Câmara dos Lordes vota a favor de fazer avançar projeto de lei para travar Brexit sem acordo

Boris Johnson não tem descanso. Depois de o Parlamento ter aceite uma moção para assumir a iniciativa legislativa sobre o Brexit na segunda-feira, esta terça-feira, a proposta para travar Brexit sem acordo foi aceite as eleições antecipadas rejeitadas.

A Câmara dos Comuns do Reino Unido aprovou esta quarta-feira um projeto de lei que tem como objetivo impedir um Brexit sem acordo a 31 de outubro. A votação contabilizou 327 votos a favor e 299 contra, uma margem de 28 votos, no parlamento britânico.

Descontente com este projeto de lei, Boris Johnson apresentou uma proposta para convocar eleições antecipadas, que só poderia ser aprovada se tivesse o apoio de dois terços dos deputados da Câmara dos Comuns.

Porém, ao fim da noite de quarta-feira, o cenário foi mesmo confirmado. A proposta do primeiro-ministro britânico de organizar eleições antecipadas a 15 de outubro foi rejeitada na Câmara dos Comuns. Com 298 votos a favor e 56 contra, a iniciativa não obteve a maioria de dois terços dos deputados necessária para passar.

Em relação à proposta de lei, para que se torne lei para travar uma saída da União Europeia sem acordo teria que ser aprovada na Câmara dos Lordes. Depois de uma longa noite de debate, os Lordes concordaram em ter a proposta de lei pronta — com as emendas feitas — até sexta-feira às 17h00. Fica assim descartada a hipótese de obstrução.

Desta forma, segundo explica o jornal britânico The Guardian, o diploma pode baixar novamente à Câmara dos Comuns na segunda-feira e ser promulgada pela Rainha antes de esta sessão parlamentar ser suspensa.

A decisão foi tomada à 1h30 da manhã, depois de um longo debate, afastando a possibilidade de obstrução do processo que chegou a ser apontada depois de se saber que havia mais de 90 emendas propostas. Os Lordes comprometeram-se a continuar o debate esta quinta-feira e a ter as emendas aprovadas até sexta-feira.

A proposta de lei, que ficou conhecida como proposta Benn — por ter sido apresentada pelo trabalhista Hilary Benn —, pretende evitar uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo a 31 de outubro e adiará o Brexit para 31 de janeiro de 2020. O diploma foi aprovado esta quarta-feira na Câmara dos Comuns.

A próxima segunda-feira será o último dia desta sessão parlamentar no Reino Unido. A próxima sessão parlamentar só terá início a 14 de outubro, deixando pouco tempo para novas discussões ou propostas caso a data do Brexit se mantenha a 31 de outubro.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Dar à luz era mais fácil há 2 milhões de anos

Como humanos modernos, desenvolvemos a habilidade de caminhar em duas pernas e temos cérebros grandes. Estas características ajudam-nos a chegar à prateleira de cima e a resolver quebra-cabeças - mas vêm com um preço. As nossas …

Lotes de medicamentos para azia com possível carcinogénio retirados do mercado

O Infarmed ordenou este sábado a recolha e retirada imediata de uma série de lotes de medicamentos protetores gástricos contendo o princípio ativo ranitidina do mercado, depois de ter sido detetada a presença de uma …

Ator de Star Trek morre aos 50 anos

Aron Eisenberg, o Nog de Star Trek: Deep Space Nine, morreu este sábado, com apenas 50 anos. A causa de morte do ator ainda não foi revelada. Morreu Aron Eisenberg, ator que interpretou a personagem Nog, …

Mesmo que não beba, o seu fígado pode sofrer danos causados por álcool

A lesão hepática é uma das consequências bem conhecidas do consumo excessivo de álcool. Mas nem sempre é preciso beber para sofrer delas. Algumas bactérias intestinais produzem álcool e podem danificar o nosso fígado sem lhe …

Colisão gigante de asteróides no Espaço provocou um boom de vida na Terra

Os asteróides desempenharam um "papel divino" na história da vida na Terra. Um novo estudo sugere que um gigantesco boom de biodiversidade na Terra, há cerca de 470 milhões de anos, poderá ter acontecido devido …

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …