Boris Johnson diz que Governo tinha uma estratégia para lidar com a sua morte

O primeiro-ministro do Reino Unido revelou que a deterioração da sua saúde devido à covid-19, no início de abril, levou o Governo a delinear uma estratégia para lidar com a sua possível morte.

“Foi um momento muito duro, não vou negar. Havia uma estratégia para lidar com um cenário mortal”, afirmou Boris Johnson, numa entrevista publicada, este domingo, pelo jornal The Sun.

O chefe do Governo, de 55 anos, esteve três dias internado na unidade de cuidados intensivos do Hospital St. Thomas, em Londres, durante o qual os médicos administraram “litros e litros de oxigénio”, explicou o governante.

“Eu não estava numa forma particularmente brilhante e sabia que tinham sido delineados planos de contingência“, acrescentou o primeiro-ministro.

Johnson garantiu que, nos primeiros momentos, não interiorizou a gravidade do seu estado de saúde e recusou-se a ir ao hospital: “Não me pareceu uma boa ideia, mas foram bastante inflexíveis. Olhando para trás, fizeram a coisa certa em obrigar-me a ir”.

“Os malditos indicadores continuaram na direção errada e pensei: ‘Não há remédio para esta coisa, não há cura’. Naquele momento, pensei: ‘Como é que vou sair disto?'”, revelou ao tabloide britânico.

O primeiro-ministro contou que só tomou consciência da gravidade da situação quando foi transferido para a unidade de cuidados intensivos, onde foi tratado pelo enfermeiro português Luís Pitarma.

A 12 de abril, numa mensagem publicada no Twitter, Jonhson agradeceu ao português e a uma enfermeira da Nova Zelândia pelo tratamento que recebeu durante o internamento.

“Já parti o nariz, quebrei um dedo, o pulso, uma costela. Já parti quase tudo, em alguns casos várias vezes, mas nunca enfrentei algo tão sério quanto isto“, assumiu Johnson, naquela que foi a sua primeira entrevista desde que deixou o hospital.

Após duas semanas de convalescença na residência rural de Chequers, o primeiro-ministro regressou ao seu escritório em Downing Street, na semana passada, de onde está atualmente a trabalhar num roteiro para a redução das medidas de confinamento. Segundo o diário The Telegraph, Johnson deverá anunciar esse plano durante um discurso à nação no próximo domingo.

Homenagem aos médicos através do nome do filho

Na quarta-feira, Boris Johnson foi pai do sexto filho, fruto da relação com a sua noiva, Carrie Symonds. Este sábado foi anunciado que o primeiro-ministro decidiu homenagear os médicos que lhe salvaram a vida, dando o nome de dois deles ao recém-nascido.

O bebé chama-se Wilfred Lawrie Nicholas: Wilfred é uma alusão a um dos avôs do político, Lawrie a um avô de Symonds e Nicholas é, então, a homenagem aos dois médicos que o trataram, Nick Price e Nick Hart, explica o Observador.

Os dois médicos já reagiram à notícia, dando os parabéns ao primeiro-ministro e à noiva, e afirmando-se “honrados pelo reconhecimento”, aproveitando para agradecer à “incrível equipa de profissionais que trabalham no hospital Guy’s and St Thomas para garantir que cada paciente recebe os melhores cuidados”, cita também o Diário de Notícias.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 241 mil mortos e infetou cerca de 3,4 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …

Histórico: Filipe Albuquerque vence 24 Horas de Le Mans e sagra-se campeão mundial de LMP2

O português Filipe Albuquerque, da United Autosports, venceu este domingo as 24 Horas de Le Mans em automobilismo, na categoria LMP2, a segunda mais importante, e sagrou-se campeão mundial de resistência a uma corrida do …

Convenção do Chega chumba lista de André Ventura para a direção nacional

A proposta do presidente do Chega, André Ventura, para a direção nacional do partido foi hoje chumbada na convenção que decorre em Évora, ao não conseguir reunir os dois terços dos votos dos cerca de …

Portugal com mais 13 mortos e 552 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 13 mortos relacionados com a covid-19 e 552 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo os dados a DGS, a região …

TikTok anuncia acordo com Oracle e Walmart e adia proibição nos EUA

A aplicação TikTok, detida pela sociedade chinesa ByteDance e ameaçada de ser proibida nos Estados Unidos, anunciou este domingo um acordo de princípio com a Oracle, como parceiro tecnológico, e com a Walmart, em termos …

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …