Desde 2013 que não se plantavam tantos eucaliptos em Portugal

Os eucaliptos são a espécie dominante na floresta portuguesa mas, no passado, bateram um novo recorde: desde 2013 que não se plantavam tantos eucaliptos em Portugal. Os dados são relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas sobre ações de arborização e rearborização.

Segundo as conclusões do estudo, citado pela TSF, só no ano passado foram plantados 18.497 hectares de eucaliptos, mais mil que em 2016 e bem mais que em 2014 e 2015.

Desde a chamada “Lei do Eucalipto” – que entrou em vigor em 2013 pelas mãos do anterior Executivo – 2017 foi o ano que registou mais arborizações e rearborizações desta espécie.

No ano passado, 86% dos hectares de arborizações e rearborizações feitas no país envolveram eucaliptos, uma espécie muito contestada por alguns especialistas pelos alegados riscos extra de incêndio. Segue-se depois os pinheiros mansos com 3,9% (825 hectares) e com 1,9% os sobreiros (402 hectares).

Apesar de ser originário da Austrália, o eucalipto domina completamente a floresta portuguesa. De acordo com o relatório, ao todo, entre 2014 e 2017, 69% das arborizações e rearborizações foram feitas com eucaliptos, num total de 61 mil hectares.

Estes dados vêm contrariar o que parecia ser a redução da plantação desta espécie, muito associada aos trágicos incêndios que assolaram o país no ano passado.

Números são “preocupantes”

O presidente da Associação de Promoção ao Investimento Florestal, que já consultou os números do ICNF, admite que no que se refere apenas às novas plantações (descontando as replantações) os números de eucaliptos em 2017 até desceram um pouco no ano passado, numa descida que se acentuou no segundo semestre.

No entanto, mesmo assim, o eucalipto foi a espécie claramente líder em 2017, somando cerca de 65% das novas plantações. Os valores acumulados nos últimos anos preocupam bastante Paulo Pimenta de Castro, que acrescenta, em declarações à TSF, que os apoios do Estado favorecem a plantação de eucaliptos em detrimento das árvores autóctones.

João Branco, da associação Quercus, falta também em número preocupantes e sublinha que o eucalipto, naturalmente, já se desenvolve mais do que outras árvores, sem ajuda.

Em agosto do ano passado, depois dos fogos que atingiram Pedrogão Grande, o Parlamento aprovou uma lei, na qual proibia as novas plantações de eucaliptos em áreas onde estes não existiam, a partir de janeiro de 2018.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Estranho este governo tanto reclama da lei de Cristas e nada faz…simplesmente deixa o tempo passar para que se esquecam de tudo estando as celuloses a lucrar com mais eucaliptos.Se e contra a lei revogue a mesma já teve dois anos para fazer.

  2. “Desde a entrada em vigor da chamada lei do eucalipto, que em 2013, durante o anterior governo, simplificou as plantações desta espécie”…calmamente e partindo da do principio de que uma mentira muitas vezes repetida acaba por ser verdade.Falei com o jornalista Nuno Guedes e perguntei-lhe se conhecia a referida legislação.Que não que não sabia, mas era “uma afirmação” que se tinha vulgarizado.George Orwell deve achar imensa graça a isto, 1984, chegou tarde…mas chegou!

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …