Portugal bate recorde de casos diários no último dia do ano. Há mais 7.627 infetados

António Cotrim / Lusa

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 76 mortes relacionadas com a covid-19 e 7.627 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que foram registados mais 7.627 casos em Portugal nas últimas 24 horas. Segundo o Observador, nunca tinha havido um valor de casos de infeção tão elevado num só dia. O recorde anterior foi batido em 4 de novembro, quando foram registados 7.497 casos, embora nesse dia tenha havido atualizações de casos antigos.

O boletim epidemiológico indica ainda que estão internada 2.840 pessoas, mais 56 do que na quarta-feira, das quais 482 em cuidados intensivos, ou seja, menos cinco.

Dos 7.627 novos casos, a maior parte foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo (2.801), seguindo-se o Norte (2.588), Centro (1.415), Alentejo (524), Algarve (219), Madeira (44) e Açores (26).

Em relação aos óbitos, é na região do Norte que se verifica o maior número de vítimas mortais: 37. Seguem-se o Centro (16), Lisboa e Vale do Tejo (15), Alentejo (7) e Madeira (1). Não foram registados óbitos no arquipélago dos Açores nem no Algarve.

Nas últimas 24 horas, foram registadas 3.260 novas recuperações, totalizando 334.276 recuperados em Portugal .

Esta quinta-feira, há um total de 72.496 casos ativos, mais 4.291 do que no boletim de quarta-feira. Há 88.534 contactos em vigilância, menos 2.556 do que na quarta-feira.

Ano Novo com restrições

No período da passagem de ano, é proibida a circulação entre concelhos e há recolher obrigatório a partir das 23h de 31 de dezembro em todo o território continental, estando proibidos ajuntamentos na rua e festas públicas.

Segundo as medidas do Governo, a circulação entre concelhos no território continental é proibida entre as 0h de 31 de dezembro e as 5h de 4 de janeiro de 2021, ou seja, entre quinta-feira e segunda-feira, “salvo por motivos de saúde, de urgência imperiosa ou outros especificamente previstos”.

Quanto ao recolher obrigatório, em que é proibida a circulação na via pública, aplica-se a todo o território continental, no dia 31 de dezembro a partir das 23h e nos dias 1, 2 e 3 de janeiro a partir das 13h e até às 5h do dia seguinte.

Para o Ano Novo estão “proibidas festas públicas ou abertas ao público” e, à semelhança do Natal, não são permitidos ajuntamentos na via com mais de seis pessoas.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Isto é uma autêntica pantominice com os números de infetados. De há uma semana para cá, pelo menos, foi tudo descaradamente manipulado.
    Primeiro, eram números reduzidíssimos, e hoje, fizeram a compensação com números recorde. No somatório, poderão os números estar muito perto da realidade, mas, na sua distribuição, é que está a verdadeira vigarice (para servir os interesses do governo).

    • Os numeros podem estar errados mas existem mais explicações que a sua manipulação. Afirmar algo como sendo absoluto é um trato dos conspiracionistas.

      Razão muito mais plausível é a pura e simples incapacidade em organizar estes números devido à dimensão da pandemia e a inadequação de recursos. É neste ponto em que temos de nos concentrar e encontrar os responsáveis pela má gestão. Mais do que isto, é demagogia pura e dura. Como a sua.

  2. Este recorde não poderá corresponder à realidade. Ainda há algum tempo, alguém referiu uma interessante “jogatana da DGS e do governo”, e a minha ideia é a de que estes números são todos falsificados, já que se justifica alarmar para confinar, e mentir, para aliviar, juntar e mais infetar.
    Agradeço, no limiar entre um ano e outro, ao governo e aos outros órgãos que apenas existem, a verdade e a sinceridade que compõem este trabalho de educar a população, tendo em vista a disseminação do vírus.

    Obrigado.

RESPONDER

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …