China com três casos nas últimas 24 horas. Mais 1200 mortos no Brasil

ato.84 / Canva

A China registou até agora 83.046 infetados com SARS-CoV-2

A China diagnosticou três casos de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciaram hoje as autoridades. No mesmo período, os EUA registam 819 mortos e o Brasil voltou a ultrapassar a barreira dos mil óbitos devido à covid-19.

As autoridades de saúde acrescentaram que seis pacientes receberam alta nas últimas 24 horas. O número de casos ativos fixou-se em 55. Segundo a Comissão de Saúde da China, os três novos casos são oriundos do exterior e foram detetados na região da Mongólia Interior e na cidade de Tianjin.

A China proíbe a entrada de cidadãos estrangeiros, incluindo residentes, desde 28 de março, pelo que a maioria dos casos “importados” são chineses que regressam ao seu país.

De acordo com os dados oficiais, desde o início da pandemia, a China registou 83.046 infetados e 4.634 mortos devido à covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Até ao momento, 78.357 pessoas tiveram alta.

As autoridades chinesas referiram que 747.680 pessoas que tiveram contacto próximo com infetados estiveram sob vigilância médica, 2.892 das quais permanecem sob observação.

 

EUA registam 819 mortos

Os Estados Unidos registaram 819 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total para 111.750 mil óbitos desde o início da pandemia, segundo a contagem realizada pela Universidade Johns Hopkins.

De acordo com os números contabilizados diariamente pela Universidade Johns Hopkins, sediada em Baltimore (leste), até às 20:30 de terça-feira (01:30 de hoje em Lisboa) os Estados Unidos registam agora 1.977.007 de casos de contágio, sendo que cerca de 518 mil pessoas foram dadas como curadas.

Os Estados Unidos começaram a ultrapassar a barreira de 500 mortes diárias no final de março, até registar mais de 3.000 mortes em 24 horas em meados de abril. Nas últimas duas semanas, os relatórios diários caíram regularmente abaixo de 1.000 mortos. Contudo, o país continua a registar cerca de 20.000 novos casos diariamente.

 

Sebastião Moreira / Lusa

Brasil volta a ultrapassar os mil mortos

O Brasil voltou hoje a ultrapassar a barreira dos mil mortos diários pela covid-19, tendo registado 1.272 óbitos e 32.091 infetados nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados hoje pelo executivo brasileiro.

No total, o país sul-americano totaliza 38.406 vítimas mortais e 739.503 casos confirmados desde o início da pandemia, registada oficialmente no Brasil no final de fevereiro.

De acordo com a tutela da Saúde, a letalidade da covid-19 no país está hoje em 5,2%, sendo que o Brasil registou até ao momento a recuperação de 311.064 pacientes infetados.

Após vários dias a omitir os dados acumulados desde o início da pandemia, o Governo brasileiro, liderado pelo Presidente Jair Bolsonaro, voltou hoje a divulgar os números acumulados e os índices proporcionais dos contágios e mortes em decorrência do novo coronavírus.

Nos últimos dias, o Ministério da Saúde apenas divulgou os óbitos e infetados confirmados nas 24 horas anteriores, situação que causou protestos em diferentes setores, que acusaram o Governo brasileiro de dificultar o acesso à informação.

Face a divulgação parcial dos números, O Supremo Tribunal Federal do Brasil determinou na segunda-feira que o Ministério da Saúde retomasse a divulgação dos dados acumulados da pandemia de covid-19 no prazo de 48 horas, contrariando a decisão do Governo.

 

Novos casos sobem na Bélgica para 132

O número de novos casos de covid-19 aumentou na Bélgica para os 132 e o de mortes diminuiu, segundo dados oficiais hoje divulgados. De acordo com o boletim epidemiológico desta quarta-feira, foram registados nas últimas 24 horas mais 43 novos casos face aos 89 divulgados na terça-feira, para um total de 59.469.

