Base de dados dos Panama Papers já está disponível online

Parte da base de dados dos documentos do escândalo “Panama Papers” foram divulgados esta segunda-feira no site do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ).

O ICIJ divulgou a base de dados dos Panama Papers, onde os utilizadores podem procurar os nomes de cerca de 214 mil empresas, fundações e fundos incluídos na investigação, aos quais foram acrescentados mais cerca de 100 mil empresas reveladas na investigação OffshoreLeaks, em 2013.

No caso de Portugal, há 246 entidades com ligações ao nosso país.

Ao todo, a investigação analisou mais de 11,5 milhões de documentos do escritório Mossack Fonsca, especializado na gestão de capital em paraísos fiscais e que afeta mais de 140 políticos e altos funcionários do mundo, incluindo chefes ou ex-chefes de Estado e de Governo e os seus familiares.

“Apesar de a base de dados abrir um mundo que nunca foi revelado numa escala tão massiva, a aplicação não é um depósito de dados dos documentos originais, será sim uma cuidadosa libertação de informação corporativa básica”, sublinha o ICIJ, garantindo também que “não será divulgada correspondência pessoal”.

Em meados de abril, as grandes potências industrializadas (G20) pediram “medidas coercivas” contra os paraísos fiscais, que se recusem a cooperar com a comunidade internacional.

A publicação dos documentos ocorreu numa altura particularmente sensível para o Panamá, por causa da prisão esta semana na Colômbia do empresártio Nidal Waked, membro de uma das famílias mais ricas do país, que os Estados Unidos acusam de branquear dinheiro da droga.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …