“Caça aos ovos” agrava crise provocada pela pandemia em Myanmar

Em Myanmar, além da crise sanitária provocada pela pandemia de covid-19, faz-se sentir uma verdadeira “crise de ovos”. 

A variante Delta está em rápida expansão no Sudoeste Asiático. Em Myanmar, o cenário é ainda mais negro: o regime militar ocupou hospitais, deteve profissionais de saúde e muitos funcionários deste setor abandonaram o emprego em resistência à nova junta.

O surto se covid-19 no país atingiu um sistema de saúde já debilitado e em queda livre, provocando uma onda de procura por oxigénio. E não só.

Segundo a Vice, a procura por ovos de galinha aumentou acentuadamente numa altura em que a indústria já estava sobrecarregada. Os preços aumentaram e a oferta diminuiu substancialmente.

“As pessoas estão a comprar ovos à pressa porque há muitas publicações nas redes sociais a afirmar que comer ovos pode melhorar o sistema imunitário e ajudar a prevenir a covid-19″, explicou um vendedor.

Como o preço deste bem alimentar duplicou, o Ministério da Saúde dos militares foi forçado a publicar uma lista de alimentos com nutrientes que poderiam substituir os ovos.

De acordo com a Vice, uma “tempestade perfeita” de fatores fez com que o fornecimento de ovos caísse e os custos operacionais aumentassem, enquanto o recente boom da procura de ovos durante a terceira e pior vaga da pandemia empurrou a indústria para um ponto de rutura.

A economia de Myanmar depende fortemente da agricultura. Mesmo antes do golpe militar, a indústria dos ovos encontrava-se já numa situação muito difícil.

As perturbações induzidas pela pandemia no fluxo de mercadorias pioraram ainda mais a situação. Um estudo, publicado na Agricultural Studies em fevereiro, concluiu que um décimo das explorações de ovos tinha encerrado até junho de 2020 e que 42% dos trabalhadores das explorações tinham perdido os seus empregos a longo prazo.

O preço dos alimentos para galinhas, que são maioritariamente importados de conglomerados internacionais, também tem vindo a subir constantemente desde março, à medida que a moeda local, o kyat, desvaloriza.

Para os cidadãos incapazes de pagar por uma alimentação nutritiva em Myanmar, a crise dos ovos tem implicações potencialmente graves.

Mesmo antes da pandemia, estima-se que 60% dos agregados familiares no país não conseguiam pagar uma dieta nutritiva, de acordo com o Programa Alimentar Mundial (PAM), que constatou que, no final de 2020, 80% dos agregados tinham perdido quase metade dos seus rendimentos durante a pandemia de covid-19.

Em abril, o PAM avisou que, para além dos 2,8 milhões de pessoas consideradas inseguras antes do golpe militar, mais 3,4 milhões enfrentariam a fome nos seis meses seguintes.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A "Capela Sistina" está a chegar aos EUA (e vai ser possível ver de perto os frescos de Michelangelo)

A famosa Capela Sistina de Michelangelo está a chegar a várias cidades dos Estados Unidos, graças a reproduções de alta resolução, quase em escala real, dos famosos quadros do artista. Michelangelo’s Sistine Chapel: The Exhibition é …

Há uma nova Barbie inspirada na cientista que criou uma das vacinas contra a covid-19. Mas não é a única

Sarah Gilbert, uma das cientistas que desenvolveu a vacina britânica contra a covid-19, juntou-se a Beyoncé, Marilyn Monroe e Eleanor Roosevelt — há uma Barbie que foi inspirada em si. Sarah Gilbert, professora da Universidade de …

Bangladesh. Trabalhadores retornam às confeções, apesar do recorde de mortes por covid-19

Centenas de milhares de trabalhadores regressaram às confeções em Bangladesh, após o governo permitir a sua reabertura, apesar do elevado número de mortes por covid-19. As autoridades ordenaram o encerramento de fábricas, escritórios, transportes e lojas …

Harry Kane falha jogo do Tottenham contra...o Manchester City

Nuno Espírito Santo ainda não conta com o avançado, que agora decidiu prolongar as suas férias. Foi recordado o caso de Steven Gerrard. Harry Kane estará a forçar a sua saída do Tottenham, clube que representa …

Bill e Melinda Gates oficializam divórcio sem divulgar partilha de bens

Um juiz do Tribunal Superior do condado de King, no estado norte-americano de Washington, assinou na terça-feira o decreto de dissolução do casamento de Bill e Melinda Gates, sem divulgar detalhes sobre como o casal …

Mais do que um robô de duas rodas. A mota Da Vinci DC100 equilibra-se sozinha

A empresa chinesa Da Vinci Dynamics revelou recentemente a DC100, uma mota elétrica com um amplo alcance, muitos recursos e a impressionante capacidade de se auto-equilibrar. O New Atlas escreve que a Da Vinci DC100 é …

Spartak 0 - 2 Benfica | Gaiola russa pequena demais para águia

O Benfica deu um passo importante, mas não decisivo, para chegar ao “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. No duelo de treinadores portugueses (Rui Vitória e Jorge Jesus), a formação “encarnada” foi …

Em Lisboa, há portas a mais de um metro do chão (e já foram motivo de picardia entre Medina e Rio)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse a Rui Rio para prosseguir com a "silly season" — época da parvoíce, em tradução livre. Em causa está uma publicação do líder do PSD sobre …

Crianças "raramente" são afetadas por sintomas prolongados da Covid-19

Apenas 4.4% das crianças que integraram o estudo manifestavam sintomas da doença quatro semanas após o diagnóstico. Investigadores encontraram uma relação entre os sintomas prolongados e a idade das crianças, já que a duração dos …

Incêndio em Loulé tem duas frentes ativas e levou 53 pessoas a sair de casa

O incêndio que deflagrou esta quarta-feira no concelho de Loulé está com duas frentes ativas em zona de mato e vegetação e já levou 53 pessoas de 30 habitações a sair de casa "por precaução", …