Mais de 40 portugueses retidos num cruzeiro no Egito aguardam rastreio

Franck Robichon / EPA

Mais de 40 portugueses estão retidos num navio em Luxor, Egipto, a aguardar o rastreio dos serviços de saúde egípcios por causa de dezenas de casos de infeção pelo novo coronavírus detetados num outro cruzeiro na região.

Em declarações à agência Lusa, Sandra Monteiro, uma das passageiras portuguesas do navio MS Princess Sarah, explicou que chegou ao Cairo no dia 3 de março e entrou neste cruzeiro em Luxor no sábado, para fazer a descida do rio Nilo.

“Saímos, visitámos o templo e regressámos. Hoje de manhã fomos informados de que vem a segurança e higiene nacional fazer o rastreio a todos os cruzeiros por causa do Covid-19″, contou à Lusa a passageira portuguesa.

Sandra Monteiro diz que no navio MS Princess Sarah estão pelo menos 43 portugueses, além de outros passageiros porto-riquenhos, argentinos, espanhóis e chineses e que há dezenas de cruzeiros parados em Luxor a aguardar o mesmo rastreio. “Estão vários cruzeiros na mesma situação. Nós somos o terceiro, temos mais cinco na nossa lateral e atrás de nós estão filas idênticas, com nove a 10 cruzeiros cada, lado a lado”, acrescentou.

A portuguesa diz não há casos suspeitos no cruzeiro MS Princess Sarah, mas que houve suspeita num dos outros navios. “Para passarmos para a cidade temos de passar por dentro dos vários cruzeiros, num corredor, e também vamos visitar templos onde estiveram pessoas infetadas…”, disse a portuguesa.

“A cidade está fechada, não podemos sair e vão fazer o rastreio a todos, independentemente se o navio está referenciado (com casos suspeitos) ou não”.

Sandra Monteiro disse ainda que as autoridades preveem ter o trabalho de rastreio concluído até final desta segunda-feira e que a previsão era pernoitar em Luxor esta segunda-feira à noite. “Dentro do cruzeiro podemos circular. Estão sempre a desinfetar as áreas comuns. Já fecharam os quartos, pois íamos sair”, explicou Sandra Monteiro, sublinhando que neste navio “todos os passageiros estão bem-dispostos e ninguém tem sintomas”. “Estamos a aguardar (…) Temos consciência de que quem não está cá está mais aflito para saber como estamos. Mas estamos bem”, acrescentou.

No domingo, os passageiros e a tripulação do navio A-Sara, que está em Luxor, foram retirados da embarcação após terem sido identificados dezenas de casos de infeção do novo coronavírus. A epidemia de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 3.800 mortos.

Cerca de 110 mil pessoas foram infetadas e mais de 62 mil recuperaram.

Portugal regista 31 casos

O número de casos confirmados em Portugal por infeção por Covid-19 subiu esta segunda-feira para 31 depois de uma mãe de uma jovem do Algarve que esteve recentemente em Itália ter sido diagnosticada, avança a SIC Notícias.

Todos os pacientes com o novo coronavírus estão hospitalizados. Do total de doentes, 18 são homens e 13 são mulheres.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fará esta segunda-feira o teste ao Covid-19, confirmou à agência Lusa fonte oficial da Presidência da República. De acordo com a mesma fonte, o resultado do teste, assim que estiver disponível, será divulgado no site oficial da Presidência da República.

Horas antes, a Presidência da República havia anunciado que Marcelo Rebelo de Sousa suspendeu a agenda por duas semanas e vai permanecer em casa sob monitorização, “apesar de não apresentar nenhum sintoma” de infeção por Covid-19.

A decisão foi tomada depois de o chefe de Estado ter estado na terça-feira, no Palácio de Belém, em Lisboa, com uma turma de uma escola de Felgueiras (Porto), que foi encerrada devido ao internamento de um aluno, adiantou a Presidência.

Fonte do gabinete do primeiro-ministro ouvida pela Lusa revelou que António Costa vai manter a agenda prevista “salvo indicação em contrário” da DGS.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …