneses naufragados durante a histórica batalha de Midway, durante a II Guerra Mundial, no Oceano o Pacífico, noticia esta semana a agência noticiosa AP. A equipa, que conta também …

MP pede que autarca de Torres Vedras vá a julgamento por plágio na tese de doutoramento

Em abril deste ano, o MP acusou o autarca de um crime de contrafação, por alegado plágio de 40 textos originais na sua tese de doutoramento “As linhas de Torres, um destino turístico estratégico para …

Rui Rio confirma recandidatura à liderança do PSD

O presidente do PSD, Rui Rio, quebrou hoje o silêncio sobre o seu futuro político, confirmando a sua recandidatura à liderança do partido. O anúncio foi feito às 18:30, num hotel no Porto. Duas semanas depois …

Facebook vai pagar a meios de comunicação para promover notícias "confiáveis"

Em breve, o Facebook terá uma secção de notícias "confiáveis", que funcionará como uma espécie de portal com destaques noticiosos. O Facebook vai ter uma secção de notícias no seu site, que funcionará como uma espécie …

Bloco e Livre reúnem-se terça-feira para discutir "possíveis convergências"

O Bloco de Esquerda e o Livre reúnem-se, na terça-feira, no Parlamento, num encontro pedido pelo partido que elegeu Joacine Katar Moreira, e que também foi proposto ao PCP, PEV e PAN para discutir "possíveis …