Contratorpedeiro russo disparou tiros de aviso contra navio turco

Nick Savchenko / Wikimedia

O contratorpedeiro Smetlivy, da Marinha de Guerra da Rússia

O contratorpedeiro Smetlivy, da Marinha de Guerra da Rússia

O ministério da Defesa da Rússia convocou neste domingo o adido militar da Turquia em Moscovo para esclarecer sobre um incidente ocorrido no Mar Egeu entre um de seus navios de guerra e uma embarcação turca.

Moscovo diz que o contratorpedeiro russo Smetlivyy efectuou vários disparos de aviso para evitar a colisão com uma embarcação de pesca de bandeira turca que se encontrava em rota de colisão na costa da ilha grega de Lemnos, no Mar Egeu.

A tripulação do navio de guerra russo terá contactado os pescadores via rádio e posteriormente de forma visual, quando a embarcação turca estava a cerca de um quilómetro de distância, mas não obteve resposta.

A tensão entre os países continua a deteriorar-se, depois de um caça russo ter sido abatido pela Turquia.

De acordo com o Kremlin, quando a embarcação se aproximou a 600 metros da fragata russa foram usadas armas de fogo para evitar a colisão.

“Imediatamente, o pesqueiro turco mudou de rumo e, sem efectuar qualquer contacto com a tripulação russa, continuou a navegar”, afirma o Kremlin, em comunicado.

As relações entre os dois países estão tensas desde que um avião turco abateu um caça russo junto à fronteira com a Síria no passado dia 24 de novembro.

O avião russo teria alegadamente violado o espaço aéreo da Turquia, apesar de Moscovo negar ter sobrevoado o território turco.

Quatro dias depois, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou estar “triste” e lamentar o abate do avião.

Mas, no mesmo dia, o presidente russo Vladimir Putin impôs sanções económicas contra Ancara, como a proibição de importação de produtos da Turquia, e a suspensão da isenção de vistos para turcos, entre outros.

Mais recentemente, Putin acusou a Turquia de ter abatido o avião russo para proteger o fornecimento de petróleo a Ancara pelo “Estado Islâmico”.

Em resposta, o presidente turco afirmou que o seu país não compra petróleo do grupo extremista e que se demitiria se a acusação puder ser comprovada.

Erdogan desafiou Putin a fazer o mesmo se, pelo contrário, as acusações não forem provadas.

ZAP / DW

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …