/

Portugal com mais 52 mortes e 5550 casos, o maior número de sempre

Mahmoud Khaled / EPA

Portugal contabiliza, esta sexta-feira, mais 52 mortes e 5550 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da DGS, dos 5550 novos casos, 3006 são na região Norte. Na região de Lisboa e Vale do Tejo há mais 1495 infetados do que nas últimas 24 horas, no Centro há mais 676, no Alentejo há mais 194, no Algarve há mais 156 e nos Açores e na Madeira há mais 19 e quatro casos, respetivamente.

No total, o número de pessoas infetadas pela doença desde o início da pandemia é agora de 166.900. Há, neste momento, 70.354 casos ativos, mais 3197 do que na quinta-feira.

Estão também confirmadas 2792 mortes devido à covid-19, mais 52 óbitos do que nas últimas 24 horas. A DGS indica que 25 ocorreram na região Norte, 13 em Lisboa e Vale do Tejo, oito no Centro e seis no Alentejo.

Neste momento, existem 2425 doentes internados (mais 63 do que ontem), dos quais 340 estão nos cuidados intensivos (mais 20 do que ontem). O boletim da DGS também aponta para mais 2301 doentes recuperados, verificando-se já um total de 93.754 pessoas.

Há ainda 79.689 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, mais 12.247 em relação a quinta-feira.

A Assembleia da República debate e vota, esta sexta-feira, o decreto presidencial que propõe o estado de emergência no país entre 9 e 23 de novembro. Tudo indica que o Parlamento vai aprovar o decreto.

A pandemia de covid-19, transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019 na China, já provocou 1.235.140 mortos em mais de 48.707.780 casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço da agência France-Presse.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.