Boris Johnson prefere “morrer numa valeta” a ter que pedir novo adiamento do Brexit

Neil Hall / EPA

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse esta quinta-feira que prefere “morrer numa valeta” a ter que pedir a Bruxelas um novo adiamento do Brexit, agendado para o próximo 31 de outubro.

O líder conservador, que falava na tarda desta quinta-feira numa cerimónia com as forças armadas do Reino Unido, reiterou que pretende levar o cabo a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) até ao fim de outubro.

“Vou fazer tudo o que me for possível para nos tirar da União Europeia a 31 de outubro”, disse, citado pela revista Sábado, acrescentando que “se o povo pensa que [o Reino Unido] deve permanecer na UE depois dessa data, então, cabe ao povo decidir”.

Depois de considerar que o Brexit “não serve para absolutamente nada“, o chefe de Estado britânico disse que continuar na UE é “não é dar bom uso ao dinheiro público”.

Boris, que sucedeu a Theresa May, sempre defendeu a saída do Reino Unido na data estipulada. A melhor forma de unir o país, frisou, é “concluir o trabalho”, isto é, terminar a saída, seja esta com ou sem acordo com Bruxelas.

Prefiro morrer numa valeta do que ir a Bruxelas pedir um novo adiamento”, frisou.

O discurso do o primeiro-ministro surge depois de ter sofrido duas derrotas na Câmara dos Comuns: primeiro, Boris perdeu a maioria parlamentar, depois de um deputado conservador mudar de bancada; já nesta quarta-feira, a Câmara dos Comuns conseguiu aprovar um projeto de lei para travar uma saída sem acordo.

Já esta sexta-feira, o deputado do Partido Conservador britânico Jo Johnson, irmão de Boris Johnson e secretário de Estado das Universidades e da Ciência, que se opõe à chamada “saída dura”, apresentou a demissão dos cargos de deputado e de membro do Governo.

Johnson passou pelos Governos de David Cameron (como secretário de Estado no gabinete do primeiro-ministro) e de May, de que se viria a demitir em janeiro de 2018.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Toda a gente sabe quem é Boris: um mentiroso compulsivo com décadas de currículo e além disso, um milionário contratado por outros milionários para fazer do Reino Unido um paraíso fiscal para os grandes negócios deles. Algo que nunca poderá acontecer se o RU permanecer na UE ou tiver acordos com ela.

  2. Da UE acredito que sairão.
    A salvação deles é serem um paraíso fiscal. Eles têm várias ilhas com esse sistema. Os ingleses são burros com estas negociações vergonhosas e demoradas que descredibilizam o RU.
    De resto também são suficientemente inteligentes para saberem como se devem defender.
    Os trabalhistas não devem ser favoráveis a esta ideia.

  3. Se quer morrer na valeta isso é com ele. Jé teve uma série de derrotas . Não precisa de chegar a esse ponto. Vai-se embora e fica com o assunto resolvido.

RESPONDER

Cientistas "acordam" bactérias com 100 milhões de anos

Os micróbios e as bactérias estavam presentes em argilas enterradas no fundo do mar do oceano Pacífico e são apontados como os organismos vivos mais antigos do planeta Terra. Uma equipa de cientistas, dos Estados Unidos …

PSD e PS lesaram o Estado nos contratos dos aviões C-295 da Força Aérea

O Tribunal de Contas (TdC) concluiu que o Estado português perdeu 9,25 milhões de euros de compensação pelo incumprimento das contrapartidas na compra de 12 aviões C-295 à Airbus Defense and Space (ADS), num relatório …

Sob suspeita, Juan Carlos exila-se na República Dominicana (via Porto)

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, viajou este fim-de-semana para a República Dominicana, depois de decidir viver noutro país face à repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais. O destino …

É possível inativar o novo coronavírus no leite materno. Basta pasteurizá-lo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toronto e da Sinai Health, no Canadá, realizou uma pesquisa que comprovou que pasteurizar o leite materno inativa o vírus Sars-CoV-2. Uma nova investigação, cujo artigo científico foi recentemente …

Cientistas tornam a luz invisível visível pela primeira vez

Uma equipa de cientistas da Vrije Universiteit Brussel e de Harvard conseguiu, pela primeira vez, tornar visível a luz de campo próximo. Existem vários tipos de luz, alguns visíveis e outros invisíveis ao olho humano. Os …

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …