Após novo interrogatório, Sócrates vai mesmo ser acusado de corrupção

Mário Cruz / Lusa

O antigo primeiro-ministro, José Sócrates

O antigo primeiro-ministro, José Sócrates.

O Ministério Público vai voltar a interrogar José Sócrates, na próxima segunda-feira, no âmbito da Operação Marquês, para o confrontar uma última vez, antes de avançar com a acusação por corrupção contra o ex-primeiro-ministro, garante o Expresso.

Quando faltam apenas cinco dias úteis para terminar o prazo dado pela Procuradora-Geral da República (PGR), Joana Marques Vidal, para que seja deduzida a acusação no processo Operação Marquês, sai a notícia de que José Sócrates voltará a ser interrogado pelo Ministério Público (MP).

O jornal Expresso garante que o objectivo é confrontar o ex-primeiro-ministro com as “provas robustas” recolhidas contra ele pelos investigadores do mega-processo que conta com 23 arguidos.

O MP estará certo de que Sócrates foi “corrompido por 23 milhões de euros” e vai avançar com uma acusação por corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, salienta o semanário.

A SIC avança que Sócrates será interrogado pela terceira vez, no âmbito da Operação Marquês, na segunda-feira à tarde, 13 de Março.

O ex-primeiro-ministro deverá ser confrontado com os indícios recolhidos recentemente, pelo MP em torno da OPA fracassada da Sonae à Portugal Telecom, em 2007, e da venda e compra das operadoras telefónicas brasileiras Vivo e Oi, em 2010.

Os investigadores acreditam que o ex-governante recebeu 17,5 milhões de euros do antigo líder do BES, Ricardo Salgado, como contrapartidas para “enterrar a PT” em benefício do Grupo Espírito Santo.

Além disso, Sócrates é acusado de ter recebido 2 milhões de euros no âmbito do empreendimento turístico de Vale do Lobo, no Algarve, e o restante valor terá saído do Grupo Lena.

O Expresso também nota que, além de Sócrates, serão ainda ouvidos novamente, pelo MP, a ex-mulher do ex-primeiro-ministro, Sofia Fava, e o seu amigo, Carlos Santos Silva, bem como o ex-ministro e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos, Armando Vara.

O prazo para ser deduzida acusação na Operação Marquês termina no dia 17 de Março.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. A ver se engaiolam este chungoso de uma vez por todas que já se gastou demasiado dinheiro em processos e tribunais e palhaçadas. So é pena o Portas e mais meia dúzia não lhe irem fazer companhia.

  2. Alguém acredita que quando engailoram este socas, o MP e o Carlos Alexandre não tinham provas mais que robustas para o fazerem? Alguém acredita que se mete na pildra um ex primeiro ministro só pelo ladrar dos cães? Por muito menos passou o Isaltino anos na Carregueira. Vamos a ver o que isto dá porque eles vão espernear até à exaustão. O não arranja um juiz que destrua tudo só se não puderem!!

    • “Alguém acredita que quando engailoram este socas, o MP e o Carlos Alexandre não tinham provas mais que robustas para o fazerem?”. Eu acredito (tenho quase a certeza)! “Alguém acredita que se mete na pildra um ex primeiro ministro só pelo ladrar dos cães?” Eu acredito (tenho ainda mais certeza que a anterior afirmação)! O que me espanta é que ainda há gente que acredita naquilo que o sr acredita. Independentemente se odeia ou não o “socas”. É óbvio que o MP fez esta palhaçada toda, não “só pelo ladrar dos cães”, mas também por uma vingança mesquinha de quem lhe foi tirado algumas (?) regalias. Ainda acredita que “eles” têm provas “robustas”? Ha, ha, ha, ha!!!
      Mas o melhor, foi a sua última frase: “…arranja um juiz que destrua tudo só se não puderem!!”. Caso não saiba, todo este processo foi feito de forma atabalhoada para esse efeito que sugere. Para dar em nada. O objectivo (que os cegos não querem ver) era enterrar (vingar-se) o Sócrates. Objectivo atingido. Tudo o que vier é um bónus (talvez surja uma prova dos céus, quem saiba, bem robusta e sólida para partir a tola a alguém)! Quer continuar a acreditar na “honestidade” desta “justiça”, neste caso em específico? Pois acredite. Seja feliz! Eu não!

  3. Muito muito curioso… Um comentário/resposta ao Desiludido (e penso que até teve resposta) é retirado? Dizia eu, nesse comentário, que acreditava naquilo que o Desiludido não acreditava. Em resposta, o Sr Desiludido disse qualquer coisa como “acreditar” no socas. E; em resposta disse que nunca tinha dito para quem quer que fosse acreditasse em quem quer que fosse. Boa Zap! Não restam dúvidas. Não só publicam aquilo que vos interessa (têm todo o direito (?)) mas também censuram comentários já publicados! Será que é porque digo a verdade (e essa magoa)? Será que é porque faço acusações graves (coisa que o Zap faz quase todos os dias assim como alguns comentadores)? O que me espanta não é o facto de ter sido censurado. É o facto de ter sido publicado e depois retirado. Se calhar feri a sensibilidade de algum juiz (que devia ter vergonha) que por aqui anda… Independência e imparcialidade. Boa Zap!

    Nota: E o sr Desiludido não diz nada?

  4. …E, curiosamente, os comentários são repostos. Terá sido um milagre à la Teodora? será que vão “fugir” outra vez?

RESPONDER

Partidos concordam em desconfinar. PSD diz “haver condições” para abrir “grande parte do território”

Vários especialistas estiveram reunidos com o Governo esta segunda-feira em mais uma reunião do Infarmed. O objetivo foi avaliar a situação epidemiológica e definir diretrizes para o desconfinamento, cujo plano será apresentado na quinta-feira. De …

EUA ponderam retirada militar total no Afeganistão, mas pedem “garantias“

Os EUA põe a hipótese de uma retirada militar no Afeganistão. Contudo, Anthony Blinken assumiu que está preocupado com a possibilidade de os taliban aproveitarem a retirada de tropas na NATO e dos Estados Unidos …

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançada somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …