Bolsonaro diz que medidas de isolamento são absurdas. Lula teme “genocídio” no Brasil

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse que as medidas de isolamento social adotadas pelos governadores regionais do país para conter o avanço da covid-19 são absurdas.

Jair Bolsonaro classificou, esta quinta-feira, como “absurdas” as medidas de isolamento social adotadas pelos governadores regionais do país e afirmou-se pronto para discutir uma reabertura.

O Presidente fez um apelo aos governadores para rever estas políticas porque considera que o fecho do comércio e da oferta de serviços não essenciais deixaram centenas de outras vidas em risco por causa do desemprego e da crise económica.

“As pessoas estão morrendo? É mesmo. Lamento? Lamento. Mas morrerá muito, muito mais [pessoas] se a economia continuar sendo destruída por essas medidas”, disse o governante, no exterior do Palácio da Alvorada, residência oficial do Presidente em Brasília.

O Presidente brasileiro, um dos líderes mais céticos em relação à gravidade da pandemia de covid-19, também criticou o confinamento total adotado em algumas regiões do país para impedir a propagação da doença. Segundo Bolsonaro, estas medidas vão destruir o Brasil e os cidadãos serão “condenados a viver num país miserável”.

“Com essa história de lockdown eles vão fechar tudo, esse não é o caminho. Esse é o caminho do fracasso, [vão] quebrar o Brasil”, disse Bolsonaro.

Desde meados de março, os governadores brasileiros têm adotado ações de distanciamento social na tentativa de conter a rápida disseminação da covid-19, apesar das repetidas críticas e censuras de Bolsonaro, que se declara contrário a este tipo de medida.

João Doria, governador do estado de São Paulo, defende o isolamento social como medida para conter a disseminação do novo coronavírus. Também esta quinta-feira, Bolsonaro pediu aos empresários que “joguem pesado” contra este governador.

“Um homem está a decidir o futuro de São Paulo. Está a decidir o futuro da economia do Brasil. Os senhores [empresários], com todo o respeito, têm de chamar o governador e jogar pesado, jogar pesado, porque a questão é séria. É guerra”, disse numa videoconferência com empresários e com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

João Doria impôs um confinamento parcial no final de março, mas está a considerar a adoção de um confinamento ainda mais rigoroso em São Paulo, o epicentro da pandemia no país, com 4.315 mortos e 54.286 casos confirmados.

Lula teme “genocídio” no Brasil

No mesmo dia, numa entrevista realizada por videoconferência, Luiz Inácio Lula da Silva acusou Jair Bolsonaro de praticar “muitas faltas graves” na gestão da crise provocada pela pandemia de covid-19.

“O Governo transforma as pessoas que estão preocupadas com o vírus em inimigos. Sou católico e rezo para que o povo brasileiro seja salvo de um genocídio provocado por Bolsonaro”, disse Lula da Silva, defendendo a destituição do atual Presidente.

Para Lula, Bolsonaro “ameaça a democracia, as instituições, o povo brasileiro” e “nem sequer respeita as pessoas que morreram por causa do coronavírus”. Ainda assim, o antigo Presidente precisou que a iniciativa para destituir Bolsonaro “deveria ser tomada por uma entidade não política, e não por um partido, para evitar qualquer conotação ideológica”.

Na entrevista à France-Press, o também fundador do Partido dos Trabalhadores (PT) disse estar preocupado com o papel dos militares no Executivo de Bolsonaro, defendendo que têm “mais influência no Governo do que na época da ditadura [1964-1985], quando os generais eram presidentes”.

“Hoje, há mais militares que civis no palácio presidencial. Os militares estão nos comandos […]. O nosso país não é uma caserna […], deve ser governado da forma mais democrática possível”, defendeu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Que me perdoem, dar ouvidos ao LULARÁPIO, ladrão de nove dedos, chefe de quadrilha, exemplo de traidor da pátria, ora vejamos. Quanto ao atual presidente, é um pândego, mas defende o que foi posto em prática na Suécia (sem comparações, obviamente).

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …