Governo admite fechar fronteiras. Número de infetados em Portugal sobe para 31

Manuel Fernando Araújo / Lusa

Hospital de Campanha no São João, Porto

O número de casos confirmados de infeção por Covid-19 subiu para 31, divulgou este domingo, já no final da noite, a Direção-Geral da Saúde (DGS). Esta segunda-feira, o Governo admitiu fechar fronteiras e impor quarentena forçada a doentes infetados com o novo coronavírus, caso seja necessário.

Esta segunda-feira, em declarações à TSF, a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, disse que, se for necessário, o Governo tem condições para impor quarentena a pessoas infetadas pelo novo coronavírus e encerrar fronteiras.

No entanto, a responsável sublinhou, em simultâneo, que os portugueses infetados têm tido um comportamento solidário e que não deverá ser necessário adotar medidas extremas. “Estaremos em condições [de garantir quarentenas forçadas], mas estamos convencidos de que isso não será necessário.”



Há uma semana, foi ativada a equipa oficial da Comissão Europeia de resposta à COVID-19 e Patrícia Gaspar será a interlocutora do Governo português para esta equipa.

Durante a entrevista, a secretária de Estado admitiu que não está descartada a hipótese de Portugal encerrar as fronteiras. “Neste momento, o fecho de fronteiras ainda não foi identificado como absolutamente essencial; se o for, é praticamente garantido que as autoridades o avaliarão e poderá ser essa uma das opções tomadas.”

31 casos confirmados em Portugal

Portugal registou um novo caso de infeção por coronavírus, elevando assim para 31 o número total de pacientes infetados. Segundo a SIC Notícias, o caso mais recente é o da mãe de uma jovem do Algarve que esteve recentemente em Itália e que foi o primeiro caso confirmado na região. Duas irmãs desta jovem estão atualmente em isolamento.

A mulher infetada é professora na Escola Básica 2,3 Professor José Buísel, em Portimão. A escola já foi encerrada, a par da Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes também nesta cidade, onde há 1.800 alunos sem aulas.

Segundo o Público, a mãe está internada no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, um dos hospitais de referência para este tipo de casos, enquanto que a adolescente foi levada para o hospital Dona Estefânia. Ambos os testes foram feitos em Lisboa, mas, a partir desta segunda-feira o Algarve fará os testes localmente, no Laboratório Regional de Saúde Pública.

A DGS adianta que há 56 pessoas a “aguardar resultado laboratorial”, 281 casos suspeitos e 447 “contactos em vigilância pelas Autoridades de Saúde”. Todos os pacientes com o novo coronavírus estão hospitalizados. Do total de doentes, 18 são homens e 13 são mulheres.

É na região Norte continua que se regista o maior número de casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, seguido da Grande Lisboa tem casos confirmados, Coimbra e Portimão.

A epidemia de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 3.800 mortos. Cerca de 110 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países. Mais de 62 mil recuperaram.

Governo e parceiros sociais reúnem-se hoje

O Governo e os parceiros sociais reúnem-se esta segunda-feira, na Concertação Social, para discutir medidas relativas ao impacto do Covid-19. A convocatória foi enviada pelo Conselho Económico e Social a pedido do gabinete da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

A reunião da Comissão Permanente de Concertação Social tem como ponto único da ordem de trabalhos “medidas relativamente ao Covid-19”.

No sábado, a ministra da Saúde, Marta Temido, e a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, anunciaram, numa conferência de imprensa conjunta, que as visitas a hospitais, lares e estabelecimentos prisionais da região Norte foram suspensas temporariamente devido à epidemia Covid-19 e recomendaram o adiamento de eventos sociais. A par, vários estabelecimentos de ensino encerraram ou suspenderam aulas.

O Governo publicou na semana passada um despacho para garantir que os trabalhadores em quarentena por determinação de autoridade de saúde devido ao surto de Covid-19 vão receber integralmente o rendimento nos primeiros 14 dias, num regime “equiparado a doença com internamento hospitalar”.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Em Portugal, quem suspeitar estar infetado ou tiver sintomas – que incluem febre, dores no corpo e cansaço – deve contactar a linha SNS24 através do número 808 24 24 24 para ser direcionado pelos profissionais de saúde. Não se dirija aos serviços de urgência, pede a Direção-geral de Saúde.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) lançou um microsite sobre o novo coronavírus (Covid-19), onde os portugueses podem acompanhar a evolução da infeção em Portugal e no mundo e esclarecer dúvidas sobre a doença.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. “A Direção-Geral da Saúde (DGS) lançou um microsite sobre o novo coronavírus (Covid-19), onde os portugueses podem acompanhar a evolução da infeção em Portugal e no mundo e esclarecer dúvidas sobre a doença.” – Seria interessante divulgarem o link e não apenas o texto.

  2. Há malta que, como até tem muito bom-senso (apesar de estar de quarentena), vai participar num encontro de Tunas na Beira Baixa, mas sem stress… O_o
    Depois admiram-se de não perceber como se propagam estas coisas… Egoísmo e estupidez são 2 pontos fortes por cá!

  3. Fecham as fronteiras, mas os serviços públicos continuam a funcionar e muitas vezes além da sua capacidade…
    Se isto é prevenção, eu vou ali e já venho!

    • E triste de dizer e acho inaceitável, mas já reparou que este COVID-19 veio dar um jeitão?
      É a selecção natural no seu melhor, já que não há guerras na Europa para controlar a população, controla-se assim. O SNS e o Fundo de Pensões estão a rebentar com falta de dinheiro, sabe-se lá por quê, e sabe-se, assim torna-se sustentável, só vão os mais fracos, os que mais custam ao governo, atenção que acho inaceitável.

      • Esse alegado vírus de laboratório gringo veio dar um jeitaço aos fundos de pensões ocidentais e mais uma vez aos laboartórios de drogas farmacêuticas

  4. Concordo com tudo o que já foi dito, acrescento ainda, que as autoridades deveriam já ter acabado com a imbecilidade, o egoísmo, o primitivismo e “terceiromundismo” do açambarcamento que se verifica por todo o lado, no que diz respeito a desinfectantes e produtos de limpeza, no Sábado precisei de vinagre de limpeza para limpar uma caixa de um animal de estimação e estava esgotado, comentário do empregado “Já levaram tudo, tudo o que desinfecte vai”, fui por curiosidade ver o álcool e já não havia nenhum, nem água oxigenada.

  5. E a crise económica que está a espalhar-se a toda a velocidade nas economias da união europeia e por diversos países ao redor Mundo?

    Quando o corrupto sistema financeiro criado e imposto pelo regime da Inglaterra a diversos países europeus e de outros Continentes, que gera desemprego, miséria, e pobreza, for feito falir novamente como é que os cidadãos Portugueses e a economia de Portugal se irão salvaguardar dessas consequências?

  6. Não é aquilo que é divulgado que me preocupa, mas sim aquilo que me escondem . Desde ao primeiro foco desta nova estirpe, da forma “estranha”que apareceu, e a rápida propagação Mundial; .. Tenho razões pessoais para duvidar da verdadeira origem da mutação deste Corona altamente virulento e mortífero, particularmente para certas pessoas Imunodéficientes. Sem ser de modo nenhum “Paranóico”, penso não ser o único com “Duvidas” !

  7. Os nossos concidadãos que regressaram da China e se propuseram ficar em quarentena durante 14 dias deram-nos uma grande lição de civismo e de inteligência. Porém, parece que de pouco ou de nada serviu, sobretudo para quem a deveria ter aproveitado, a começar pelo Governo, que se limitou a palavreados de passa-tempo em vez de ter agido de imediato como a anunciada situação já impunha. Por ignorância ou insensatez, quem manda preferiu manter as portas escancaradas à espera do visitante corona, talvez a pensar que, não impondo nada, mostrava ser democrata a sério. Fala agora em encerrar fronteiras. Como sempre fora de horas, mas mais vale tarde do que nunca, digo eu.
    Culpados, há-os também do lado de cá, isto é, entre a população governada, nomeadamente quem se deu ao trabalho de sair do País regressar com a maldita “semente” sem ter pensado nisso, desprezando o ensinamento dos que tinham vindo da China.
    Se o panorama vier a ficar feio, a situação pode vir a configurar-se como resultado de acções criminosas. E isso pode dar origem à actuação da Justiça. Espero que não seja necessário chegar-se a tanto.S

RESPONDER

De que forma é o universo? Astrofísicos acreditam que pode ser um donut 3D gigante

Um novo estudo pode vir mudar a percepção de que o universo é infinito. Será que o universo é infinito? Qual será a forma do cosmos? Já há séculos que estas perguntas andam nas mentes dos …

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …