Companhias aéreas decidem alterar regras de segurança no cockpit

hugokernel / Flickr

-

As companhias aéreas EasyJet, Norwegian, Icelandair e Air Transat anunciaram hoje que passaram a impor a presença em permanência de duas pessoas no cockpit dos aviões, numa reação à informação de que o acidente da Germanwings foi provocado pelo copiloto.

A análise da gravação do som do cockpit do Airbus A320 da Germanwings que na terça-feira se despenhou nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo concluiu que o copiloto provocou o acidente quando estava sozinho no cockpit, depois de impedir a entrada do piloto.

“Quando um ocupante sair do cockpit, passará a ser exigido que nele permaneçam duas pessoas“, explicou o responsável de operações de voo da companhia low cost norueguesa Norwegian, Thomas Hesthammer, à agência France Presse.

“É algo que discutíamos há muito tempo, mas este episódio acelerou o processo”, acrescentou, precisando que a alteração das regras vai ser aplicada a partir de sexta-feira, uma vez obtida a aprovação da autoridade norueguesa de aviação civil.

Outra companhia, a islandesa Icelandair, anunciou a adoção da mesma medida “devido às informações que recebemos sobre o acidente em França”, disse um porta-voz da empresa, Gudjon Arngrimsson.

Também a canadiana Air Transat anunciou a aplicação da mesma medida.

“Decidimos que haverá sempre duas pessoas no cockpit. Quando um dos dois pilotos sair, entra um chefe de cabine“, disse a porta-voz da transportadora, Debbie Cabana, precisando que a medida será aplicada a partir de sexta-feira.

Por fim, a presidente executiva da Easyjet, Carolyn McCall, adiantou também que os procedimentos de segurança no cockpit de aviões da companhia serão alterados para que estejam sempre duas pessoas no interior.

“Vamos mudar o nosso procedimento para que estejam sempre duas pessoas no cockpit”, confirmou a responsável, para quem outras companhias devem adotar a mesma medida.

As regras atuais para a aviação civil europeia não impõem a presença permanente de duas pessoas no cockpit quando um dos seus ocupantes, o piloto ou o copiloto, tenha de se ausentar por qualquer razão.

A companhia finlandesa Finnair já aplicava esta medida. “O manual já prevê duas pessoas em permanência no cockpit. Se um piloto se quiser ausentar, outro membro da tripulação tem obrigatoriamente de entrar”, explicou a porta-voz da Finnair, Päivyt Tallqvist.

A investigação ao acidente em França conclui que o piloto do voo da Germanwings se ausentou do cockpit, provavelmente para usar a casa de banho, e foi impedido de voltar a entrar pelo copiloto, que bloqueou a porta.

Nesse período, o copiloto acionou deliberadamente o processo de descida do avião, ignorando as pancadas na porta, as tentativas de comunicação da torre de controlo e os alarmes do próprio aparelho.

O avião acabou por embater numa montanha, matando todas os 144 passageiros e seis tripulantes a bordo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …