Bolsonaro diz que o “pavor” em torno da pandemia mata mais do que a doença

O Presidente brasileiro lamentou ainda as mortes devido à covid-19 no país, mas frisou que “toda a gente morre um dia”.

Jair Bolsonaro disse, na noite desta quinta-feira, que o “pavor” em torno da pandemia de covid-19 mata mais pessoas do que o próprio coronavírus. “Morre muito mais gente de pavor, muitas vezes, do que do ato em si. O pavor também mata, leva ao stress, leva ao cansaço, a pessoa não dorme direito, fica sempre preocupada.”

A declaração foi dita pelo Presidente do Brasil numa transmissão em direto no Facebook, desvalorizando mais uma vez a pandemia de covid-19, no dia em que o país atingiu um novo recorde de mortos (1.188 óbitos).

Bolsonaro lamentou as mortes devido à covid-19 no país, que totalizou 20.047 óbitos na quinta-feira, mas frisou que “toda a gente morre um dia”.

A vida está aí. Nós vamos embora um dia. A gente lamenta mais uma vez a morte de todo o mundo. A única certeza é que vamos embora um dia. (…) Mas temos que ter coragem de enfrentar. É como eu digo há 60 dias, [o coronavírus] é como uma chuva, você está aí fora, você vai-se molhar. Ninguém contesta que cerca de 70% da população vai adquirir o vírus”, afirmou mais uma vez o chefe de Estado.

Na sua transmissão no Facebook, que ocorre todas as quintas-feiras, Bolsonaro voltou a afirmar que pode ter contraído o coronavírus sem ter percebido, apesar de ter entregado à Justiça três testes que realizou, usando pseudónimos, e que deram resultado negativo.

Eu não sei se eu adquiri [o vírus]. O avião que eu vim dos Estados Unidos, tinha 32 vagas e 23 pessoas apanharam. Eu não peguei. Ou então, se eu peguei, eu não senti sintoma nenhum”, reforçou o mandatário.

Jair Bolsonaro realizou os exames ao novo coronavírus após regressar de uma viagem aos EUA, em que pelo menos 23 pessoas da sua comitiva testaram positivo, entre eles os ministros do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, além do secretário de Comunicação do Governo, Fábio Wajngarten.

O chefe de Estado abordou ainda o protocolo divulgado na quarta-feira pelo seu Ministério da Saúde, que autorizou a administração de cloroquina até para o tratamento de casos ligeiros de covid-19 no sistema público de saúde.

Bolsonaro afirmou que sabe “que a cloroquina não tem comprovação científica”, mas defendeu que há muitos relatos de médicos sobre pacientes que tomaram o medicamento e se curaram. “Alguns [pacientes infetados] morrem, claro, não é todo o mundo que vai tomar o remédio e ficar vivo, mas a grande maioria fica”, declarou, acrescentando que a questão em torno do fármaco se tornou numa “luta ideológica”.

“Eu tomo Coca-Cola, quem quiser tomar cloroquina, toma.”

Esquerda une-se para pedir destituição de Bolsonaro

Também esta quinta-feira, sete partidos brasileiros de esquerda apresentaram ao Congresso um pedido de instauração de um julgamento político visando a destituição de Jair Bolsonaro, pela sua gestão face à covid-19, que classificaram como “ataque à saúde”.

O documento, entregue à Câmara dos Deputados, conta com o apoio dos partidos dos Trabalhadores (PT), Comunista do Brasil (PCdoB), Socialismo e Liberdade (PSOL), Socialista dos Trabalhadores (PSOL), Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), Comunista Brasileiro (PCB), da Causa Operária (PCO) e Unidade Popular (UP).

Além dos partidos, também cerca de 400 entidades, movimentos sociais, intelectuais e académicos de esquerda assinaram o documento, acusando o chefe de Estado de ter cometido vários “crimes”, entre os quais citam um “claro atentado contra a saúde pública”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Isso é o que a natureza ensina a nós desde do dia que nascemos, ficarmos espertos se não vem o leão e pode nos pegar, só que a natureza também ensina que a gente temos uma enfrentar o medo, por maior que seja os perigos e não podemos deixar ela tomar conta das nossas vidas, temos que manter a cabeça erguida, com esperança e viver o hoje como sempre fizemos.

    As pessoas tem de ter cuidado como sempre teve e sempre terá durante suas vidas inteira, mas não por imposição de governos, etc, e sim porque ela quer se cuidar, ninguém tem direito de exercer autoridade sobre a liberdade de nós escolhermos o que é melhor ou não pra nós , essa escolha é natureza que nos deu a cada um de nós, e não foi dados pelos homens.

    O que parece ser bom para um não significa que é bom para o outro e vice versa.

    Se estamos numa guerra não podemos imitar o avestruz nessas horas e enfiar a cabeça na terra, o ser humano não pode ser derrotado no sentido psicológico por um ser invisivel, se fosse um leão pelo menos.

    Nós sempre enfrentamos o resfriado, gripe, pneumonia, HN1, cancer, aids… de cabeça em pé e não como avestruz, todas elas são perigosas, infelizmente muitas pessoas se vão, e um dia a gente vai mesmo, mais isso faz parte da vida, não exite vida sem morte e morte sem vida, mas eu prefiro ir com a cabeça erguida qundo for a minha vez, e não vou entar em parafuso, e não passar o terror pras pessoas, já basta os problemas que carregamos, diariamente.

    Já imaginaram, ´se abrirmos vai virar moda esse negocio de pandemia, a vai o resto da vida dentro de nossas casas, que nem o lava jato no Brasil ,faz mais de 7 anos e não acaba nunca, prende todo mundo e não muda nada

  2. “70% da população vai adquirir o vírus” Se 70% da população contrair e se apenas 0.5% morrer vão ser mais de 1 milhão de brasileiros vai morrer.

  3. Todos os Dias “UMA”…..deste boçal individuo, pouco mais se pode esperar. Diz não ter ficado contaminado ( sabe-se lá), diz “Tomar Coca-Cola”, estou mais convicto que só toma Coca e snifa Cola, diz “Todos temos de morrer um Dia”, no seu proprio caso convido-o a dar o passo em frente (para o exemplo). Enfim, não dá , não dá, ….não dá para objectivar qualquer opinião sensata ou expor qualquer comentário construtivo “serio”. A tanta ignorancia e indelicadeza proferida por esta criatura, só posso manifestar o meu repudio !..

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …