Boris Johnson aconselha britânicos a perder peso para combater coronavírus

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse na segunda-feira que estava “muito acima do peso” quando foi hospitalizado com covid-19, em abril, numa altura em que o Governo lança uma campanha para reduzir as taxas de obesidade no país como parte da sua resposta à pandemia.

Citando uma pesquisa do órgão de saúde pública de Inglaterra, um documento do Governo britânico publicado segunda-feira avançou que existem agora “evidências consistentes” de que as pessoas acima do peso têm maior risco de hospitalização, maior probabilidade de entrar nos cuidados intensivos ou de morrer após contrair a covid-19, noticiou a Time.

De acordo com o documento, cerca de dois terços dos adultos no Reino Unido estão acima do peso e metade desse grupo é considerado obeso. O país tem o terceiro maior número de mortos no mundo por covid-19, tendo registando na segunda-feira quase 46 mil mortes relacionadas ao vírus.

“Quando entrei na UCI [Unidade de Cuidados Intensivos], quando estava muito doente, estava com excesso de peso”, disse Johnson num vídeo divulgado no Twitter para lançar a campanha. “Eu tenho apenas um metro e meio de altura, no máximo, e era muito gordo”, afirmou, acrescentando que, desde que recuperou da covid-19, começou a correr diariamente com o seu cão, tendo já perdido pelo menos 14 quilos.

O Governo do Reino Unido informou que a redução das taxas de obesidade – condição relacionada a doenças cardíacas, diabetes e cancro – ajudaria a diminuir a pressão sobre o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do país durante a pandemia.

As medidas anunciadas na segunda-feira incluem a expansão dos serviços de “controle de peso” do NHS, a proibição de publicidade de ‘fast-food’ na televisão e ‘online’ antes das 21:00, possíveis restrições na apresentação de produtos nas mercearias e legislação para exigir que grandes cadeias de restaurantes revelem as calorias nos seus menus.

Analistas britânicos expressaram surpresa por Johnson defender uma campanha nacional de perda de peso. Antes de se tornar primeiro-ministro, publicou várias artigos nos quais argumentava contra as políticas relacionadas à saúde estabelecidas pelos governos anteriores, alegando que essas interferiam demasiado nas decisões privadas das pessoas.

Enquanto concorria à liderança do Partido Conservador, em julho de 2019, Johnson criticou os impostos sobre alimentos açucarados, salgados e gordurosos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ministério Público quer Jorge Jesus a testemunhar contra Rui Pinto

O Ministério Público (MP) quer que o treinador português Jorge Jesus testemunhe em tribunal contra o "pirata informático" Rui Pinto, que esta semana deixou a prisão domiciliária com a obrigação de se apresentar semanalmente à …

Guarda-redes do Atlético de Madrid já não escapa ao Sporting

O Sporting conseguiu, nas últimas horas, ultimar os detalhes do contrato que trará o guarda-redes espanhol António Adán para Alvalade. O jornal desportivo Record avança esta terça-feira que o contrato está a ser ultimado, adiantando que …

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro. Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que …

"Formiga do inferno." Descoberto fóssil preservado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de cientistas encontrou um fóssil preservado em âmbar que ilustra o exato momento em que uma formiga pré-histórica devora a sua presa. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente na Current Biology, …

Isabel dos Santos deixa administração da operadora angolana Unitel

A empresária angolana Isabel dos Santos anunciou esta terça-feira que vai deixar o seu lugar na administração da operadora de telecomunicações Unitel. “Após 20 anos dedicados à criação, ao desenvolvimento e ao sucesso da Unitel, optei …

Rússia regista primeira vacina contra coronavírus (e filha de Putin já a tomou)

A Rússia tornou-se esta terça-feira o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que uma das suas filhas já foi inoculada. "Esta manhã foi …

Golo de Bruno Fernandes põe Manchester United nas meias da Liga Europa

O Manchester United, com um golo de Bruno Fernandes, e o Inter de Milão apuraram-se hoje para as meias-finais da Liga Europa de futebol, depois de baterem Copenhaga, após prolongamento, e Bayer Leverkusen, respetivamente. Já no …

Marcelo devolve nova Lei do Mar ao Parlamento. Ana Paula Vitorino aplaude decisão

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, devolveu esta segunda-feira à Assembleia da República a nova Lei do Mar para que o Parlamento clarifique pontos específicos do diploma, assinalando que estão ressalvadas a soberania …

Inter de olho em Conceição para suceder a Antonio Conte

O Inter de Milão está de olho no técnico do FC Porto, Sérgio Conceição, para suceder a Antonio Conte num projeto a médio prazo do emblema italiano. De acordo com A Bola, o técnico dos …

Alguns humanos modernos carregam ADN de um ancestral arcaico e desconhecido

Uma nova análise genética sugere que diferentes ramos da árvore genealógica humana se cruzaram várias vezes durante a história e que alguns humanos modernos carregam ADN de um ancestral arcaico e desconhecido. A investigação foi …