As águas dos esgotos podem ser a “arma secreta” do SNS nas próximas semanas

Brais Lorenzo / EPA

Nos próximos dias, várias universidades e empresas de drenagem de águas residuais vão começar a medir a carga viral de SARS-COV-2 nos esgotos. Esta pode ser uma “arma secreta” para perceber a dinâmica do novo coronavírus.

Universidade e empresas de drenagem de águas residuais vão medir a carga viral de SARS-COV-2 nos esgotos que chegam às estações de tratamento. A medição começa nos próximos dias e os primeiros resultados são esperados ainda este mês, adianta a Rádio Renascença esta segunda-feira.

Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, explicou que tanto as pessoas com sintomas como as assintomáticas libertam vírus pelas fezes que, consequentemente, vão parar às águas residuais.

“Se conseguirmos ter uma medida da concentração destes vírus nas águas residuais, permitir-nos-ia saber qual é a carga desta infeção na nossa comunidade e por área geográfica”, disse o responsável.

O objetivo é monitorizar as variações provocadas pelas alterações às restrições sociais na carga viral presente na comunidade. “Se tudo correr bem, graças às medidas de contenção, a incidência da doença vais descer. Esperamos ver isso de forma mais clara no final deste mês.”

“Era importante acompanhar o impacto dessa descida nas águas residuais. É um indicador indireto da carga da infeção na comunidade, carga que até agora vemos sobretudo no número de casos sintomáticos”, revelou Manuel Carmo Gomes.

A investigação junta a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Instituto Superior Técnico e as empresas Águas de Portugal, Águas do Porto e outras ligadas ao abastecimento de água e drenagem de esgotos.

Pré-aviso para o Serviço Nacional de Saúde

Em maio, espera-se um alívio das medidas de contenção que fará, consequentemente, aumentar o número de casos confirmados de covid-19. Os epidemiologistas estão à espera dessa subida, mas, ao contrário do início da pandemia no país, acreditam que este projeto pode ajudar as autoridades a prepararem o embate.

“Se levantarmos as medidas atuais, é de esperar um ressurgimento dos casos de infeção. Esperemos que seja local e não à velocidade em que estivemos há um mês. Mas se tivermos este indicador de maior transmissão do vírus na comunidade, através das águas residuais, saberemos do ressurgimento da infeção antes mesmo de aparecerem os doentes. Existe um atraso entre o surgimento da doença e o aparecimento dos primeiros doentes”, explicou o especialista à rádio.

Matos Fernandes, ministro do Ambiente, já tinha sublinhado a importância deste projeto. A monitorização do vírus nas águas residuais tem sido utilizada em vários países, como a Holanda, que diz ter detetado indícios do novo coronavírus nas águas residuais na cidade de Haarlem antes mesmo dos primeiros casos se terem ali registado oficialmente.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Esgotos são os nossos rios a céu aberto, depois falsas estações de tratamento de esgotos devem ser aos milhares, quem mandou construir, quem aprovou e quem foram os engenheiros responsáveis por tais obras e onde se passou o dinheiro para tais projectos muito dele vindo da EU, quem investiga?

  2. Não queiram aumentar o cloro na água potável , qualquer dia ou senão já estamos a beber água da torneira acompanhada de vírus .

    • O tratamento das águas residuais não é feito para a tornar novamente potável e não tem em vista a reintrodução na rede doméstica. As ETARs existem para tratar as águas residuais antes de as devolver à natureza. É depois na natureza, resultado do ciclo natural da água que ela volta às montanhas e às nascentes e por sua vez captada para entrar nos canais de distribuição de água doméstica potável.

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …