Costa recebe PCP e Bloco em São Bento. Orçamento do Estado “está no fio da navalha”

António Cotrim / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, recebe esta sexta-feira o Bloco de Esquerda e o PCP, em São Bento, reuniões que se destinam a encontrar pontos de consenso para a viabilização do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020).

Fonte do Governo adiantou à agência Lusa que estas reuniões se inserem “na série de encontros já mantidos pelo primeiro-ministro, assim como ao nível ministerial”, com os partidos parlamentares de esquerda (Bloco, PCP, PEV e Livre) e com o PAN sobre a proposta de Orçamento do Estado do próximo ano.

“Desde o início de novembro, esta será a terceira vez que o primeiro-ministro recebe os líderes dos partidos à esquerda do PS. Estas reuniões têm produzido resultados em concreto, caso da carta enviada à Comissão Europeia sobre redução do IVA da eletricidade ou de medidas para aumentos de pensões”, frisou a mesma fonte.

Estas reuniões, na sexta-feira, com os líderes do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, e do PCP, Jerónimo de Sousa, terão um caráter estritamente de trabalho, não estando previstas nem a recolha de imagens nem declarações à comunicação social.

Bloco avisa: “OE está no filho da navalha”

Numa artigo de opinião publicado esta sexta-feira no jornal Público, o Bloco de Esquerda deixa uma espécie de aviso ao Governo de António Costa, afirmando que a aprovação à esquerda do OE2020 está no “fio da navalha”.

“É possível endireitar o que nasceu torto? É preciso pousar a máquina do calculismo partidário para passar a discutir as soluções que o país precisa, sem fantasmas de maiorias absolutas falhadas ou orgulhos feridos. As pessoas assim o exigem. Será possível?”, questiona o líder parlamentar do Bloco, Pedro Filipe Soares.

No entender do representante bloquista, , “está tudo errado” nas contas que têm vindo para a aprovação do OE2020. “António Costa dizia que queria conversar com Bloco de Esquerda e PCP as condições para a aprovação do Orçamento do Estado para 2020, mas fez questão de tornar público que já estava a trabalhar num plano B para o aprovar com os votos do PAN e do PSD Madeira e uma abstenção do Livre”.

“Diz o povo que quem é prevenido vale por dois, mas essa ideia nem sempre é válida na política. Quem anuncia assim um plano B é porque já deixou de estar empenhado no plano A? Se esta dúvida era legítima antes da apresentação da proposta do Governo para o orçamento de 2020, depois de conhecermos esse documento já não é uma dúvida, é uma certeza”, pode ler-se no artigo publicado no diário.

Pedro Filipe Soares escreve ainda que a proposta elaborada pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, é “insuficiente, porque falha no essencial: não tem um desígnio (…) Sem ideias, resume-se a um objetivo contabilístico: o superávit”, critica.

O tempo de negociações entre Governo e bloquistas esta a esgotar-se. Depois da reunião desta sexta-feira, a Mesa Nacional do Bloco de Esquerda vai decidir o voto no documento na generalidade, tal como recorda o semanário Expresso.

A proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2020 entrou na Assembleia da República em 16 de dezembro, começa a ser discutida em plenário na generalidade na quinta-feira, sendo votada no dia seguinte, na sexta-feira.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …