Atrasos reduzem vacinas para metade. Alunos de enfermagem pedem para serem prioritários

Christian Bruna / EPA

O calendário previsto para as entregas das vacinas não será cumprido. O atraso das farmacêuticas vai fazer com que, até final de março, cheguem cerca de dois milhões de doses a Portugal, metade do que foi previsto em dezembro.

Em declarações ao Jornal de Negócios, Francisco Ramos, coordenador do plano de vacinação contra a covid-19, confirmou que o calendário previsto para as entregas não será cumprido. No início de dezembro, estimava-se que, durante o primeiro trimestre do ano, iriam chegar mais de quatro milhões de doses, mas, com o atraso das farmacêuticas, deverão chegar apenas cerca de dois milhões até março.

Se o plano inicial indicava o envio de 1,5 milhões de doses da Pfizer até março, agora, segundo Francisco Ramos, Portugal não deverá receber mais do que cerca de 200 mil. O calendário da Moderna deverá ser cumprido, com a entrega de 227 mil doses no primeiro trimestre deste ano.

Já em relação à AstraZeneca, estava previsto que chegassem a Portugal 1,4 milhões de doses, mas os atrasos revelam que o número cai agora para cerca de 700 mil recebidas. As cerca de um milhão de doses da vacina Janssen/J&J também não vão chegar em março, sendo que, na melhor das hipóteses, chegam em junho.

Alunos de enfermagem

Os estudantes de enfermagem, inseridos em ensaio clínico, lançaram uma petição pública para serem incluídos no grupo prioritário. Já conta com mais de 11 mil assinaturas.

“É com tristeza que, enquanto estudantes de enfermagem, constatámos que não fomos contemplados nos Grupos Prioritários da Vacinação contra a COVID-19. Estamos presentes na prestação de cuidados, seja em meio hospitalar ou comunitário, pelo que, apesar de ainda não sermos profissionais de saúde, estamos expostos aos mesmos riscos e contactos. Além disso, constituímos possíveis veículos de transmissão do vírus”, lê-se.

Segundo o Expresso, o Ordem dos Enfermeiros já tinha defendido que este grupo de estudantes deveria constar no grupo prioritário de vacinação. Ana Rita Cavaco chegou a enviar um ofício à ministra da Saúde, Marta Temido, a apelar para que a situação seja tida em conta.

“Discriminação muito forte” dos profissionais dos privados

Depois de um encontro com Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS, Óscar Gaspar, presidente da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP), disse que “há aqui uma discriminação muito forte em relação aos profissionais dos hospitais privados”.

Considerando que “a vacinação contra a covid é absolutamente essencial”, o líder da APHP salientou que “os médicos e os enfermeiros não são médicos do privado, são médicos que trabalham para os cidadãos portugueses”. Por isso, defendeu que “não há nenhuma razão pela qual esses médicos não estão a ser vacinados, ao contrário dos seus colegas do SNS” e alertou que “90% dos profissionais de saúde dos privados ainda não foram vacinados”.

Aos jornalistas, o presidente da APHP também da falou da primeira fase da pandemia e disse que os hospitais privados disponibilizaram “um total de 354 camas”, mas foi-lhes dito “que não era necessário, em abril de 2020″.

“Nós não desertámos, nós fomos desmobilizados, foi-nos dito que não era necessário os hospitais privados darem esse tipo de apoio”, adiantou Óscar Gaspar, ressalvando que “a partir de novembro, na ARS norte e agora mais recentemente na ARS LVT [Lisboa e Vale do Tejo] tem de facto havido uma solicitação bastante mais forte“.

De acordo com o responsável, o setor particular tem “à volta de 900 camas que estão afetas ao SNS” e cerca de “170 doentes covid internados”, referindo que os seus associados estão “a dar toda a colaboração que é possível, quer em termos dos doentes covid como em termos de doentes não covid”, e que “a colaboração é forte“.

“Ainda hoje, é público que o Hospital da Luz disponibilizou uma ala de enfermaria para receber doentes que tiveram ontem [terça-feira] de ser transferidos do Amadora-Sintra. Há vários hospitais cá de Lisboa que estão a receber doentes covid do SNS, para além de também terem doentes covid que vêm das seguradoras ou que são particulares, e no norte também estamos a tratar doentes covid”, exemplificou.

Questionado sobre um cenário de requisição civil, Óscar Gaspar advogou que “não faz nenhum tipo de sentido” e “não se justifica de todo” porque “não teria nenhum tipo de efeito”, uma vez que “as camas dos hospitais privados estão ocupadas”.

“O Estado não ganharia uma cama sequer pelo facto de recorrer a um mecanismo mais musculado”, garantiu, justificando que “as camas estão ocupadas com aquilo que são doentes que habitualmente procuram os hospitais privados”.

Ainda assim, aponta que quando há solicitações, tem existido “todo o esforço de reorganização de atividade, no sentido de mais e mais” poder afetar camas ao SNS.

No que toca ao combate à pandemia, pediu a apresentação “dentro de poucas semanas” de um plano para a primavera e verão, à semelhança do que foi feito para o outono-inverno, advogando que o “planeamento, para ser eficaz, tem de ser atempado”.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Na Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, ao leme do comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. …

Governo aperta regras. Passageiros do Brasil ou Reino Unido têm de ter teste negativo e cumprir isolamento

Os passageiros provenientes do Brasil e do Reino Unido vão ser obrigados a apresentar um teste negativo e a cumprir 14 dias de isolamento profilático. A partir deste domingo, os passageiros provenientes do Brasil e do …

O primeiro hotel espacial mudou de nome (e deverá abrir em 2027)

Fechado em casa a sonhar com a próxima viagem? Esqueça as praias paradisíacas ou as grandes metrópoles. As férias do futuro podem vir a ser no Espaço. Tudo começou em 2019, quando a empresa californiana Gateway …

Testes rápidos esgotam na Alemanha no primeiro dia em que são postos à venda

O processo de vacinação na Alemanha continua lento. O Governo está a contar com a realização em massa de testes rápidos de antigénio para iniciar um plano de desconfinamento progressivo. As principais cadeias de supermercados …

Rio avisou autarcas que podem ser postos "para o lado" se se portarem "menos bem"

O líder do PSD diz não entender o mal-estar de alguns autarcas com o anúncio dos candidatos às eleições locais. Este sábado, no discurso de encerramento da 5.ª Academia de Formação Política para Mulheres do …

Movimento “Black Lives Matter” fez diminuir mortes causadas por polícias

Desde que os protestos de Black Lives Matter começaram a ganhar destaque, após a morte de Michael Brown em 2014, no Missouri, o movimento espalhou-se por centenas de cidades em todos os estados dos EUA …