China assume erro. Em Wuhan, houve mais 50% de óbitos do que o reportado

Angelo Carconi / EPA

O número de mortes em Wuhan, cidade chinesa onde começou a pandemia do novo coronavírus, é 50% maior do que inicialmente reportado pelas autoridades do país.

O Governo da China admitiu numa publicação nas redes sociais, citada pela AFP, que a contagem das vítimas mortais estava errada. A China acrescentou 1.290 mortes à contagem inicial, aumentado o valor total para 3.869.

Com a retificação dos números, a China tem agora registadas 4.632 vítimas mortais de covid-19, mais 39% do que na primeira contagem oficial.

De acordo com o Diário de Notícias, o governo chinês explicou que os números iniciais foram “relatados por engano” e que outros ficaram esquecidos e não chegaram a ser registados devido à turbulência dos primeiros tempos em que o país tentava gerir um vírus novo.

As autoridades de saúde de Wuhan explicaram que entre os motivos para que estas mortes não tivessem sido contabilizadas pode ter estado o facto de a equipa médica estar sobrecarregada nos primeiros dias do surto o que terá levado a “relatórios tardios, omissões ou informações incorretas”.

Wuhan tem 11 milhões de residentes e esteve 11 semanas em quarentena.

A correção da contagem acontece dois dias depois de uma investigação da Associated Press revelar que o país demorou seis dias para alertar a população sobre o surto.

Recentemente, vários líderes mundiais – com Donald Trump a liderar – sugeriram que a China não foi completamente honesta quando reportou o real impacto do vírus no país.

Também o Reino Unido e a França duvidam da transparência do governo chinês. O secretário de Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, vice do primeiro-ministro Boris Johnson, que ainda está a recuperar depois de ter contraído a doença, disse que haverá “perguntas difíceis” a fazer a Pequim.

Em declarações ao Financial Times, o presidente francês, Emmanuel Macron, disse que seria “ingénuo” pensar que a China geriu bem a pandemia. “Há claramente coisas que aconteceram e que não sabemos”, disse.

Na quinta-feira, o governo chinês negou que o novo coronavírus tenha tido origem num laboratório perto da cidade de Wuhan, onde amostras de doenças contagiosas estão armazenadas.

A pandemia de covid-19 já causou mais de 145 mil mortes e infetou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 465 mil doentes foram considerados curados.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Aquilo que eu já tinha dito e que me criticaram fortemente, como se vê tinha razão.E tambem se prova nos numeros de telefone desaparecidos dos quais duvidei e que tambem um expert me criticou, agora responda a isto chico experto.

    • Está falando dos números de telefone que foram cancelados (ou “desaparecidos”)? Isso não quer dizer nada, geralmente quando a pessoa morre o número de telefone continua ativo por um tempo, a não ser que alguém peça para cancelar ou depois de um tempo por falta de pagamento seja desligado pela companhia. Nesse caso aí houve diminuição de números em pouco tempo, não é possível que a companhia saiba quem morreu e desligue milhões de linhas em poucos dias. Se a morte estevisse sendo ocultada pelo governo, nem a companhia saberia.

  2. E qual foi a razão de a China prender vários médicos quando quiseram alertar o mundo, de irem a apartamentos e soldar as portas para as pessoas infectadas não saírem, proibir reportagem do que se estava a passar, que muitos desapareceram, devem estar presos, proibir os EUA de fazer investigação do que se estava a passar visto que WHO estão controlados por eles, quando Hong Kong dizia que os números andavam nos 80000 e não como me tian e diziam so 5000, o mundo está infectado porque China é aquilo que é. Só apoia a China quem está a ser pago por eles, suporta corrupção, escravatura, e não tem noção que existem vários animais que não devem ser para consumo. Sobre inteligência paresse ser um ponto forte que tentam transmitir, vamos ver, derivado a poluição do país, estão a perder 30%, todo o que fazem é copiado.

Responder a sn Cancelar resposta

Apareceu um terceiro monólito metálico. Agora, foi numa montanha da Califórnia

Um monólito metálico, semelhante aos encontrados há pouco tempo no deserto de Utah, nos Estados Unidos, e na cidade romena de Piatra Neamt, surgiu agora no estado norte-americano da Califórnia. A estrutura foi encontra na …

AEK 2 - 4 Braga | “Guerreiros” saqueiam Atenas e apuram-se

O SC de Braga garantiu esta quinta-feira o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa. Os minhotos foram à Grécia bater o AEK por 4-2, graças a uma exibição personalizada, num jogo em que …

Ciclone mortal deixou uma praia da Índia coberta de ouro

Centenas de pescadores, mulheres e crianças no distrito de East Godavari, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, passaram o fim de semana a vasculhar a praia local em busca de ouro. Após o …

O Flamengo de Jorge Jesus foi "um mero acidente de percurso"

2019 foi uma exceção para a equipa brasileira que, depois de ter vencido (quase) tudo, neste ano já foi afastado da Taça do Brasil e da Libertadores: "O português foi embora e com ele toda …

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …