Ataque terrorista em Londres fez 5 mortos e 40 feridos (um português)

Andy Rain / EPA

-

Pelo menos 5 pessoas morreram, incluindo um polícia e o atacante, e 20 ficaram feridas no atentado de hoje junto ao Parlamento britânico, em Londres, informou a Polícia Metropolitana.

Atentado em Londres

Uma nova atualização das vítimas do ataque desta tarde na capital londrina elevou o número de vítimas para 5 mortes confirmadas e mais de 40 feridos, vários dos quais em estado grave, incluindo três polícias.

A sessão da Câmara dos Comuns, do Parlamento britânico, em Londres, foi esta quarta-feira suspensa depois de um suspeito, entretanto abatido pela polícia, ter esfaqueado um polícia.

Há também relatos de que um carro atropelou várias pessoas na ponte de Westminster.

Do ataque, ocorrido pelas 14:40, resultaram até agora 5 mortos, entre os quais um polícia e o atacante, e 40 feridos, alguns dos quais com gravidade, segundo a Polícia Metropolitana.

Em declarações aos jornalistas, um porta-voz da polícia disse que as autoridades acreditam que apenas um atacante esteve envolvido no atentado.

Testemunhas citadas pela Sky News dizem ter visto um homem com uma faca junto ao palácio de Westminster, onde se situa o Parlamento, e o jornalista Quentin Letts afirmou ter visto “seguranças do Parlamento a disparar contra um homem que atacou um polícia”.

Algumas testemunhas citadas pela BBC relatam a existência de feridos na Ponte de Westminster, depois de um automóvel ter atropelado pelo menos cinco pessoas no passeio da ponte de Westminster.

O condutor, depois de atropelar os peões, foi embater no gradeamento do edifício do parlamento, saiu do veículo empunhando uma grande faca e esfaqueou um polícia, antes de ser alvejado.

A Scotland Yard afirma que o caso está a ser tratado como um “ato terrorista” até que se prove o contrário e já mobilizou a sua unidade de contraterrorismo.

De acordo com vários órgãos, uma mulher atropelada na ponte morreu e há mais feridos que apresentam lesões graves.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, estava no Parlamento na hora do incidente e foi de imediato retirada do edifício. O gabinete de Downing Street já confirmou que a governante se encontra em segurança.

Um porta-voz da Câmara dos Comuns disse à AFP que os deputados estão confinados no interior do Parlamento. O edifício foi encerrado e as autoridades já estão a preparar a evacuação.

O London Eye, famosa atração turística da capital britânica, foi encerrado. Várias pessoas ficaram fechadas no interior das cabines por razões de segurança.

Um português entre os feridos

Um jovem português foi atropelado no ataque terrorista em Londres, Reino Unido, sofrendo cortes profundos num joelho e numa mão, mas já teve alta hospitalar e encontra-se bem, disse à Lusa José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades.

O jovem, de 26 anos, foi atropelado quando atravessava a rua para apanhar o metro, tendo sido colhido por um carro, e rebolou por cima do capô, relatou José Luís Carneiro.

O português, que vive em Londres com a mãe, sofreu “dois cortes profundos, um no joelho e outro numa mão”, tendo sido assistido no hospital de Chelsea-Westminster.

O jovem já recebeu entretanto alta hospitalar e “encontra-se bem de saúde“, referiu o governante.

O nível de alerta terrorista no Reino Unido foi fixado em agosto de 2014 em “grave”, o quarto de uma escala de cinco.

O ataque de hoje ocorreu no dia em que a Bélgica assinala o primeiro aniversário do atentado terrorista que provocou a morte a 32 pessoas em Bruxelas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os ingleses que me desculpem mas as suas proprias autoridades é que são culpadas disto… então há anos que a partir dali os radicais islamicos e outros recrutam novos membros e espalham para todo o mundo mensagens de odio a partir de mesquitas, rádios, net, etc… tudo isto com o conhecimento das autoridades e tudo lhes é permitido… estavam à espera de quê? milagres? E graças à pressão do “politicamente correto” toda esta historia vai continuar e pioraaaaar… fixem aí o que eu escrevi…

RESPONDER

BCP disponível para fusão com o Montepio

Na eventualidade de ser necessária uma intervenção, o Millennium BCP mostrou-se disponível para uma fusão com o Banco Montepio. Esta hipótese foi apresentada pela instituição bancária numa reunião com o ministro das Finanças, João Leão. O …

Otamendi mais 55 milhões. O negócio que pode levar Rúben Dias para o City

Rúben Dias está muito próximo de reforçar o Manchester City. O clube inglês oferece 55 milhões de euros mais Nicolás Otamendi em troca. A oficialização do acordo deve estar para breve. O Manchester City está muito …

Líbano: Após um mês no cargo, primeiro-ministro demite-se perante impasse político

O primeiro-ministro designado do Líbano, Mustapha Adib, demitiu-se este sábado do cargo numa altura de impasse político sobre a formação de Governo, um mês depois de ter sido nomeado e da violenta explosão no porto …

Governo joga últimos trunfos à esquerda (mas "na 25.ª hora pode ser PSD a salvá-lo" e esse é outro problema)

A duas semanas do fim do prazo para entregar o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021), o Governo ainda não tem garantias de aprovação do documento. E enquanto Marcelo pressiona o PSD para "salvar" o …

-

Governo aponta para regresso progressivo de público aos estádios

O regresso de público aos estádios de futebol continua proibido, devido à pandemia de Covid-19, com o secretário de Estado da Juventude e Desporto a admitir esta sexta-feira a possibilidade de um retorno faseado quando …

Há escolas sem intervalos ao ar livre devido à covid-19

Há escolas que estão a proibir os alunos de passarem os intervalos ao ar livre por receio de contágio do novo coronavírus. O pediatra Hugo Rodrigues considera que "é um perfeito disparate". Como tal, os estudantes …

"Aumentar o salário mínimo é criminoso", diz presidente do Fórum para a Competitividade

Pedro Ferraz da Costa, presidente do Fórum para a Competitividade, antecipa uma onda de desemprego até ao final do ano, que muitas empresas não conseguirão manter a atividade e que aumentar o salário mínimo "é …

Segunda vaga impede mais de 12 milhões de consultas e cirurgias

O cenário de uma segunda vaga em Portugal é bastante provável e prevê-se que mais de 12 milhões de consultas e cirurgias fiquem por fazer. No melhor dos cenários, serão 10 milhões. Um estudo da Associação …

EUA pressionam Portugal: "Tem de escolher agora entre os aliados e os chineses"

O embaixador norte-americano em Lisboa defende que Portugal tem de escolher entre os “amigos e aliados” EUA e o “parceiro económico” China, alertando que escolher a China em questões como o 5G pode ter consequências …

MP acusa inspetores do SEF de homicídio de ucraniano no aeroporto

O Ministério Público vai acusar os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que estão em prisão domiciliária, indiciados pelo homicídio do ucraniano Ihor Homenyuk no aeroporto de Lisboa. Bruno Sousa, Duarte Laja e Luís …