Cientistas encontram pela primeira vez ingredientes-chave para a vida num cometa

ESA

A sonda Philae da nave Rosetta pousada no cometa 67P

A sonda Rosetta, que estuda o seu cometa há já quase dois anos, descobriu ingredientes considerados fundamentais para a origem da vida na Terra.

Estes incluem o aminoácido glicina, que é normalmente encontrado em proteínas, e o fósforo, um componente chave do ADN e das membranas celulares.

Os cientistas debatem há muito tempo a possibilidade de que a água e moléculas orgânicas foram trazidas por asteroides e cometas até à jovem Terra depois de arrefecer, após a sua formação, fornecendo alguns dos blocos de construção para a origem da vida.

Embora já se conheçam alguns cometas e asteroides com água numa composição parecida com a dos oceanos da Terra, a Rosetta encontrou uma diferença significativa no 67P/C-G, alimentando o debate sobre o papel destes objetos na origem da água da Terra.

Os novos resultados revelam que os cometas tinham potencial para trazer os ingredientes críticos para estabelecer vida como a conhecemos.

Os aminoácidos são compostos orgânicos biologicamente importantes que contêm carbono, oxigénio, hidrogénio e azoto, e formam a base das proteínas.

Pistas do aminoácido mais simples, glicina, foram descobertas em amostras enviadas para a Terra em 2006 a partir do Cometa Wild-2 pela missão Stardust da NASA. No entanto, a possível contaminação terrestre das amostras de poeira tornou a análise extremamente difícil.

Agora, a Rosetta fez deteções diretas e repetidas de glicina na atmosfera difusa, ou “cabeleira”, do seu cometa.

“Esta é a primeira deteção inequívoca de glicina num cometa“, afirma Kathrin Altwegg, investigadora principal do instrumento ROSINA que fez as medições, e autora principal do artigo publicado na Science Advances a semana passada.

“Ao mesmo tempo, também detetámos algumas outras moléculas orgânicas que podem ser percursores da glicina, sugerindo várias maneiras possíveis para a sua formação”.

ESA

O instrumento ROSINA-DFMS, a bordo da Rosetta, detetou ingredientes considerados importantes para a vida como a conhecemos na Terra, na cabeleira do Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

O instrumento ROSINA-DFMS, a bordo da Rosetta, detetou ingredientes considerados importantes para a vida como a conhecemos na Terra, na cabeleira do Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

As medições foram recolhidas antes do cometa alcançar o seu ponto mais próximo do Sol – periélio – em agosto de 2015 ao longo da sua órbita de 6,5 anos.

A primeira deteção surgiu em outubro de 2014 enquanto a Rosetta estava a apenas 10 km do cometa. A próxima ocasião foi durante um voo rasante em março de 2015, quando estava a 30-15 km do núcleo.

A glicina foi também observada noutras ocasiões associadas com erupções do cometa no mês que antecedeu o periélio, quando a Rosetta estava a mais de 200 km do núcleo, mas cercada por uma grande quantidade de poeira.

“Vemos uma forte ligação entre a glicina e a poeira, sugerindo que foi provavelmente libertada juntamente com outros voláteis a partir dos mantos gelados dos grãos depois destes terem aquecido na cabeleira”, explica Kathrin.

A glicina transforma-se em gás apenas quando atinge temperaturas um pouco abaixo dos 150ºC, o que significa que é libertada a partir da superfície ou subsuperfície do cometa em poucas quantidades devido às baixas temperaturas. Isto explica o facto da Rosetta nem sempre a detetar.

“A glicina é o único aminoácido que se sabe conseguir formar-se sem água líquida, e o facto de que a vemos com moléculas precursoras e poeira sugere que é formada dentro dos grãos gelados de poeira interestelar ou pela irradiação ultravioleta do gelo, antes de se ligar e ficar conservada no cometa durante milhares de milhões de anos”, acrescenta Kahtrin.

Moléculas-chave

Outra deteção emocionante feita pela Rosetta e descrita no artigo é a do fósforo, um elemento-chave em todos os organismos vivos conhecidos. Por exemplo, encontra-se no quadro estrutural do ADN e nas membranas celulares, e é usado no transporte de energia química dentro das células para o metabolismo.

“Ainda há muito incerteza sobre a química da Terra primitiva e é evidente que existe uma enorme lacuna evolutiva por preencher entre a entrega destes ingredientes via impactos cometários e a origem da vida”, afirma o coautor Hervé Cottin.

“Mas o ponto importante é que os cometas não mudaram muito em 4,5 mil milhões de anos: eles dão-nos acesso direto a alguns dos ingredientes que provavelmente acabaram na sopa pré-biótica que eventualmente resultou na origem da vida na Terra”.

“A variedade de moléculas orgânicas já identificadas pela Rosetta, a que agora se juntam as importantes confirmações de ingredientes fundamentais como a glicina e o fósforo, confirmam a nossa ideia de que os cometas têm potencial para entregar moléculas-chave da química pré-biótica“, afirma Matt Taylor, cientista do projeto Rosetta da ESA.

“A demonstração de que os cometas são reservatórios de material pristino do Sistema Solar e veículos que podem ter transportado estes ingredientes vitais para a Terra, é um dos principais objetivos da missão Rosetta, e estamos muito satisfeitos com este resultado”.

CCVAlg

RESPONDER

Catalunha aplaude referendo curdo. Erdogan pode fazê-los "passar fome"

Os curdos iraquianos votaram esta segunda-feira de forma massiva no referendo sobre a sua independência, mas esta possibilidade alimentada há um século arrisca provocar uma escalada nas tensões regionais. O parlamento em Bagdade, na presença dos …

Enfermeiros exigem aumento mínimo de 400 euros. Ministro da Saúde considera "incomportável"

Os enfermeiros podem voltar à greve a 16 de outubro caso o Governo não satisfaça um conjunto de reivindicações esta terça-feira entregues à tutela e que incluem um aumento mínimo de 400 euros para todos …

João Lourenço põe Portugal fora da lista dos principais parceiros

O novo Presidente angolano, João Lourenço, excluiu esta terça-feira Portugal da lista de principais parceiros, no seu discurso de tomada de posse, sublinhando que Angola considerará todos que "respeitem" a soberania nacional. A posição foi assumida …

MP desvalorizou indícios de maus tratos contra menino que morreu na Guarda

A mãe da criança de 7 anos que morreu no sábado, na Guarda, depois de cair de um terceiro andar, está acusada dos crimes de violência doméstica e de exposição ou abandono. O alerta dado …

Casa do presidente da Câmara de Lisboa também vai ser alojamento local

"É tão absurdo como Marcelo Rebelo de Sousa concessionar o Palácio de Belém para um hotel de charme." A crítica é do candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa, Ricardo Robles, sobre …

Marcelo Rebelo de Sousa assobiado na tomada de posse de João Lourenço

João Lourenço, de 63 anos, foi esta terça-feira investido, pelas 12:15, no cargo de Presidente da República de Angola, o terceiro que o país conhece desde a independência, em novembro de 1975. Marcelo Rebelo de …

Centeno e Governador do Banco de Portugal à beira da ruptura

As declarações do Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, sobre as "tentações" do Governo de reduzir a independência dos bancos centrais, caíram mal no seio das Finanças que exigem a Governador que se "retrate". "A …

Fraude massiva com medicamentos potencialmente letais leva centenas à prisão

123 países estiveram envolvidos na operação Pangea X, uma ação a nível internacional coordenada pela Interpol que pretendia combater medicamentos falsificados e os perigos associados à compra de medicamentos pela internet. No âmbito da operação Pangea …

Quase 60 mil pessoas retiradas devido a "erupção iminente" de vulcão em Bali

Mais de 57 mil pessoas fugiram das zonas em torno do vulcão de Monte Agung, na ilha indonésia de Bali, perante registo de atividade sísmica sem precedentes no local. O centro de vulcanologia da ilha …

Governo alarga concurso de regularização da função pública a precários em tempo parcial

Os trabalhadores do Estado em tempo parcial vão poder participar nos concursos para integração de precários. A proposta do PS vai ao encontro do que defendem o BE e o PCP e é votada na …