Boris Johnson aconselha britânicos a perder peso para combater coronavírus

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse na segunda-feira que estava “muito acima do peso” quando foi hospitalizado com covid-19, em abril, numa altura em que o Governo lança uma campanha para reduzir as taxas de obesidade no país como parte da sua resposta à pandemia.

Citando uma pesquisa do órgão de saúde pública de Inglaterra, um documento do Governo britânico publicado segunda-feira avançou que existem agora “evidências consistentes” de que as pessoas acima do peso têm maior risco de hospitalização, maior probabilidade de entrar nos cuidados intensivos ou de morrer após contrair a covid-19, noticiou a Time.

De acordo com o documento, cerca de dois terços dos adultos no Reino Unido estão acima do peso e metade desse grupo é considerado obeso. O país tem o terceiro maior número de mortos no mundo por covid-19, tendo registando na segunda-feira quase 46 mil mortes relacionadas ao vírus.

“Quando entrei na UCI [Unidade de Cuidados Intensivos], quando estava muito doente, estava com excesso de peso”, disse Johnson num vídeo divulgado no Twitter para lançar a campanha. “Eu tenho apenas um metro e meio de altura, no máximo, e era muito gordo”, afirmou, acrescentando que, desde que recuperou da covid-19, começou a correr diariamente com o seu cão, tendo já perdido pelo menos 14 quilos.

O Governo do Reino Unido informou que a redução das taxas de obesidade – condição relacionada a doenças cardíacas, diabetes e cancro – ajudaria a diminuir a pressão sobre o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do país durante a pandemia.

As medidas anunciadas na segunda-feira incluem a expansão dos serviços de “controle de peso” do NHS, a proibição de publicidade de ‘fast-food’ na televisão e ‘online’ antes das 21:00, possíveis restrições na apresentação de produtos nas mercearias e legislação para exigir que grandes cadeias de restaurantes revelem as calorias nos seus menus.

Analistas britânicos expressaram surpresa por Johnson defender uma campanha nacional de perda de peso. Antes de se tornar primeiro-ministro, publicou várias artigos nos quais argumentava contra as políticas relacionadas à saúde estabelecidas pelos governos anteriores, alegando que essas interferiam demasiado nas decisões privadas das pessoas.

Enquanto concorria à liderança do Partido Conservador, em julho de 2019, Johnson criticou os impostos sobre alimentos açucarados, salgados e gordurosos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …