França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Wu Hong / EPA

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos.

As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus detetado na China.

Os três casos foram confirmados no estado de Johor, que faz fronteira com Singapura, explicaram as autoridades. Os indivíduos infetados são cidadãos chineses e familiares próximos de um homem de 66 anos que já tinha sido infetado com o vírus em Singapura.

A mulher e os seus dois netos foram rastreados e deram positivo, disse o ministro da Saúde da Malásia, Dzulkefly Ahmad.

Na Austrália, há um caso confirmado: trata-se de um paciente chegou a Melbourne há uma semana procedente da cidade de Wuhan, o epicentro da epidemia, anunciaram as autoridades australianas citada pela agência noticiosa AFP.

Segundo Brendan Murphy, responsável de saúde pública do Governo australiano, as autoridades do estado de Victoria seguiram “estritamente os protocolos, incluindo o isolamento do infetado”. “O paciente está com pneumonia e o seu quadro é estável”.

O ministro australiano da Saúde, Greg Hunt, informou que os passageiros do voo no qual o homem estava foram contactados “para informação e conselhos”.

Esta sexta-feira, o coronavírus chegou à Europa, havendo três casos confirmados. As pessoas em causa estiveram na China e estão hospitalizadas – uma em Bordéus e duas em Paris – com medidas de “isolamento”, revelaram as autoridades de França.

Ao todo, o coronavírus já chegou a 12 países: Macau, Tailândia, Taiwan, Coreia do Sul, Japão, Nepal, Malásia, Singapura, Vietname, Estados Unidos e França.

Número de mortos na China aumenta

O número de mortos devido ao novo coronavírus aumentou entretnto para 41, depois de 15 pessoas terem morrido na província de Hubei, informaram as autoridades locais.

De acordo com as autoridades chinesas, citadas pelas agências France-Presse e AP, o número de casos confirmados é de cerca de 1.300.

As autoridades montaram uma operação de quarentena que vai cobrir 13 cidades na província de Hubei para tentar conter a propagação deste vírus.

O novo vírus, que causa pneumonia, foi detetado na China no final de 2019. Além do território continental chinês, estão confirmados casos em Macau, Tailândia, Taiwan, Hong Kong, Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos e França.

As autoridades chinesas consideram que o país está no ponto “mais crítico” no que toca à prevenção e controlo do vírus e colocaram em quarentena, impedindo entradas e saídas, três cidades onde vivem mais de 18 milhões de pessoas — Wuhan, onde começou o surto, e as vizinhas Huanggang e Ezhou.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde anunciou a ativação dos dispositivos de saúde pública de prevenção, enquanto o Centro Europeu de Controlo de Doenças elevou para “moderado” o risco de contágio na União Europeia.

O Comité de Emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS), que reuniu esta quarta e quinta-feira, optou por não declarar emergência de saúde pública internacional, embora reconheça que há esse risco. Os primeiros casos do coronavírus “2019 – nCoV” apareceram na cidade de Wuhan, capital e maior cidade da província de Hubei, no centro da China, quando começaram a chegar aos hospitais pessoas com uma pneumonia viral.

Os sintomas associados à infeção causada por este novo coronavírus são mais intensos do que uma gripe e incluem febre, dor, mal-estar geral e dificuldades respiratórias, incluindo falta de ar.

Dados preliminares, divulgados pela revista médica The Lancet, apontam algumas semelhanças entre o novo coronavírus e o coronavírus que esteve na origem da Síndrome Respiratória Aguda Grave, identificada pela primeira vez na China há mais tempo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos identificam cinco planetas "Tatooine" que podem sustentar vida

Um novo estudo revelou que cinco sistemas conhecidos com planetas de estrelas duplas - como Tatooine, casa de Luke Skywalker no filme "Star Wars" - poderiam sustentar a vida. “Usamos dados colhidos pela nave espacial Kepler, …

Cientistas criam massa que muda de formato assim que entra em contacto com a água

Da penne à fusilli: as pessoas adoram massas pelos seus formatos. Agora, uma equipa de cientistas liderada pelo Morphing Matter Lab da Carnegie Mellon University está a desenvolver massas planas que se transformam em formas …

Australiana fez uma cirurgia para remover as amígdalas (e acordou com um sotaque irlandês)

No dia 19 de abril, Angie Mcyen foi submetida a uma cirurgia para remover as amígdalas, um procedimento bastante simples que demorou apenas meia hora. Uns dias depois, acordou e apercebeu-se de que tinha um …

“Foi o crime do século“. Museu Britânico mostra o impacto do assassinato de Thomas Becket na Europa

Thomas Becket foi abatido dentro da Catedral de Cantuária por cavaleiros da comitiva do rei Henrique II. O assassinato, em 1170, causou ondas de choque em toda a Inglaterra. Agora, o religioso será recordado através …

Na Índia, ser-se rico ou pobre pode fazer a diferença no acesso à vacina

A Índia enfrenta uma grave escassez de vacinas contra a covid-19. Até ao momento, só 2,5% da população recebeu ambas as doses, enquanto 10% recebeu uma. Na Índia, as pessoas que vivem em cidades com fácil …

Ilha italiana torna-se "covid-free" e mostra-se pronta para receber turistas de todo o mundo

Numa altura em que vários países da Europa já começam a planear a abertura ao turismo de forma intensiva, há regiões que mostram já estar um passo à frente. É o caso da ilha de …

Política chinesa torna uigures reféns nas suas próprias casas

A China introduziu, em 2016, uma política de parentesco para promover a harmonia nacional e a unidade étnica, levando a que desde então mais de 1,1 milhões de funcionários do Estado ocupassem periodicamente as casas …

O palco de um dos maiores contos britânicos de sempre vai transformar-se num hostel

A Irlanda aprovou uma proposta para converter num hostel um dos pontos de referência de James Joyce mais icónicos de Dublin. O irlandês James Joyce é um dos maiores escritores da literatura britânica, sendo autor de …

Liz Cheney é a cara da oposição ao "trumpismo" no Partido Republicano

Esta quarta-feira, e depois de ter criticado o antigo Presidente dos Estados Unidos, a congressista Liz Cheney foi afastada de um cargo de liderança no Partido Republicano. Na noite desta terça-feira, e pouco antes de …

SC Braga punido com dois jogos à porta fechada por falta de habilitações de Custódio

O Sporting de Braga foi punido com dois jogos de interdição do seu estádio, após queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), devido à falta de habilitações de Custódio, anunciou o Conselho de …