Adeus, Philae! Rosetta corta contacto com módulo ao fim de um ano sem sinais

ESA

Esboço artístico da sonda Philae da nave Rosetta no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

Esboço artístico da sonda Philae da nave Rosetta no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

A Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) cortou as comunicações com o módulo de aterragem Philae, parte da sonda espacial Rosetta, depois de um ano sem receber sinais.

A interface de comunicações (ESS) entre Rosetta e Philae foi desligada esta quarta-feira, visando poupar energia para continuação das operações científicas nos últimos dois meses até ao final da missão Rosetta, que explora o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko.

“Temos de maximizar energia disponível para os instrumentos científicos de Rosetta e por isso não tivemos escolha senão desligar a ESS”, disse Mark McCaughrean da Agência Espacial Europeia à agência de notícias AFP.

A sonda Rosetta vai continuar em órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, que se desloca entre as óbritas de Terra e de Júpiter, durante mais dois meses.

“A energia vai cada vez diminuir mais, e agora o foco vira-se totalmente para Rosetta, cujas missões científicas muito bem-sucedidas vão acabar a 30 de setembro“, disse McCaughrean.

Nos finais deste mês, o módulo vai encontrar-se a cerca de 520 milhões de quilómetros do sol, o que vai provocar grande perda de energia.

10 anos de expectativa

O módulo de aterragem Philae foi lançado em março de 2004 com a sonda Rosetta, como parte de uma misssão da ESA no valor de 1,3 mil milhões de euros.

Os aparelhos viajaram juntos 6,5 mil milhões de quilómetros antes de entrarem na órbita do cometa 67P em agosto de 2014.

Atingida a órbita, o módulo de aterragem separou-se da nave a 12 de novembro de 2014 e pousou no cometa Churyumov-Gerasimenko, tornando-se o primeiro objeto artificial e controlado a pousar na superfície de um cometa.

O Philae funcionou durante 60 horas a enviar dados recolhidos, mas estando privado de luz solar, entrou em hibernação até junho de 2015, quando teve a bateria recarregada pelo sol e enviou uma mensagem de dois minutos via Rosetta.

O módulo deixou de dar sinais a 9 de julho de 2015 e os cientistas consideraram ter passado a um estado hibernação eterna, mas a ESS ainda não tinha sido desligada, caso as comunicações voltassem a ser possíveis.

O Philae tinha uma conta no Twitter e um desenho animado dedicados a si, seguidos por públicos de todas as idades.

Os cientistas convidam os fãs da missão a enviarem uma mensagem de despedida, utilizando a hashtag #GoodbyePhilae.

“Toda a gente envolvida fica extremamente triste, com certeza, mas muito orgulhosa por tudo o que foi feito nesta missão especial”, disse McCaughrean, assegurando que os dados enviados por Philae e Rosetta constituem trabalho de análise por vários anos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Que venha praga que limpe esta merda de gente." PAN repudia declarações de ex-dirigente

A publicação de uma ex-dirigente do PAN no Facebook está a gerar uma onda de revolta e já levou o Partido Pessoas Animais Natureza a "repudiar" o seu conteúdo. Em causa está o desabafo "que …

Há escolas fechadas neste início de ano letivo e o problema é o mesmo: falta de funcionários

No arranque do ano letivo, há escolas encerradas no país. O Governo garante que haverá novos funcionários nas escolas ainda durante o mês de setembro.  Segundo avança a Rádio Renascença na manhã desta segunda-feira, há escolas …

Maternidade Alfredo da Costa fechou Urgência este domingo. Faltam anestesistas

No dia em que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) faz 40 anos, a emblemática Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, ficou com a porta da Urgência fechada durante a madrugada e toda a …

"Jojo Rabbit" vence prémio do público do Festival Internacional de Cinema de Toronto

O filme "Jojo Rabbit" venceu no domingo o prémio do público do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF), tornando-se assim um forte candidato a vencedor dos Óscares deste ano. O filme do realizador neozelandês Taika …

Dívida da Assistência na Doença aos Militares ascende a quase 95 milhões de euros

A dívida da Assistência na Doença aos Militares (ADM), gerida pelo Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), ascende a quase 95 milhões de euros, valor que representa um aumento de 5,5% face aos …

Portugal conquista três medalhas na Taça do Mundo de ginástica acrobática

Portugal conquistou no domingo três medalhas, uma de ouro e duas de prata, no último dia da Taça do Mundo de ginástica acrobática. Esta prova antecede o Europeu, que acontecerá entre 30 de Outubro e …

"Nesta legislatura, andámos a recuperar aquilo que tinha sido destruído"

O secretário-geral do PS, António Costa, promete que, na próxima legislatura, o partido vai "fazer o avanço de que o SNS precisa". O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu este domingo que quem quer a …

De esquiador a vencedor da Vuelta, Roglic pedalou para entrar na história

O esloveno Primoz Roglic, da Jumbo-Visma, confirmou este domingo a vitória da Volta à Espanha na sua estreia na competição. O pódio ficou completo com Alejandro Valverde e Tadej Pogacar, respetivamente. O holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick …

CDS quer estatuto de benefícios fiscais para o interior

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, disse hoje em Viseu que o interior deve ter um estatuto de benefícios fiscais, com reduções no IRS, no IRC ou nas portagens. "Temos uma proposta muito forte para o …

Jerónimo responde com sorriso à tese do voto útil do Bloco

O Bloco diz que o voto útil é no BE, contra a maioria absoluta. Jerónimo de Sousa, questionado sobre o que pensa da afirmação de Catarina Martins, respondeu: "Não acho nem deixo de achar. O …