Há 21 portugueses feridos em Bruxelas. Suspeito continua em fuga

O terceiro suspeito de ter participado nos ataques à capital belga continua a monte, não sendo a pessoa que foi detida esta quarta-feira em Anderlecht.

A informação avançada inicialmente pelos media belgas está agora a ser desmentida por vários jornais, pelo que o homem detido em Anderlecht não será Najim Laachraoui.

O suspeito que já tinha sido considerado como o cúmplice de Salah Abdeslam foi como identificado como o terceiro homem da imagem capturada pela câmara de videovigilância do aeroporto de Zaventem.

O suspeito de 24 anos, mais conhecido pelo nome falso de Soufiane Kayal, já era procurado pela polícia depois do seu ADN ter sido encontrado numa casa usada pelos terroristas do atentado de Paris.

O procurador belga Frédéric Van Leew deu esta manhã uma conferência de imprensa, na qual confirmou que o homem de chapéu ainda está fugido, avança a BBC.

O responsável admite que os irmãos Khalid e Ibrahim El Bakraoui, de 27 e 30 anos, se tenham feito explodir em sítios diferentes, isto é, um no aeroporto e outro no metro.

Ibrahim El Bakraoui (ao centro na fotografia) fez-se explodir em Zaventem. O segundo bombista suicida (à esquerda) ainda não foi identificado.

Segundo o procurador, Laachraoui era quem tinha a maior carga de explosivos. A mala que continha esses explosivos foi abandonada no aeroporto e não foi detonada.

Antes, às 12 horas locais (11 na hora portuguesa), cumpriu-se um minuto de silêncio pelas vítimas no interior da Comissão Europeia. No exterior, na praça Schuman, centenas de pessoas juntaram-se com o mesmo propósito.

Segundo os novos dados oficiais, as três explosões provocaram, para já, 31 mortos e cerca de 261 feridos. O aeroporto de Zaventem vai continuar encerrado até quinta-feira.

De acordo com o Diário de Notícias, pelo menos 21 cidadãos com passaporte português ficaram feridos nos ataques de ontem. A informação foi avançada à agência Lusa pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

Entretanto, o jogo entre as seleções portuguesa e belga, que estava marcado para dia 29, foi cancelado por razões de segurança e vai ser disputado em Leiria.

De acordo com o comunicado da Federação Portuguesa de Futebol, a decisão foi tomada em conjunto com as autoridades belgas e a Real Federação de Futebol da Bélgica.

“As duas federações e as equipas técnicas de Portugal e Bélgica acordaram disputar um jogo de preparação em Leiria, no próximo dia 29 de março, pelas 19h45”, pode ler-se.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O governo portugues e a federaçao de futebol conseguem garantir que Leiria é uma cidade segura? Gostaria muito de assistir ao jogo no estádio.

RESPONDER

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …

Mais de 600 anos depois, encontram-se (várias) semelhanças entre a covid-19 e a peste negra

Numa altura em que o vírus da covid-19 se tem espalhado por todo o mundo, as comparações com outras doenças pandémicas são inevitáveis. Um exemplo disso foi a peste negra que em 1348 fez com …

Nacionalista apoiado pela Turquia eleito Presidente de Chipre do Norte

O nacionalista Ersin Tatar, apoiado pela Turquia, foi no domingo eleito "Presidente" da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte (RTCN), numa vitória surpreendente face ao dirigente cessante, Mustafa Akinci, anunciou o conselho eleitoral. Com 51,74% …

China alerta que detectou coronavírus vivo numa embalagem de comida congelada

O Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças da China alerta que detectou amostras vivas do novo coronavírus em embalagens de comida congelada, pelo que estas podem ser um veículo de contágio. Já tinham sido …

Marcelo está a fazer o que a ministra da Saúde “devia ter feito”, critica Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, criticou esta segunda-feira a ministra da Saúde, Marta Temido, e elogiou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, por ter decidido reunir com representantes de várias …