Ataque terrorista em Londres fez 5 mortos e 40 feridos (um português)

Andy Rain / EPA

-

Pelo menos 5 pessoas morreram, incluindo um polícia e o atacante, e 20 ficaram feridas no atentado de hoje junto ao Parlamento britânico, em Londres, informou a Polícia Metropolitana.

Atentado em Londres

Uma nova atualização das vítimas do ataque desta tarde na capital londrina elevou o número de vítimas para 5 mortes confirmadas e mais de 40 feridos, vários dos quais em estado grave, incluindo três polícias.

A sessão da Câmara dos Comuns, do Parlamento britânico, em Londres, foi esta quarta-feira suspensa depois de um suspeito, entretanto abatido pela polícia, ter esfaqueado um polícia.

Há também relatos de que um carro atropelou várias pessoas na ponte de Westminster.

Do ataque, ocorrido pelas 14:40, resultaram até agora 5 mortos, entre os quais um polícia e o atacante, e 40 feridos, alguns dos quais com gravidade, segundo a Polícia Metropolitana.

Em declarações aos jornalistas, um porta-voz da polícia disse que as autoridades acreditam que apenas um atacante esteve envolvido no atentado.

Testemunhas citadas pela Sky News dizem ter visto um homem com uma faca junto ao palácio de Westminster, onde se situa o Parlamento, e o jornalista Quentin Letts afirmou ter visto “seguranças do Parlamento a disparar contra um homem que atacou um polícia”.

Algumas testemunhas citadas pela BBC relatam a existência de feridos na Ponte de Westminster, depois de um automóvel ter atropelado pelo menos cinco pessoas no passeio da ponte de Westminster.

O condutor, depois de atropelar os peões, foi embater no gradeamento do edifício do parlamento, saiu do veículo empunhando uma grande faca e esfaqueou um polícia, antes de ser alvejado.

A Scotland Yard afirma que o caso está a ser tratado como um “ato terrorista” até que se prove o contrário e já mobilizou a sua unidade de contraterrorismo.

De acordo com vários órgãos, uma mulher atropelada na ponte morreu e há mais feridos que apresentam lesões graves.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, estava no Parlamento na hora do incidente e foi de imediato retirada do edifício. O gabinete de Downing Street já confirmou que a governante se encontra em segurança.

Um porta-voz da Câmara dos Comuns disse à AFP que os deputados estão confinados no interior do Parlamento. O edifício foi encerrado e as autoridades já estão a preparar a evacuação.

O London Eye, famosa atração turística da capital britânica, foi encerrado. Várias pessoas ficaram fechadas no interior das cabines por razões de segurança.

Um português entre os feridos

Um jovem português foi atropelado no ataque terrorista em Londres, Reino Unido, sofrendo cortes profundos num joelho e numa mão, mas já teve alta hospitalar e encontra-se bem, disse à Lusa José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades.

O jovem, de 26 anos, foi atropelado quando atravessava a rua para apanhar o metro, tendo sido colhido por um carro, e rebolou por cima do capô, relatou José Luís Carneiro.

O português, que vive em Londres com a mãe, sofreu “dois cortes profundos, um no joelho e outro numa mão”, tendo sido assistido no hospital de Chelsea-Westminster.

O jovem já recebeu entretanto alta hospitalar e “encontra-se bem de saúde“, referiu o governante.

O nível de alerta terrorista no Reino Unido foi fixado em agosto de 2014 em “grave”, o quarto de uma escala de cinco.

O ataque de hoje ocorreu no dia em que a Bélgica assinala o primeiro aniversário do atentado terrorista que provocou a morte a 32 pessoas em Bruxelas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os ingleses que me desculpem mas as suas proprias autoridades é que são culpadas disto… então há anos que a partir dali os radicais islamicos e outros recrutam novos membros e espalham para todo o mundo mensagens de odio a partir de mesquitas, rádios, net, etc… tudo isto com o conhecimento das autoridades e tudo lhes é permitido… estavam à espera de quê? milagres? E graças à pressão do “politicamente correto” toda esta historia vai continuar e pioraaaaar… fixem aí o que eu escrevi…

Responder a Rahul Cancelar resposta

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …

Portugal só tem 4 fiscais da ferrovia (e cada um tem de inspecionar 811 quilómetros)

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) tem apenas quatro técnicos afetos à fiscalização do setor. O organismo está a pedir o reforço destes profissionais desde 2014. De acordo com a edição desta quarta-feira do …