“Boa acção” de Marcelo gera onda de críticas

Paulo Novais / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A intenção era boa, mas a forma como Marcelo Rebelo de Sousa actuou para salvar o Teatro da Cornucópia do encerramento anunciado está a motivar muitas críticas ao Presidente da República, nomeadamente por estar “a fazer de primeiro-ministro”.

Marcelo apareceu de surpresa no Teatro da Cornucópia, no dia em que estava previsto o último espectáculo da companhia que anunciou o encerramento devido aos cortes nos subsídios públicos, e obrigou o ministro da Cultura a cancelar uma visita, para seguir também para o mesmo local.

Marcelo “fez três coisas que devia cuidadosamente evitar”

Em pleno palco, o Presidente da República pôs as partes a conversar e sugeriu até que fosse criada uma condição de excepção, para permitir “salvar” a Cornucópia.

Uma intervenção que, segundo o Constitucionalista Vital Moreira, coloca Marcelo a “fazer de primeiro-ministro”, conforme escreve no blogue Causa Nossa.

Para o ex-deputado europeu do PS, Marcelo “não deve evitar somente assumir o papel de primeiro-ministro num teatro; deve também evitar aparecer como treinador, chairman ou maestro do Governo, que ele não é, nem pode ser”.

Vital Moreira ainda considera que Marcelo “fez três coisas que devia cuidadosamente evitar”, designadamente, “intrometer-se numa questão concreta do foro governamental”; “envolver-se num diálogo político directo com um ministro sectorial, quando o seu interlocutor institucional é por definição o Primeiro-ministro” e “patrocinar uma solução política excepcional para um caso concreto, em violação flagrante do princípio da igualdade de tratamento“.

Neste mesmo tom, embora sem falar no nome do Presidente da República, o deputado do PS Porfírio Silva acusa Marcelo de “extravasar os seus poderes constitucionais”, através do blogue Machina Speculatrix.

Co-fundador da Cornucópia diz que Marcelo é “mentiroso”

Noutro âmbito, o encenador e co-fundador da Cornucópia, Jorge Silva Melo, acusa Marcelo de ser “mentiroso”, isto depois de o Presidente da República ter garantido que esteve no primeiro espectáculo da Companhia, em 1973.

“Era eu que tratava dos bilhetes, tenho memória infalível, era a nossa estreia e sei lindamente quem foi”, sublinha Jorge Silva Melo no seu perfil do Facebook, garantindo que Marcelo não esteve lá.

Entretanto, o envolvimento de Marcelo no caso da Cornucópia não passou despercebido às redes sociais e pelo Twitter há muito quem critique o Presidente da República pela forma como interveio no caso.

SV, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Marcelo vai a reboque da extrema esquerda e já começou a derrapar…
    Ele tem um “feeling” que a economia vai crescer… há quem tenha um “feeling” que a sua popularidade está em queda.

  2. O Sr. Dr. Vital Moreira dá a sua opinião, que vale pelo que vale.
    A minha é bem diferente e estou certo que a maioria dos Zés de Portugal são da minha união.
    Ao longo dos anos de democracia, assistimos a Presidentes da República, que se distanciaram do Povo que não passavam de figuaas decorativas do paláciio tendo permitido que de forma irresponsável os diversos governos tenham lapidado tudo que era património de todos os Portugueses.
    O Sr. Presidente Marcelo, está a fazer o que deve ser feito, proximidade com o Povo e estar atento às várias situações, sejam de teatro, sejam de bombeiros, sejam dos sem abrigo etc. Deve pois chamar à atenção de quem tem o dever de governar em estar atento e resolver as questões que se caracolarem como pertinentes.
    O Presidente da República é eleito pelo voto directo do Povo e deve estar atento a tudo que prejudique Portugal e o seu Povo.

  3. Quanto a mim o Presidente esteve mal neste caso pelas razões apontadas por VM e terá de ter algum cuidado com ações deste tipo, pretendendo ser agradável a todos poderá cair em armadilhas como esta, em todo o caso quanto ao teatro em si penso ser desconhecido pelo menos no que toca a ser visto pela maioria dos portugueses e se assim é será porque as cenas que levam ao palco não atraem o público, não estou a ver o povo a ter que ser obrigado a sustentar uma coisa que pouco ou nada lhe serve, com sala cheia certamente não necessitarão de andar a mendigar subsídios.

  4. AAIAIAIAIJESUSA QUE A CALDEIRADA , O PERU E ETC JA CONMEÇA A ENTORNAR neste NATAL E PROXIMOS e uiuiiui jesusa mae pai natal e tudo os NATAIS E ANOS NOVOS e todos OS QUE VIEREM, E CUIDADDO COM AS RENAS E OS TRENOS etcetetc ,e com os pontos,de TRANSITO etcetcet iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii…………
    amen
    agp

  5. De facto, o povo nunca está contente. Eu tenho o Presidente como que um fiscal do governo. Então, esteve à altura do cargo. Fez muito bem e espero que mantenha esta atitude. Temos tido presidentes que apenas entregam medalhas e meio que ficam meio que “enclausurados” quando as medalhas se acabam, este é ativo e atento. Muito bem Sr. Presidente

RESPONDER

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …

Rio "atirou" Costa aos macacos e pediu aos eleitores que "penalizem" o descaramento do PS

Rui Rio afirma nunca ter visto um "desplante" semelhante ao do PS no que respeita a promessas eleitorais como o que está a acontecer na atual campanha para as autárquicas. Mais um dia, mais uma capelinha. …

Boris quer destronar Thatcher com mais uma década no poder

Há quem acredite que o atual primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer bater o recorde de Margaret Thatcher, que exerceu o cargo de 1979 a 1990. Um membro do Governo britânico terá dito ao The Times que …

Itália passa a exigir certificado verde a todos os trabalhadores

Medida é das mais restritivas atualmente em vigor no mundo inteiro, já que todos os regimes de obrigatoriedade que vigoram atualmente aplicam-se sobretudo a profissionais do setor da saúde. A partir de 15 de outubro, itália …

Com receio de que violência negacionista possa escalar, PSP reforça segurança pessoal de políticos

As forças de segurança temem que a violência negacionista aumente e o movimento atraia pessoas desequilibradas. No passado sábado, vários negacionistas, reunidos em mais uma manifestação, desta vez com o mote “Pelas nossas crianças – Rumo …

Promessa eleitoral de Costa em Coimbra arranca um aviso da CNE. Rio ficou "chocado"

António Costa tem estado activo na campanha eleitoral, ao lado dos candidatos do PS às autárquicas, e até sacou da cartola uma maternidade em Coimbra. Uma promessa que deixou Rui Rio "chocado" e que leva …

O voto que dá que falar. "Não há um centímetro quadrado de Portugal que seja indigno" do Constitucional

Três juízes do Tribunal Constitucional contestaram o parecer dos seus pares que considera "desprestigiante" a mudança deste órgão de Lisboa para Coimbra, mas é o voto contra de Mariana Canotilho que dá que falar, uma …

T-shirt reduz efeitos da menopausa

T-shirt portuguesa reduz sintomas da menopausa e ajuda quem tem cancro (e já está à venda)

A investigadora da Universidade do Minho (UM) Filipa Fernandes criou uma t-shirt que atenua os efeitos da menopausa e melhora a qualidade de vida de pacientes com cancro, graças a um tecido com um revestimento …

Estrela Vermelha 2-1 Braga | Guerreiros com mira desalinhada

Inglório. O Sporting de Braga foi a Belgrado perder com o Crvena Zvezda, ou Estrela Vermelha, por 2-1, na primeira jornada do Grupo F da Liga Europa. Os minhotos tiveram mais bola, criaram diversos lances de …