“Delay muito grande”. Castelo de Vide contesta dados da DGS (e diz ter “no máximo” 10 infetados no concelho)

Neil Hall / EPA

O Presidente da Câmara de Castelo de Vide, em Portalegre, criticou esta quarta-feira os dados divulgados pelas autoridades de saúde em relação ao número de infetados pela covid-19 no concelho, afirmando que os mesmos não correspondem à realidade.

“Enquanto não chegam os dados [das altas médicas] à Direção-Geral da Saúde (DGS), que demoram às vezes uma semana, nós estamos durante uma semana com números que na realidade já não existem”, lamentou António Pita, eleito pelo PSD, em declarações à agência Lusa.

De acordo com o relatório diário publicado pela Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) na sua página na Internet, o concelho de Castelo de Vide apresenta esta quarta-feira 37 casos ativos, números que o autarca contesta, afirmando existirem “10 infetados, no máximo”.

“Não corresponde à realidade [números reportados pelas autoridades de saúde]. Existe um delay [atraso] muito grande entre a alta médica e depois a atualização dos dados, o que penaliza os concelhos”, alertou.

Castelo de Vide faz parte dos 26 concelhos que registaram uma taxa de incidência de casos acumulados de infeção pelo novo coronavírus superior a 960 casos por 100 mil habitantes, entre 7 e 20 de dezembro, menos quatro em relação ao registo anterior. Estes 26 concelhos são considerados como estando em risco extremo devido ao elevado número de casos de infeção.

Entre os concelhos mais fustigados pelo número de infeções pelo novo coronavírus está o Vimioso, com 3.207 casos por 100 mil habitantes, seguido de Castelo de Vide, com 2.398/100 mil habitantes, Marvão, com 2.396/100 mil habitantes, e Mourão com 2.286.

De acordo com o relatório publicado esta quarta -feira pela ULSNA, o distrito de Portalegre conta com um total de 62 mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia. No documento, é referido que o distrito regista 607 casos ativos, 1.536 casos recuperados e 31 pessoas internadas nas unidades hospitalares da região.

A lista de casos ativos é liderada pelo concelho de Portalegre, com 123 casos. Seguem-se Elvas com 119 casos ativos, Nisa (105), Marvão (69), Castelo de Vide (37), Crato (36), Avis (19), Gavião (18), Monforte e Ponte de Sor com 17 casos ativos cada, Alter do Chão (15), Sousel (14) e Fronteira (12).

O concelho de Campo Maior apresenta esta quarta-feira quatro casos ativos e o de Arronches sem nenhum caso ativo.

A ULSNA, que sublinha que os dados correspondem ao apuramento das últimas 24h e que os mesmos são correspondentes aos apurados por laboratórios públicos, indica ainda que foram feitos até esta quarta-feira 38.271 testes de diagnóstico no distrito.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Líder do CDS/Madeira omitiu empréstimo ao TC

Rui Barreto, líder do CDS Madeira, não declarou o empréstimo feito por César do Paço, a título individual, nas vésperas da campanha eleitoral para as legislativas regionais de 2019. O líder do CDS Madeira não declarou …

Washington D.C. pode estar prestes a tornar-se o 51.º estado dos EUA

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos votou mais uma vez um projeto de lei para conceder a Washington D.C. o estatuto de estado. A cidade pode vir a ser 51.º estado do país. De acordo …

Vai nascer um megacentro de dados em Sines. Investimento pode gerar até 1.200 empregos

O projeto de um novo data centre em Sines prevê um investimento de até 3,5 mil milhões de euros, que criará até 1.200 postos de trabalho diretos altamente qualificados. "Tem o potencial de ser o maior …

Oposição unida aborrece o senhor das contas. Aprovações podem pôr em causa estabilidade financeira

No Parlamento, o Governo continua a ser surpreendido com aprovações de medidas pela oposição. Nas Finanças, fazem-se contas e deixam-se avisos. "A repetição sistemática deste tipo de aprovações pela Assembleia da República poderá vir a colocar …

“Está tudo em aberto”. Capitães de Abril admitem abandonar celebrações (e desfile pode ser cancelado)

Após a polémica levantada pela exclusão da Iniciativa Liberal do cortejo, o presidente da Associação 25 de Abril (A25A), Vasco Lourenço, convocou uma reunião da comissão promotora do tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril, …

Governo vai usar empréstimos para capitalizar empresas a fundo perdido. Estradas terão financiamento nacional

O Governo pode vir a usar os 2,3 mil milhões adicionais do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para reforçar os capitais próprios das empresas e este dinheiro pode ser canalizado via subvenções a fundo …

Clubes que desistiram da Superliga vão ter de pagar multa (que pode ser de 300 milhões)

Os clubes que desistiram da ideia de formar uma Superliga Europeia vão ter de pagar uma multa. Apenas Real Madrid e Barcelona ainda não anunciaram a sua saída. Os relatos relativamente ao valor da coima variam …

Antiga moradia do Gerês de CR7 não vai ser demolida. O crime prescreveu

Apesar da IGAMAOT considerar que a construção foi executada à revelia do projeto aprovado, o Ministério Público diz que o caso tem de ser arquivado porque o crime prescreveu. De acordo com o que noticia o …

"Passaporte dourado". Férias, doações ou investimentos: o esquema de Malta para vender a sua nacionalidade

Malta, membro da União Europeia e do espaço Schengen, começou a vender a nacionalidade maltesa há mais de oito anos. Contudo, e-mails da empresa facilitadora, a Henley & Partners, mostram que a "ligação genuína" ao …

Aprovadas alterações à lei eleitoral autárquica. Eleitores em confinamento podem votar em casa e em lares

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por maioria, as alterações à lei eleitoral autárquica, que dá resposta às reivindicações dos movimentos de autarcas independentes que se queixavam de dificultar as candidaturas. Votaram a favor PS, …