As águas dos esgotos podem ser a “arma secreta” do SNS nas próximas semanas

Brais Lorenzo / EPA

Nos próximos dias, várias universidades e empresas de drenagem de águas residuais vão começar a medir a carga viral de SARS-COV-2 nos esgotos. Esta pode ser uma “arma secreta” para perceber a dinâmica do novo coronavírus.

Universidade e empresas de drenagem de águas residuais vão medir a carga viral de SARS-COV-2 nos esgotos que chegam às estações de tratamento. A medição começa nos próximos dias e os primeiros resultados são esperados ainda este mês, adianta a Rádio Renascença esta segunda-feira.

Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, explicou que tanto as pessoas com sintomas como as assintomáticas libertam vírus pelas fezes que, consequentemente, vão parar às águas residuais.

“Se conseguirmos ter uma medida da concentração destes vírus nas águas residuais, permitir-nos-ia saber qual é a carga desta infeção na nossa comunidade e por área geográfica”, disse o responsável.

O objetivo é monitorizar as variações provocadas pelas alterações às restrições sociais na carga viral presente na comunidade. “Se tudo correr bem, graças às medidas de contenção, a incidência da doença vais descer. Esperamos ver isso de forma mais clara no final deste mês.”

“Era importante acompanhar o impacto dessa descida nas águas residuais. É um indicador indireto da carga da infeção na comunidade, carga que até agora vemos sobretudo no número de casos sintomáticos”, revelou Manuel Carmo Gomes.

A investigação junta a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Instituto Superior Técnico e as empresas Águas de Portugal, Águas do Porto e outras ligadas ao abastecimento de água e drenagem de esgotos.

Pré-aviso para o Serviço Nacional de Saúde

Em maio, espera-se um alívio das medidas de contenção que fará, consequentemente, aumentar o número de casos confirmados de covid-19. Os epidemiologistas estão à espera dessa subida, mas, ao contrário do início da pandemia no país, acreditam que este projeto pode ajudar as autoridades a prepararem o embate.

“Se levantarmos as medidas atuais, é de esperar um ressurgimento dos casos de infeção. Esperemos que seja local e não à velocidade em que estivemos há um mês. Mas se tivermos este indicador de maior transmissão do vírus na comunidade, através das águas residuais, saberemos do ressurgimento da infeção antes mesmo de aparecerem os doentes. Existe um atraso entre o surgimento da doença e o aparecimento dos primeiros doentes”, explicou o especialista à rádio.

Matos Fernandes, ministro do Ambiente, já tinha sublinhado a importância deste projeto. A monitorização do vírus nas águas residuais tem sido utilizada em vários países, como a Holanda, que diz ter detetado indícios do novo coronavírus nas águas residuais na cidade de Haarlem antes mesmo dos primeiros casos se terem ali registado oficialmente.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Esgotos são os nossos rios a céu aberto, depois falsas estações de tratamento de esgotos devem ser aos milhares, quem mandou construir, quem aprovou e quem foram os engenheiros responsáveis por tais obras e onde se passou o dinheiro para tais projectos muito dele vindo da EU, quem investiga?

  2. Não queiram aumentar o cloro na água potável , qualquer dia ou senão já estamos a beber água da torneira acompanhada de vírus .

    • O tratamento das águas residuais não é feito para a tornar novamente potável e não tem em vista a reintrodução na rede doméstica. As ETARs existem para tratar as águas residuais antes de as devolver à natureza. É depois na natureza, resultado do ciclo natural da água que ela volta às montanhas e às nascentes e por sua vez captada para entrar nos canais de distribuição de água doméstica potável.

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …