/

Portugal regista mais 684 casos e 8 mortos. Incidência da doença a subir

1

Angelo Carconi / EPA

O boletim epidemiológico desta quarta-feira indica que Portugal registou nas últimas 24 horas, 684 novos casos de covid-19 e mais 8 óbitos.

Segundo o boletim da DGS o país tem 447 doentes com covid-19 internados, dos quais 116 em unidades de cuidados intensivos. Há ainda mais 660 recuperados.

Trata-se do número de óbitos mais alto dos últimos seis dias e está acima da média dos últimos sete dias (5,9) e dos últimos 30 (7,9).

Quanto ao número de casos é o mais elevado dos últimos cinco dias, estando muito próximo da média dos últimos sete (694) e acima da dos últimos 30 (546,6).

A região Norte regista 265 novos casos em 24 horas (38,74%), um pouco mais do que Lisboa e Vale do Tejo, com 188 novos casos (27,49%).

Segue-se o Centro e o Algarve com 66 infeções cada, o Alentejo com 43, a Madeira com 33 e, por último, os Açores com 23 novos casos.

Cinco mortes registaram-se em Lisboa e Vale do Tejo, e as restantes três na região Norte do país.

O dia fica marcado pela subida da incidência da doença, passando para 72,4 e para 69,0 no Continente. O índice de transmissibilidade também continua a subir, sendo que o Rt situa-se agora em 1,06 em Portugal.

Ambos os indicadores colocam o país cada vez mais dentro da zona amarela definida pelo Governo na matriz de risco

Amanhã, Portugal fica a saber se a próxima fase do plano de desconfinamento, que começa a 19 de abril, vai manter-se, tendo em conta a atual situação epidemiológica.

Marta Temido deixou claro que o Governo “vai apreciar todos os números” da evolução da infeção em Portugal. “Estes dias que estamos a viver são decisivos”, referiu.

O parlamento vota hoje o 15º estado de emergência.

  ZAP //

 

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE