Em 2040, 60% da carne que comermos não virá de animais abatidos

Em 2040, metade da carne consumida pelos seres humanos não será proveniente de animais abatidos. Esta previsão consta de um relatório elaborado por uma consultora internacional, a AT Kearney, com base em consultas a especialistas da área.

Segundo o relatório, citado pelo Expresso, 35% da carne será cultivada em tonéis e 25% terá matéria-prima exclusivamente vegetal.

O consumo de carne, em especial carne vermelha, além das questões de saúde que levanta – a sua relação com baixas na expetativa de vida – tem custos ambientais consideráveis devido aos recursos naturais que consome e à poluição que gera, na terra, nos rios e no próprio ar.

Também há questões éticas em torno do bem-estar nos animais, justificando a popularidade de filósofos como Peter Singer, que se tornaram referências globais. Essas ideias deixaram de estar limitadas a movimentos marginais e vêm sendo adotadas por partidos do sistema político em numerosos países.

O cultivo de células animais sem criar nem matar animais é uma área em desenvolvimento, com os produtos resultantes a aproximarem-se da carne normal em termos de sabor. “Para comedores de carne empenhados, o aumento previsto de produtos da carne de cultivo significa que poderão continuar a mesma dieta que sempre desfrutaram, mas sem o mesmo custo ambiental e ambiental”, explica um sócio da AT Kearney.

Os produtos exclusivamente vegetais podem não ter características tão parecidas, mas de qualquer modo cada vez há mais pessoas a adotar um estilo de vida total ou parcialmente vegetariano.

Com a generalização desse tipo de ofertas tanto a nível de ingredientes acessíveis como da restauração, a tendência só pode aumentar, acompanhando a consciência crescente sobre as implicações ambientais que tem o consumo de carne. Já existem empresas relevantes na produção de opções vegetarianas para hambúrgueres e outros alimentos – entre elas a Beyond Meat, Impossible Foods e Just Foods.

Outras companhias desenvolvem o cultivo de células de carne em cultura, com o objetivo de produzir carne de verdade sem precisar de criar e abater animais. A AT Kearney prevê que a carne cultivada conquistará o mercado no longo prazo, porque o sabor e a sensação da carne convencional parecerão mais próximos do que as alternativas à base de plantas.

Até aqui a indústria pecuária em larga escala tem sido vista largamente como um mal necessário, explica o relatório da AT Kearney. Dentro de pouco tempo, isso poderá deixar de ser assim.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vem aí um novo ecoponto (e vai ser castanho)

A partir de janeiro de 2024, todos os Estados-membros da União Europeia vão ser obrigados a ter um quarto contentor para a recolha seletiva do lixo. Desta vez, será castanho e passará a estar nas ilhas …

Federação Portuguesa de Futebol condena jogadores por viciação de resultados

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol condenou dois futebolistas e dois treinadores por manipulação de resultados no âmbito do caso "Jogo Duplo". O Público chama-lhe "uma decisão histórica". No âmbito do caso "Jogo …

Diferendo entre Galp/REN e ERSE pode custar 179 milhões de euros aos consumidores

As empresas de gás da Galp e da REN Portgás voltaram a impugnar as tarifas reguladas publicadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e avançaram com o décimo processo judicial. Caso vençam, os clientes …

Salário mínimo de 700 euros "é perfeitamente razoável", diz líder da CIP

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é "perfeitamente razoável" que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura. “Parece-me tão razoável como pode parecer outro …

Descoberto caminho de peregrinos mandado construir por Pôncio Pilatos em Jerusalém

Um caminho em pedra que terá sido usado há cerca de 2000 anos por peregrinos e mandado construir por Pôncio Pilatos foi descoberto perto do Monte do Templo, em Jerusalém, com uma centena de moedas …

Canadá. Trudeau luta por segundo mandato depois de meses de casos polémicos

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, corre o risco de perder a maioria nas legislativas de segunda-feira, tornando-se o primeiro chefe de governo canadiano apoiado por uma maioria parlamentar a falhar a reeleição desde 1935. Para …

Exumação de Francisco Franco já tem data marcada

Os restos mortais do ditador espanhol serão trasladados, esta quinta-feira, da Basílica do Vale dos Caídos, em Madrid, para o cemitério Pardo, nos subúrbios da capital espanhola. Em comunicado, o Governo espanhol adianta que, esta quinta-feira, …

"Sabe a muito pouco." Costa não tem "um Governo de combate"

No habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes disse que o novo Governo de António Costa não é novo, mas antes um "remodelação do anterior". "O primeiro erro político de António Costa" é, para …

A terceira eliminatória da Taça de Portugal deixou a sua "elite" ainda mais reduzida

Sete equipas da I Liga de futebol tombaram na terceira eliminatória da Taça de Portugal. A próxima ronda vai ter mais equipas do Campeonato de Portugal do que da "elite". A terceira eliminatória da Taça de …

Brexit volta a jogar-se no Parlamento. Presidente dos Comuns poderá travar nova votação

O Governo britânico, liderado pelo primeiro-ministro Boris Johnson, vai tentar aprovar o acordo alcançado para o Brexit no Parlamento esta segunda-feira, mas o Presidente da Câmara dos Comuns pode bloquear a nova votação. O sábado passado …