Califórnia legaliza morte assistida

thebrittanyfund.org

A americana Brittany Maynard, que sofria de um cancro no cérebro, cumpriu a sua promessa e morreu por suicídio assistido

A americana Brittany Maynard, que sofria de um cancro no cérebro, mudou-se da Califórnia para o Oregon para morrer por suicídio assistido

O senado da Califórnia aprovou na sexta-feira à noite uma lei que permite que os doentes terminais recebam ajuda médica para morrer, estando a legalização da iniciativa dependente da assinatura do governador Jerry Brown.

A proposta, que tem levantado uma ampla discussão nos Estados Unidos, foi aprovada na quarta-feira na câmara baixa com os votos a favor de 43 parlamentares, contra de 34, e na sexta-feira, já sábado em Lisboa, conseguiu 23 votos a favor e 14 contra no senado californiano, aguardando agora a assinatura do governador democrata para passar a ser lei.

O movimento a favor da morte assistida, que autoriza o pessoal médico a proporcionar aos doentes terminais uma medicação que ajuda a pôr fim à vida, recebeu um novo impulso depois do caso Maynard, em novembro do ano passado.

Brittany Maynard, uma jovem enfermeira de 29 anos, teve que se mudar da Califórnia para o estado norte-americano do Oregon, para ter a atenção médica de que necessitava para morrer.

A jovem tinha sido diagnosticada com cancro cerebral nesse mesmo ano, estando já em fase terminal.

Maynard, que decidiu criar uma plataforma para arrecadar fundos para os que defendem o direito à morte digna, dedicou os seus últimos dias de vida a cumprir uma lista de desejos e aventuras que queria fazer antes de morrer.

Brittany Maynard acabou por colocar termo à vida por suicídio assistido no dia 1 de novembro de 2014, na sua casa no Oregon, longe da Califórnia que a viu nascer.

A Lei ‘Morte com Dignidade’, que entrou em vigor em 1997 no Oregon, ajudou desde então 70 pessoas morrer.

Em Washington existe desde 2008, e em Vermont desde o ano passado.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …