Coronavírus. INEM garante que equipamento é seguro, sindicato contesta

Estela Silva / Lusa

O sindicato denunciou, este domingo, a entrega de equipamentos danificados às equipas responsáveis pelo transporte de doentes suspeitos de coronavírus. No entanto, o INEM garante que todo o material é seguro.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) garante que todo o equipamento ao dispor das equipas responsáveis pelo transporte de doentes com suspeita de infeção por coronavírus é seguro, ao contrário do que alega o sindicato, que este domingo denunciou que estes profissionais estavam a receber equipamento danificado.

Contactada pela Lusa, a responsável pelo departamento de emergência médica do INEM disse que o sindicato “está mal informado”, notando que, até ao momento, foram apenas preparadas quatro ambulâncias para o transporte de doentes com coronavírus e, neste sentido, são estes os veículos que têm material para o efeito e não todas as bases.

“Nós temos só quatro ambulâncias preparadas para o efeito [em Lisboa, Porto, Coimbra e Faro]. Se o evoluir da situação assim o determinar serão disponibilizadas mais ambulâncias. Inclusivamente, se for necessário, envolveremos mais meios do INEM nesse tipo de transporte ou recorreremos aos nossos parceiros, como os bombeiros e a Cruz Vermelha Portuguesa”, garantiu Fátima Rato.

Segundo esta responsável, até agora, o INEM recebeu apenas um reporte, datado de 6 de fevereiro, relativo a uma máscara que estaria danificada, tendo efetuado “todos os procedimentos para a substituir, como habitualmente”, sublinhando que esta notificação pode ser feita por vários meios e não apenas por computador.

“Gostaria de realçar que, [Rui Lázaro] sendo uma pessoa que trabalha no instituto deveria saber qual o esforço que é feito, diariamente, para darmos a melhor resposta. Se estamos de boa-fé e a preocupação são os doentes, temos que fazer tudo o que está ao nosso alcance para corrigir os erros. Espera-se que as pessoas tenham uma atitude profissional e pró-ativa”, vincou.

Já relativamente às ações de formação para os profissionais do INEM, a também médica notou que foi decidido fazer uma reciclagem de conhecimentos e novas formações para a utilização dos materiais em causa, procedimentos que disse já estarem a decorrer ou prestes a iniciar-se, em todo o país, e que vão abranger todas as equipas, num total de, aproximadamente, 700 pessoas.

O instituto tem várias equipas a postos – em Lisboa, Porto, Coimbra e Faro – para transportar os doentes que cumpram os critérios definidos pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e sejam considerados como potencialmente infetados pelo novo coronavírus. As equipas devem transportar os doentes para um dos três hospitais de referência (Curry Cabral e Dona Estefânia, em Lisboa, e S. João, no Porto), para serem testados.

Durante a viagem, os profissionais de saúde devem estar devidamente protegidos. No entanto, segundo avançou o Jornal de Notícias este domingo, as bases do instituto estão a receber kits que incluem máscaras sem elásticos e com encaixes quebrados e apenas um par de óculos, quando cada viatura viaja com dois técnicos.

“As máscaras recebidas não asseguram a esperada e obrigatória proteção, porque só trazem um elástico, ficando soltas no rosto”, assinalou Rui Lázaro, dirigente do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, em declarações ao JN.

O mesmo sindicalista denunciou também que os profissionais não receberam formação sobre como utilizar o material nem como “lidar com potencial material contaminado”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …

A Torre de Londres foi palco de várias experiências estranhas com animais

Antigamente, os humanos tinham algumas teorias muito estranhas sobre vários animais e, infelizmente, nem um pouco do bom senso que os impediria de as testar. Segundo o site IFLScience, Plínio, o Velho, era um desses exemplos. …

Grupo hacker português reivindica ataque a 61 sites do Brasil este ano

O grupo do hacker português que assumiu publicamente o recente ataque cibernético ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil admitiu ter invadido 61 sites brasileiros este ano, segundo o jornal O Estado de São Paulo. O …

PCP e PEV vão abster-se na votação final do Orçamento do Estado

O PCP e o PEV anunciaram, esta quarta-feira, que vão abster-se na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), que está agendada para esta quinta-feira na Assembleia da República. O Partido Comunista vai …

Economia e tecnologia. Quem irá vencer a guerra comercial? EUA não facilitam, mas China já prepara plano para 2025

A atual guerra comercial entre a China e os Estados Unidos começou depois do atual presidente norte-americano, Donald Trump, anunciar a 22 de março de 2018 uma lista de tarifas superiores a 60 mil milhões …

Estudantes estrangeiros podem renovar autorização de residência online

Os estudantes estrangeiros que frequentam o ensino superior em Portugal podem renovar automaticamente 'online', desde esta semana, os títulos de autorização de residência, anunciou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). A nova funcionalidade está disponível …

Nas pinturas de Van Gogh predomina a cor amarela (e isso tem uma explicação científica)

As obras do pintor Van Gogh encaixam-se na corrente artística do pós-impressionismo. Estas caraterizam-se por terem cores fortes com capacidade de atrair um público bastante diversificado. Mas por que razão predominavam quase sempre as mesmas …

ONU sem dinheiro para alimentar deslocados de Cabo Delgado. Portugal presta ajuda militar a "país irmão"

O Programa Alimentar Mundial diz que as verbas vão acabar para a semana depois de um ano inteiro de sub-financiamento. O conflito no Norte de Moçambique já fez pelo menos 500 mil deslocados. O Programa Alimentar …

Temido diz que risco de o país não estar pronto para receber vacina é "zero"

A ministra da Saúde garantiu, esta quarta-feira, que o risco de Portugal não estar preparado para vacinar contra a covid-19 quando a vacina for distribuída é "zero", referindo que "há muito" que o país se …