Candidatos republicanos unem-se em acordo sem precedentes para derrubar Trump

donkeyhotey / Flickr

Os candidatos republicanos John Kasich, Donald Trump e Ted Cruz, por Donkey Hotey

Os candidatos republicanos John Kasich, Donald Trump e Ted Cruz, por Donkey Hotey

Os candidatos republicanos Ted Cruz e John Kasich anunciaram um acordo para deter o avanço da candidatura do milionário Donald Trump, líder na corrida eleitoral que vai escolher o representante do Partido Republicano nas eleições presidenciais dos Estados Unidos em novembro deste ano.

O acordo, sem precedentes na história eleitoral norte-americana, consiste em ceder um ao outro os estados que ainda vão eleger delegados do partido e, assim, ganhar energia para a convenção nacional do Partido Republicano, marcada para 18 de julho, em Cleveland, Ohio.

Segundo o acordo, a campanha do candidato Ted Cruz, que é senador pelo Texas, vai concentrar tempo e recursos em Indiana, em 3 de maio, e deixar o caminho livre para o candidato John Kasich, governador de Ohio, fazer comícios e ganhar eleitores nos estados de Oregon e Novo México, em 17 de maio e 7 de junho, respectivamente.

Ao anunciar o entendimento, este domingo, o coordenador da campanha de Ted Cruz, Jeff Roe, declarou que o acordo visa “garantir um candidato que unifique o Partido Republicano”.

Em comunicado distribuído aos jornalistas, o coordenador da campanha de Kasich, John Weaver, disse estar “muito confiante” com a perspectiva de ganhar delegados nos estados previstos pelo acordo.

“Vamos concentrar o nosso tempo e recursos no Novo México e Oregon”, disse Weaver.

Sondagens

O anúncio do acordo foi feito uma semana depois da vitória de Donald Trump nas eleições primárias de Nova York.

Trump conquistou 89 dos 95 delegados em disputa, o que significa um cenário dramático para Cruz e para Kasich na convenção nacional republicana.

Para ganhar a convenção, o candidato republicano precisa do apoio de 1.237 delegados. Trump tem neste momento 845 delegados eleitos, contra 559 de Cruz e 148 de Kasich.

Ao anunciar o acordo, Cruz e Kasich não mencionaram as sondagens mais recentes sobre as intenções de voto dos republicanos, que dão vitória a Donald Trump na Pensilvânia, um dos cinco estados que realizam primárias esta terça-feira.

Os outros são Connecticut, Delaware, Maryland e Rhode Island.

Segundo as sondagems da cadeia de televisão NBC News, do jornal Wall Street Journal e do instituto Marist, Donald Trump tem o apoio, na Pensilvânia, de 45% do eleitorado, enquanto Ted Cruz e John Kasich estão, respectivamente, com 27% e 24%.

A reacção de Donald Trump

A campanha de Donald Trump divulgou esta manhã um comunicado sobre o acordo de “troca de estados” de Cruz e Kasich.

“É triste que dois políticos adultos estejam a conspirar contra uma pessoa que só tem sido um político por dez meses, a fim de tentar impedir essa pessoa de obter a nomeação republicana”.

O acordo pode reacender as críticas de Trump à burocracia do Partido Republicano.

De acordo com o candidato, o partido tem adoptado uma série de medidas burocráticas visando “manipular” as eleições primárias, com o objevtivo de beneficiar Cruz e Kasich, candidatos alegadamente preferidos pela cúpula partidária.

Os coordenadores do Partido Republicano têm negado com insistência as acusações de Trump.

ZAP / ABr

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sim. Na tua Venezuela é que se vive bem. Agora até falam em não trabalhar um dia por semana para poupar energia. Vai para lá e não voltes.

    • Fala-se dos EUA e vem este pobre coitado falar da Venezuela!
      É triste quando não de tem noção do ridículo!…
      Se não tinhas nada útil para a acrescentar ou não tens sequer capacidade ou cultura suficiente para comentar a noticia, remetias-te ao silencio e escusavas de expor publicamente tua notória palermice!

    • Fala-se dos EUA e vem este pobre coitado falar da Venezuela!
      Podes ir indo para lá!…
      Se não tinhas nada útil para a acrescentar ou não tens sequer capacidade ou cultura suficiente para comentar a noticia, remetias-te ao silencio e escusavas de expor publicamente tua notória lerdeza!

RESPONDER

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …

Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público. A Ilha Sipson é propriedade privada desde …