ACT lança campanha para promover locais de trabalho saudáveis

wili_hybrid / Flickr

-

Uma campanha europeia de consciencialização para a importância da segurança e saúde no trabalho arrancou hoje em Portugal, com o objetivo de mostrar a “melhor forma” de lidar com o stresse e os riscos psicossociais nas empresas.

Promovida pela Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) e pela Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA), a campanha “Locais de trabalho saudáveis contribuem para a gestão do stress” tem como base um estudo segundo o qual 51% dos trabalhadores europeus considera habitual o stress no local de trabalho.

Através da campanha, que decorre até 2015, a ACT procurará “apoiar e orientar os empregadores, gestores, trabalhadores e seus representantes para a prevenção de situações geradoras de stresse e promoção de ambientes de trabalho saudáveis”, explicou Emília Telo, da Ponto Focal Nacional da EU-OSHA, numa resposta escrita enviada à Lusa.

Emília Telo adiantou que a prevalência de stress relacionado com o trabalho na Europa é elevada e com “custos significativos para organizações e economias”.

Segundo o estudo da EU-OSHA, quatro em cada 10 profissionais afirmam que o stress não é corretamente abordado na sua empresa.

Atualmente, o stress é o segundo problema profissional mais frequente entre os trabalhadores europeus (logo a seguir às doenças músculo-esqueléticas), sendo responsável por 50 a 60% das faltas ao trabalho.

A maioria dos inquiridos (72%) apontou como causas mais comuns de stress a reorganização do trabalho ou a insegurança laboral, enquanto 66% referiram os horários alargados e o volume de trabalho excessivo e 59% apontaram a intimidação ou o assédio moral no trabalho.

Os trabalhadores mais expostos a estas situações ficam mais suscetíveis a doenças psicológicas e profissionais, fatores que levam a uma baixa produtividade e a um aumento de absentismo.

Realidade europeia

Na Europa, estima-se que os custos totais com perturbações da saúde mental (relacionadas ou não com o trabalho) ascendam a 240 mil milhões de euros por ano.

Menos de metade desse montante resulta de custos diretos, como tratamentos médicos, sendo 136 mil milhões de euros imputáveis à perda de produtividade, incluindo o absentismo por baixa médica.

“É, pois, importante invertermos esta situação para benefício de todos e tal pode ser alcançado, pois podemos prevenir e gerir os riscos psicossociais nos locais de trabalho”, defendeu Emília Telo.

As empresas e organizações têm “todos os motivos” para se envolverem na prevenção e gestão deste problema, através da “construção de ambientes de trabalho mais saudáveis, em que todos beneficiam: trabalhadores, empresas e economia”, sustentou.

Para isso, os empregadores devem estimular os trabalhadores: “Um bom gestor inspira e motiva os seus colaboradores, conhece os seus pontos fortes e fracos, incentiva-os a trabalhar para a concretização de objetivos comuns e eleva o seu moral”.

Por seu turno, os trabalhadores ajudam a identificar problemas e encontrar soluções ao partilharem o seu conhecimento do local de trabalho com os empregadores, explicou.

Emília Telo observou que há algumas empresas portuguesas “com boas práticas neste domínio”.

“Estamos numa economia global, altamente competitiva, e tudo o que se possa fazer para benefício das empresas e da própria economia é bem recebido”, sendo a informação “um dos pilares de qualquer estratégia de prevenção de riscos profissionais”, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma falsidade, estes senhores que façam o que lhes compete e não precisam de fazer mais nada para atingir o fim a que se propõem. não é andarem a dizer aos patrões quando vão fazer a inspecção e a dizerem aos trabalhadores que se queixam, que se forem para o desemprego é bem pior que aguentarem as prepotências e ilegalidades dos patrões, ACT é uma farsa.

RESPONDER

FC Porto 4-0 V.Setúbal | Hat-trick e goleada contra a crise

O FC Porto amealhou os seus primeiros pontos no campeonato, ao golear o Vitória de Setúbal por 4-0. Após uma semana difícil em que a palavra “crise” foi diversas vezes utilizada para referir a situação dos …

Há uma nova linha temporal do passado cataclísmico da Terra

Bem-vindos ao Sistema Solar primitivo. Logo após a formação dos planetas há mais de 4,5 mil milhões de anos, a nossa vizinhança cósmica era um lugar caótico. Ondas de cometas, asteroides e até protoplanetas seguiram …

Belenenses 0-2 Benfica | Rafa Silva destrói resistência azul

O Benfica foi ao Jamor vencer o Belenenses por 2-0, num jogo muito complicado para as “águias”, em especial no primeiro tempo, mas que acabou resolvido na etapa complementar. Rafa Silva foi o “abre-latas” de …

Cofundador do Alibaba paga 3,5 mil milhões para ser o único dono dos Brooklyn Nets

O cofundador do Grupo Alibaba, Joseph Tsai, vai pagar mais 3,5 milhões de dólares para ser o único dono da equipa de basquetebol norte-americana Brooklyn Nets, avança esta sexta-feira a Bloomberg. O multimilionário já detinha 49% da equipa, …

Instagram, Facebook e Whatsapp prejudicam saúde mental das crianças

Um estudo de investigadores da University College London demonstra que a utilização de redes sociais como o Instagram, o Facebook e o Whatsapp estão a causar danos ao bem-estar das crianças e jovens. A investigação, cujos …

Clínica da Opus Dei diz que homossexualidade causa gastroenterite

A Clínica Universitária de Navarra, que pertence à prelatura da Opus Dei, defende que a homossexualidade e a promiscuidade são causadoras de gastroenterite. No guia de atuação de urgência sobre esta condição médica, a Clínica Universitária …

Sporting anuncia saída de Bas Dost para o Eintracht de Frankfurt

O goleador holandês Bas Dost está de saída para o Eintracht Frankfurt, anunciou este sábado o Sporting. O clube alemão também já confirmou a transferência. O Sporting anunciou ter chegado a um princípio de acordo com …

Há centenas de esquilos pretos a invadir os Estados Unidos (e já se sabe porquê)

Biólogos do Reino Unido decifraram o mistério de todos os esquilos cinzentos (Sciurus carolinensis) que correm pelos Estados Unidos com pêlo preto. O pouco do código genético que faz com que as espécies de esquilo cinza …

Morreu Marium, o mais famoso dugongo da Tailândia. Comeu plástico

Quando foi resgatado, em abril, tornou-se uma estrela na Tailândia. O dugongo órfão, chamado Marium, acabou por morrer este sábado, devido a uma infeção causada pela ingestão de plástico, de acordo com os veterinários que …

Afinal, "cura milagrosa" para o cancro pode matar

O jornal britânico The Guardian denuncia o esquema do autoproclamado "Genesis II Church of Health and Healing" - que na verdade não é nem uma igreja nem uma instituição de saúde. Este sábado terá lugar em …