“Adeus, mundo”: americana com cancro terminal realiza suicídio assistido

thebrittanyfund.org

Brittany Maynard

Brittany Maynard

A americana Brittany Maynard, que sofria de um cancro no cérebro, cumpriu a sua promessa e morreu por suicídio assistido no sábado, dia 1 de novembro, na sua casa no Oregon, nos Estados Unidos, de acordo com o grupo Compassion and Choices.

“É com pesar que anunciamos a morte da querida e incrível mulher Brittany Maynard.  Brittany morreu em paz na sua cama, rodeada pela sua família e entes queridos”, disse o comunicado da ONG.

Após descobrir que tinha um tumor maligno no cérebro, a jovem de 29 anos mudou-se para o Oregon para beneficiar da lei do Estado que permite o suicídio assistido.

No início da semana, Brittany tinha divulgado uma mensagem em que ponderava adiar a sua decisão de morrer, mas isso acabou por não acontecer.

“Adeus a todos os meus queridos amigos e família que eu amo”, escreveu na sua conta do Facebook.

“Hoje é o dia que eu escolhi para morrer com dignidade por causa da minha doença terminal, esse terrível cancro no cérebro que levou tanto de mim … mas que poderia ter levado muito mais”, escreveu a jovem, segundo a revista Time.

“Adeus mundo”

“O mundo é um lugar bonito, viajar tem sido a minha forma de aprendizagem… Agora, enquanto escrevo, tenho uma corrente de apoio à volta da minha cama … Adeus, mundo. Espalhem boas energias. Retribuam!”.

Maynard, que decidiu criar uma plataforma para arrecadar fundos para aqueles que defendem o direito à morte digna, dedicou os seus últimos dias de vida a cumprir uma lista de desejos e aventuras que queria fazer antes de morrer.

“Ela era uma viajante aventureira e bem-sucedida que passou muitos meses a viver sozinha e a dar aulas em orfanatos em Katmandu, no Nepal”, diz um obituário da jovem divulgado no site The Brittany Fund e reproduzido pela organização que a assistiu, a Compassion and Choices.

“Essa experiência mudou para sempre a sua perspectiva em relação à infância, felicidade, privilégio e resultados. Ela adorou o seu período no Vietname, Camboja, Laos, Singapura e Tailândia. Passou um verão a trabalhar na Costa Rica e viajou para a Tanzânia, onde subiu o Kilimanjaro com uma amiga antes do seu casamento.”

“Brittany teve aulas de escalada em Cayambe e Cotopaxi, no Equador, e era uma ávida mergulhadora, que experimentou as Galápagos, Zanzibar, Ilhas Cayman e basicamente todas as ilhas que visitou.”

Alguns dias antes de desistir da data prevista para sua morte, Brittany realizou o sonho de visitar o Grand Canyon com a sua família.
“Tive a oportunidade de desfrutar o meu tempo com as coisas que mais amo na vida: minha família e a natureza”, afirmou a jovem em seu blog.

Debate

A história da menina ficou conhecida por um vídeo colocado no YouTube e visto por milhões de pessoas.

No vídeo, Brittany explica que tomaria remédios prescritos por um médico para morrer no quarto que dividia com o marido, na companhia de entes queridos e ouvindo a música que escolheria. Evitaria, assim, as piores fases de sua doença.

A história de Maynard reacendeu o debate sobre a eutanásia nos Estados Unidos.

Maynard escolheu o dia 1 de novembro, dois dias após o aniversário do seu marido, Dan Diaz, para morrer.

Recém-casados, ela e o seu marido mudaram-se da Califórnia para Oregon, um dos cinco Estados dos EUA onde o suicídio assistido por médicos é permitido.

Só neste Estado, 750 pessoas foram beneficiadas com esta lei, aprovada em 1998, e morreram com a ajuda de um médico desde então.

Num dos últimos textos que escreveu, Maynard disse que o seu sonho é que todos os americanos que sofram de doença terminal possam morrer da forma como preferirem.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Erro clínico. Centenas de hóspedes em quarentena em hotel da Austrália vão ter de fazer teste ao VIH

Centenas de pessoas que estiveram em quarentena no hotel Victoria, na Austrália, vão ter de fazer o teste de doenças transmitidas pelo sangue, incluindo VIH, devido a um erro dos profissionais de saúde daquele local …

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …