Não se sabe como foram infetadas 41% das pessoas em Portugal. Novo confinamento é “para evitar”

Manuel de Almeida / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido (dta.), com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa sobre a epidemia Covid-19

De acordo com a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, neste momento não se sabe como foram infetados 41% dos doentes, sendo apenas possível “identificar um contacto com alguém que tivesse sintomas de covid-19 ou que fosse um caso positivo” em 59% das vezes.

Portugal enfrenta uma grande transmissão comunitária, o que significa que já não é possível descobrir qual a fonte de contágio de vários casos positivos.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse na conferência de imprensa desta segunda-feira que é uma percentagem “francamente positiva”, referindo-se aos 41% de novos casos de covid-19 em que não se conhece um link epidemiológico.

“Ao dia de hoje foi possível em 59% do casos identificar um contacto com alguém que tivesse sintomas de covid-19 ou que fosse um caso positivo”, disse Graça Freitas, que alertou para o facto de esta ser “uma situação que se pode alterar de um dia para o outro”.

As dificuldades sentidas pelos serviços de saúde pública em rastrear os contactos de todas as pessoas positivas aumentam à medida que vão sendo confirmados mais novos casos da doença, e nem sempre conseguem rastrear todos os contactos dos casos em tempo útil.

“Não se encontrou nenhuma relação entre a abertura das escolas e o aumento do número de casos. Primeiro, porque os casos das escolas são relativamente limitados e isolados. Pensa-se que a maior parte das vezes foram contraídos na comunidade e não ao contrário”, apontou a Diretora-Geral da Saúde, quando questionada sobre uma possível ligação entre o início do ano letivo presencial e o aumento de novos casos.

“Continuamos a ter um padrão de transmissão que é iminentemente familiar/social”, acrescentou Graça Freitas.

É possível inverter o aumento com “medidas eficazes”

O professor de Epidemiologia na Universidade de Lisboa, Manuel Carmo Gomes, um dos peritos que colabora com a Direção-Geral da Saúde, aponta para um agravamento da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal, apontando para os 4 mil casos diários já em novembro.

Mas a Ministra da Saúde, Marta Temido, defende que estes cálculos podem ser invertidos se forem tomadas “medidas eficazes”.

No final de uma reunião com o Presidente da República, Marta Temido recordou que o Governo tem “procurado sempre atuar de acordo com aquilo que é a informação epidemiológica, a sua evolução, e os princípios da proporcionalidade, mas também da precaução em saúde pública”.

“Será com base nestas nestes dois eixos que continuaremos a tomar decisões procurando obviamente acompanhar aquilo que é o desejo de todos“, afirmou, para se encontrar “um equilíbrio o mais virtuoso possível entre a capacidade” de o país se manter a funcionar como sociedade e os bens que é preciso proteger.

Segundo noticia a TSF, as medidas de saúde pública são determinadas com uma periodicidade que o Governo tem procurado “sempre garantir” e que são comunicadas na sequência de reuniões do Conselho de Ministros.

“São medidas que não competem ao Ministério da Saúde e, portanto, neste momento o nosso foco é de aplicar as medidas que foram determinadas na última reunião do Conselho de Ministros e aplicá-las adequadamente e garantir o seu cumprimento e continuar a trabalhar em duas vertentes que me parecem muito importante”, disse.

Quanto aos números da pandemia no país, a governante volta a apelar à responsabilidade de cada cidadão. “Claro que os cálculos resultam na aplicação de modelos matemáticos que nós podemos inverter se conseguirmos tomar medidas eficazes. Isso depende de cada um de nós e eu não posso deixar de voltar a fazer essa referência”, sublinhou

“Não podemos ficar fechados todo o inverno”

Lacerda Sales foi também questionado esta segunda-feira sobre um possível paralelismo entre o País de Gales, que entrará em confinamento nos próximos dias, e Portugal, onde o número de novos casos ultrapassou os dois milhares na última semana.

“Cada país tem usado a sua estratégia e estamos a aprender uns com os e outros. Obviamente que estamos a todo o custo a evitar o confinamento porque não podemos ficar fechados todo o inverno”, argumentou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

Apesar de o País de Gales ter optado pelo confinamento nas próximas duas semanas, o governante avisa que em Portugal esse regime não será obrigatório se o comportamento individual corresponder às diretrizes da Direção-Geral da Saúde.

“Essa é uma exigência no meio laboral e familiar: não podemos baixar a guarda”, exortou Lacerda Sales, lembrando, no entanto, que todos os cenários são possíveis, dada a imprevisibilidade da pandemia.

Ainda assim, num apelo à serenidade, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu que o SNS está preparado para “continuar a dar resposta” aos circuitos covid e não-covid. Para António Lacerda Sales, “o estado de emergência aplica-se quando a ameaça é de grande gravidade” e “não estamos nessa fase”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É impossível o confinamento porquê? Pela simples razão que a economia antes da pandemia já estava pela hora da morte. Sendo assim não há milagres. A China está a conseguir controlar porque incrementamétodos que o resto dos países não conseguem, porque não tem batalhas politicas. A economia China está em crescimento e nós Europeus e não só estamos na M—- porque não há dinheiro p/ SNS para a população que paga impostos, taxas e taxinhas p/ manter esta corja de politicos e afins. Deixam os países na bancarrota e despois só se salva quem tiver meios para isso e mesmo assim …

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …