Consumo de carne vermelha pode aumentar em 80% os gases de efeito de estufa

Escarpin / Flickr

Cientistas ingleses aconselham um consumo de carne moderado

Os gases de efeito de estufa provenientes da produção de alimentos podem vir a aumentar em cerca de 80% caso o consumo de carne continue a aumentar, provocando falta de alimentos em 2050.

O alerta surge por parte de uma equipa de cientistas ingleses, que aconselham os amantes de carne vermelha a trocarem os hambúrgueres e os bifes por uma dieta mais rica em vegetais, a fim de ajudar a prevenir as alterações climáticas.

Investigadores das universidades de Aberdeen e Cambridge realizaram, em conjunto, um estudo para descobrir o que acontecerá se a população mundial continuar a adoptar uma dieta em torno de um consumo excessivo de determinados alimentos, em particular carne e produtos lácteos.

De acordo com o resultado da pesquisa, publicado na revista Nature Climate Change, se esta tendência se mantiver, os níveis previstos para o total de emissões de gases de efeito de estufa podem aumentar em mais de 80% dentro de 35 anos. Nessa altura, a garantia de alimentos para toda a população mundial pode estar em causa.

Tendo em conta o aumento da população, que se estima chegar a cerca de 10 mil milhões em 2050, e a crescente tendência por dietas centradas no consumo de carne, torna-se impossível que a produção agrícola responda às necessidades – não esquecer que é preciso alimentar os animais.

Com base nos dados recolhidos pelo estudo, daqui a 35 anos não só a área cultivada terá aumentado, mas também o uso de fertilizantes, o que vai originar o desaparecimento de mais de um décimo das florestas tropicais restantes no mundo.

“Este não é um argumento vegetariano radical; antes um argumento sobre consumir carne em quantidades sensatas como parte de uma dieta saudável, equilibrada”, afirmou Keith Richards, investigador da Universidade de Cambridge, que colaborou na investigação.

O também Pete Smith, professor da Universidade de Aberdeen, alerta para o facto de serem necessárias “algumas mudanças sérias nas tendências de consumo de alimentos” no sentido de “respeitar as metas de emissões que evitam alterações climáticas perigosas”.

E acrescenta: “Temos de repensar o que comemos“.

CG, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …

Brexit: Hoje era o Dia D (mas afinal, fica tudo na mesma)

Devia ter sido o dia decisivo para o Brexit no Parlamento do Reino Unido, mas o processo foi mais uma vez adiado.  Foi aprovada uma emenda que obriga o primeiro-ministro Boris Johnson a pedir um novo …

"Mais Siza e menos Centeno". Emprego e salários são as chaves do novo Governo de Costa

O novo Executivo para a próxima legislatura, que António Costa apresentou esta terça-feira ao Presidente da República, tem como chaves de governação o emprego e os salários, escreve este sábado o Expresso. De acordo com …

FBI já apurou a causa da morte de três turistas na República Dominicana

Testes toxicológicos apresentados esta semana pelo FBI determinaram que a morte de três turistas norte-americanos na República Dominicana se deveu a causas naturais, avança o jornal New York Times. De acordo com o diário, no caso …

"Discos encriptados de Rui Pinto são pisa papéis para a Judiciária"

A Polícia Judiciária "precisaria de milhares de anos" para conseguir" descodificar os discos encriptados pelo hacker Rui Pinto, onde se acredita que estejam provas relevantes sobre os alegados roubos de emails e os acessos ilegais …