“Boa acção” de Marcelo gera onda de críticas

Paulo Novais / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A intenção era boa, mas a forma como Marcelo Rebelo de Sousa actuou para salvar o Teatro da Cornucópia do encerramento anunciado está a motivar muitas críticas ao Presidente da República, nomeadamente por estar “a fazer de primeiro-ministro”.

Marcelo apareceu de surpresa no Teatro da Cornucópia, no dia em que estava previsto o último espectáculo da companhia que anunciou o encerramento devido aos cortes nos subsídios públicos, e obrigou o ministro da Cultura a cancelar uma visita, para seguir também para o mesmo local.

Marcelo “fez três coisas que devia cuidadosamente evitar”

Em pleno palco, o Presidente da República pôs as partes a conversar e sugeriu até que fosse criada uma condição de excepção, para permitir “salvar” a Cornucópia.

Uma intervenção que, segundo o Constitucionalista Vital Moreira, coloca Marcelo a “fazer de primeiro-ministro”, conforme escreve no blogue Causa Nossa.

Para o ex-deputado europeu do PS, Marcelo “não deve evitar somente assumir o papel de primeiro-ministro num teatro; deve também evitar aparecer como treinador, chairman ou maestro do Governo, que ele não é, nem pode ser”.

Vital Moreira ainda considera que Marcelo “fez três coisas que devia cuidadosamente evitar”, designadamente, “intrometer-se numa questão concreta do foro governamental”; “envolver-se num diálogo político directo com um ministro sectorial, quando o seu interlocutor institucional é por definição o Primeiro-ministro” e “patrocinar uma solução política excepcional para um caso concreto, em violação flagrante do princípio da igualdade de tratamento“.

Neste mesmo tom, embora sem falar no nome do Presidente da República, o deputado do PS Porfírio Silva acusa Marcelo de “extravasar os seus poderes constitucionais”, através do blogue Machina Speculatrix.

Co-fundador da Cornucópia diz que Marcelo é “mentiroso”

Noutro âmbito, o encenador e co-fundador da Cornucópia, Jorge Silva Melo, acusa Marcelo de ser “mentiroso”, isto depois de o Presidente da República ter garantido que esteve no primeiro espectáculo da Companhia, em 1973.

“Era eu que tratava dos bilhetes, tenho memória infalível, era a nossa estreia e sei lindamente quem foi”, sublinha Jorge Silva Melo no seu perfil do Facebook, garantindo que Marcelo não esteve lá.

Entretanto, o envolvimento de Marcelo no caso da Cornucópia não passou despercebido às redes sociais e pelo Twitter há muito quem critique o Presidente da República pela forma como interveio no caso.

SV, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Marcelo vai a reboque da extrema esquerda e já começou a derrapar…
    Ele tem um “feeling” que a economia vai crescer… há quem tenha um “feeling” que a sua popularidade está em queda.

  2. O Sr. Dr. Vital Moreira dá a sua opinião, que vale pelo que vale.
    A minha é bem diferente e estou certo que a maioria dos Zés de Portugal são da minha união.
    Ao longo dos anos de democracia, assistimos a Presidentes da República, que se distanciaram do Povo que não passavam de figuaas decorativas do paláciio tendo permitido que de forma irresponsável os diversos governos tenham lapidado tudo que era património de todos os Portugueses.
    O Sr. Presidente Marcelo, está a fazer o que deve ser feito, proximidade com o Povo e estar atento às várias situações, sejam de teatro, sejam de bombeiros, sejam dos sem abrigo etc. Deve pois chamar à atenção de quem tem o dever de governar em estar atento e resolver as questões que se caracolarem como pertinentes.
    O Presidente da República é eleito pelo voto directo do Povo e deve estar atento a tudo que prejudique Portugal e o seu Povo.

  3. Quanto a mim o Presidente esteve mal neste caso pelas razões apontadas por VM e terá de ter algum cuidado com ações deste tipo, pretendendo ser agradável a todos poderá cair em armadilhas como esta, em todo o caso quanto ao teatro em si penso ser desconhecido pelo menos no que toca a ser visto pela maioria dos portugueses e se assim é será porque as cenas que levam ao palco não atraem o público, não estou a ver o povo a ter que ser obrigado a sustentar uma coisa que pouco ou nada lhe serve, com sala cheia certamente não necessitarão de andar a mendigar subsídios.

  4. AAIAIAIAIJESUSA QUE A CALDEIRADA , O PERU E ETC JA CONMEÇA A ENTORNAR neste NATAL E PROXIMOS e uiuiiui jesusa mae pai natal e tudo os NATAIS E ANOS NOVOS e todos OS QUE VIEREM, E CUIDADDO COM AS RENAS E OS TRENOS etcetetc ,e com os pontos,de TRANSITO etcetcet iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii…………
    amen
    agp

  5. De facto, o povo nunca está contente. Eu tenho o Presidente como que um fiscal do governo. Então, esteve à altura do cargo. Fez muito bem e espero que mantenha esta atitude. Temos tido presidentes que apenas entregam medalhas e meio que ficam meio que “enclausurados” quando as medalhas se acabam, este é ativo e atento. Muito bem Sr. Presidente

RESPONDER

Infetado detido em Miranda do Douro por desrespeitar confinamento obrigatório

A GNR deteve em Miranda do Douro um homem, de 26 anos, por não respeitar o confinamento obrigatório que lhe foi decretado pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança. "O homem encontrava-se …

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …

15.299 casos num só dia. Florida bate recorde

Este domingo, o estado norte-americano registou 15.299 casos no espaço de 24 horas. Se a Florida fosse um país, seria o quarto com mais casos de covid-19 em todo o mundo. O estado da Florida, nos …

Partidos de Direita vencem eleições na Galiza e País Basco

As eleições regionais disputadas hoje em Espanha fortaleceram os partidos no poder, com o Partido Popular (direita) a alcançar a quarta maioria absoluta consecutiva na Galiza e o Partido Nacionalista Basco (PNV-centro-direita) a triunfar no …