Também nas últimas 24 horas, foram reportadas 10 mortes (menos três do que no dia anterior), o que totaliza 9.629 óbitos suspeitos ou confirmados de coronavírus SARS-CoV-2. Nas últimas 24 horas, foram hospitalizadas 24 pessoas, (17.517) e 68 tiveram alta hospitalar (16.392 no total).

Entre o início de março e 09 de junho foram realizados 613.631 testes na Bélgica.

 

408 mil mortos, 7,1 milhões de infetados

A pandemia de covid-19 já provocou quase 408 mil mortos e infetou mais de 7,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou a ser o que tem mais casos confirmados, embora com menos mortes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços 3-2 Porto | “Castor” épico tomba “dragão” com pés de pau

Surpresa na Capital do Móvel. O campeão nacional FC Porto foi a Paços de Ferreira averbar a segunda derrota nesta Liga NOS, saindo com um resultado desfavorável de 3-2. Num terreno tradicionalmente difícil – os “dragões” …

Teoria da Relatividade de Einstein observada em estrelas distantes

O que é que Albert Einstein, o GPS e um par de estrelas a 29.000 anos-luz da Terra têm em comum? A resposta é um efeito da Teoria Geral da Relatividade de Einstein chamado "desvio gravitacional …

Encontrada possível localização do gigante Snow Cruiser. Está perdido na Antártida há 60 anos

O Snow Cruiser era um veículo de exploração enorme enviado ao Pólo Sul em 1939 que ficou preso após desembarcar na Antártida e foi abandonado alguns anos depois. Redescoberto sob vários metros de neve e gelo …

Mbappé tem uma "mancha" na Liga dos Campeões

Números invulgares do avançado do PSG, que em 2020 ainda não marcou qualquer golo no torneio europeu. Pires e Rami falaram sobre o seu futuro. Kylian Mbappé. Visto por muita gente como o melhor avançado do …

Administração de Nixon recebeu um Nobel por um cessar-fogo que não existiu

O prémio Nobel da Paz foi atribuído em 1973 ao secretário de Estado da Administração de Richard Nixon, e seu assessor de segurança nacional, Henry Kissinger, e ao político vietnamita Le Duc Tho. As duas personalidades foram …

Cidade usa satélite para medir poluição luminosa (e os candeeiros de rua não são o maior problema)

As cidades do mundo desperdiçam uma grande quantidade de eletricidade - e dinheiro - ao deixar ligadas luzes brilhantes durante a noite toda. Porém, os candeeiros de rua não são os maiores culpados. Uma experiência de …

Prevenir uma futura pandemia pode estar dependente de apenas três medidas (e podem ser aplicadas já)

Até 70% das doenças infecciosas que surgiram nos humanos nos últimos 30 anos tiveram origem em animais e foram causadas por patogénicos originados em animais domésticos ou selvagens. Agora, um relatório lança aos princípios básicos …

"Não se torne um fantasma real". Coreia do Sul teme aumento de casos devido ao Halloween

A Coreia do Sul teme que as festividades do Halloween levem a um aumento de casos de covid-19 no país. Assim, para evitar que tal aconteça, investiram numa campanha de informação pública para apelar aos …

Trump Jr. diz que as mortes por covid-19 se reduziram a "quase nada". Têm morrido 1.000 pessoas por dia

Donald Trump Jr., o filho mais velho do Presidente norte-americano, afirmou esta quinta-feira que a taxa de mortalidade por covid-19 caiu para "quase nada nos Estados Unidos", num dia em que o país registou quase …

Agentes russos terão oferecido a ajuda de 10 mil soldados aos separatistas catalães

Alegados agentes russos terão oferecido à Catalunha a ajuda de 10 mil soldados durante a sua tentativa de independência da Espanha, em 2017, relataram na quarta-feira meios de comunicação espanhóis e europeus. As denúncias baseiam-se em …