Abraços e apertos de mão. Bolsonaro junta-se a manifestação sem distanciamento social

jeso.carneiro / Flickr

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou, este domingo, em mais uma manifestação sem respeitar as regras de distanciamento social. A manifestação decorrer na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

De acordo com o jornal Público, a manifestação teve como objetivo apoiar o governo de Bolsonaro que enfrenta um escândalo político que está a agravar ainda mais a crise de saúde pública causada pelo surto de covid-19.

Na sexta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil divulgou o vídeo de uma reunião ministerial realizada em abril, no Palácio do Planalto, apontada pelo ex-ministro Sergio Moro como prova sobre alegada interferência de Bolsonaro na polícia.

Bolsonaro chegou ao local da manifestação de helicóptero. À chegada, o Presidente tirou a máscara, apertou mãos, deu abraços a vários dos seus apoiantes e pegou crianças ao colo.

Segundo a lei do Distrito Federal de Brasília, todos estes atos são considerados crime de infração de medida sanitária preventiva.

https://twitter.com/CarlaZambelli38/status/1264672837203304448

A manifestação aconteceu ao mesmo tempo que a administração Trump anunciava que ia proibir cidadãos estrangeiros que tenham estado no Brasil nos últimos 14 dias entrem nos Estados Unidos.

A covid-19 fez mais de 40 mil mortos na América Latina e nas Caraíbas, com o Brasil a contabilizar mais de metade dos óbitos na região, indicou um balanço da agência de notícias AFP.

De acordo com os dados oficiais divulgados no domingo, o Brasil é de longe o país mais afetado pela pandemia naquela zona do mundo, com 22.666 mortos e 363.211 casos, seguido pelo México, com 7.394 mortes e 68.620 casos, e o Peru, que registou 3.456 óbitos e 119.959 infeções. Só nas últimas 24 horas foram confirmadas 653 mortes e 15.183 mil novos casos de covid-19 no Brasil.

O país é também o segundo no mundo com maior número de casos da doença, indicou a Universidade norte-americana Johns Hopkins, atrás apenas dos Estados Unidos, que registam já mais de 1,6 milhões de casos da covid-19.

O número de mortos na América Latina e Caraíbas duplicou nas últimas duas semanas.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Comissão Económica para a América Latina e as Caraíbas (Cepal), a crise económica provocada pela pandemia deverá fazer 11,5 milhões de desempregados naquela região, este ano.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • É uma questão de Cultura, nem imagina o poder das Seitas Evangélicas e a influencia que tem na mente de pessoas altamente influenciáveis !….Como já cheguei a dizer, os Brasileiros não elegeram um “Presidente” mas sim um Guru Psicopata !

  1. Fantoche inseguro a alardear “plenas liberdades” perante meia-dúzia de gatos-pingados. Nas verdadeiras democracias os presidentes têm necessidade de as publicitar?

RESPONDER

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …